Saúde

Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões

Publicados

em


A quantidade de brasileiros mortos pela covid-19 subiu para 588.597 pessoas. Em 24 horas foram registrados 800 óbitos em razão da doença. 

Ainda há 3.328 mortes em investigação. Nessas situações, os diagnósticos dependem de resultados de exames concluídos apenas após o paciente ter morrido.

A soma de pessoas infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia foi para 21.034.610. Entre ontem e hoje, as secretarias de Saúde registraram 14.780 casos. 

Ainda há 307.746 casos em acompanhamento. O nome é dado ao número de casos ativos de pessoas que tiveram o diagnóstico confirmado e estão sendo atendidas por equipes de saúde ou se recuperando em casa.

O número de pessoas que se recuperaram da covid-19 chegou a 21.138.267. Isso corresponde a 95,7% das pessoas infectadas no Brasil desde o início da pandemia.

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado na noite desta quarta-feira (15). A atualização consolida o levantamento realizado pelas secretarias de Saúde.

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão São Paulo (147.641), Rio de Janeiro (64.295), Minas Gerais (53.845), Paraná (38.216) e Rio Grande do Sul (34.538). Na parte de baixo da lista estão Acre (1.816), Amapá (1.969), Roraima (1.980), Tocantins (3.724) e Sergipe (6.003).

São Paulo também lidera no número de casos, com 4.302.511, seguido por Minas Gerais (2.103.798) e Paraná (1.482.927). As unidades da Federação com menos casos são Acre (87.916), Amapá (122.616) e Roraima (125.616).

Boletim epidemiológico 15.09.2021 Boletim epidemiológico 15.09.2021

Boletim epidemiológico 15.09.2021 – Ministério da Saúde

Vacinação

Em sua última atualização, o painel de vacinação do Ministério da Saúde marcava 214,6 milhões de doses aplicadas, sendo 139,2 milhões de primeira dose e 75,4 milhões de segunda dose ou dose única. Nas últimas 24 horas, 1,5 milhão de doses foram aplicadas. 

Quando considerados apenas os dados consolidados no sistema do Programa Nacional de Imunizações (PNI), foram aplicados 203,8 milhões de doses, sendo 132,4 milhões de primeira dose e 71,3 milhões de segunda dose ou dose única. Ainda aguardam o registro, 10,8 milhões de doses, sendo 6,5 milhões de primeira dose e 4,1 milhões de segunda dose ou dose única.

Ainda conforme o painel de vacinação, foram distribuídos 265,8 milhões de doses, sendo entregues 256,4 milhões de doses e com 9,4 milhões de doses em processo de distribuição.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Pfizer vai pedir à Anvisa uso de vacina em crianças de 5 a 11 anos

Publicados

em

 

A Pfizer informou que deve submeter pedido à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aprovação do uso da sua vacina contra a covid-19, a ComiRNAty, em crianças entre 5 a 11 anos no mês de novembro deste ano.

Conforme divulgou a Reuters, a vacina da Pfizer/BioNTech apresentou 90,7% de eficácia contra o novo coronavírus em um ensaio clínico com crianças de 5 a 11 anos, informou a farmacêutica norte-americana na sexta-feira (22).

Atualmente, a vacina da farmacêutica tem autorização da Anvisa para ser aplicada em adolescentes com 12 anos ou mais. Sua aplicação para jovens de 12 a 15 anos foi autorizada no mês de junho deste ano pela agência sanitária.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana