BRASIL E MUNDO

Criança denuncia pai por abusá-la sexualmente sempre que a mãe ia dormir

Publicados

em


source
Criança denuncia pai por abusá-la sexualmente sempre que a mãe ia dormir
Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação

Criança denuncia pai por abusá-la sexualmente sempre que a mãe ia dormir

O pai de uma criança de 10 anos foi preso, na tarde do último sábado (27), após a vítima informar à família que vinha sofrendo abusos sexuais sempre que a mãe ia dormir. O caso aconteceu na cidade de Benjamin Constant, no interior do Amazonas.

De acordo com informações da polícia, a vítima relatou o caso durante um almoço em família. Quando soube, a mãe fez a denúncia para a Guarda Civil Municipal que acionou o Conselho Tutelar. O suspeito foi localizado na casa dos pais.

Quando questionado sobre a acusação, o suspeito negou o crime, mas foi desmentido pela vítima, que relatou que toda vez que a sua mãe dormia, o seu pai entrava em seu quarto para tocá-la.

O suspeito foi conduzido e apresentado no 51° DIP para início de procedimentos cabíveis. A polícia foi informada que o infrator é foragido em São Paulo de Olivença, acusado pelo mesmo crime, após ter molestado uma enteada sua, quando residia por lá.

Após análise, foi detectado uma infecção na região genital da criança, possivelmente ocasionada pelo abuso sexual, mas não foi constatado penetração.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Policial que matou negro após abordagem de trânsito é presa

Publicados

em


 A policial que baleou e matou um homem negro durante uma briga ocorrida após uma abordagem de trânsito de rotina no estado norte-americano de Minnesota foi presa e formalmente acusada de homicídio culposo nesta quarta-feira (14).

Kim Potter, veterana com 26 anos de serviço que se demitiu da força policial de Brooklyn Center na terça-feira, foi posta sob custódia na manhã desta quarta-feira e fichada na prisão do condado de Hennepin por matar a tiro Daunte Wright, de 20 anos, na tarde de domingo, disse o Órgão de Apreensão Criminal de Minnesota em um comunicado.

Potter, de 48 anos, estava detida sem direito a fiança, segundo registros da prisão.

Wright foi parado no domingo devido a um registro de veículo vencido, disse a polícia. Policiais descobriram que existia um mandado de prisão contra ele e Potter sacou a arma de fogo ao invés da arma de choque acidentalmente durante uma luta com Wright, que voltou para o carro, disse na segunda-feira o chefe policial de Brooklyn Center, Tim Gannon, que também pediu demissão na terça-feira.

No vídeo da polícia, ouve-se Potter gritando um palavrão e, em seguida, “acabei de atirar nele”.

Para que ela seja condenada pela lei do Minnesota por homicídio culposo, os procuradores precisam mostrar que Potter foi “culposamente negligente” e que correu um “risco insensato” em suas ações contra Wright. A acusação implica uma pena máxima de 10 anos de prisão e uma multa de 20 mil dólares.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana