Saúde

Covid-19: Ministério da Saúde se reúne com equipe da Pfizer

Publicado


O Ministério da Saúde se reuniu hoje (17) com uma equipe da Pfizer, laboratório que desenvolve uma das vacinas contra a covid-19. A empresa anunciou recentemente resultados de testes que apontaram alta taxa de eficácia no tratamento da doença causada pelo novo coronavírus.

A assessoria do Ministério da Saúde informou à Agência Brasil que a reunião foi “técnica”, para que os representantes do laboratório apresentassem o andamento da pesquisa e para que fossem avaliadas as condições de compra, logística e armazenamento.

A pasta não deu mais detalhes sobre o que foi tratado no encontro.

Ainda nesta semana o Ministério da Saúde informou que vai se reunir com representantes de outras empresas que estão desenvolvendo vacinas para a covid-19. Estão na agenda encontros com equipes da Janssen ( da Johnson & Johnson), do Instituto Gameleya (Sputinik V) e da Bharati Biotech (Vocaxin).

Pfizer

No dia 9 de novembro, a Pfizer e a empresa alemã Biontech, parceira no estudo, anunciaram que a vacina em desenvolvimento teria uma eficácia de 90%.

No dia 12 de novembro, a farmacêutica afirmou que pretende obter o registro no órgão dos Estados Unidos responsável pela análise de medicamentos (FDA), que espera ter 50 milhões de doses neste ano e fabricar até 1,3 bilhão no ano que vem.

Na ocasião, o presidente da companhia no Brasil, Carlos Maurílio, declarou que estavam “trabalhando fortemente” com o governo brasileiro para acelerar a análise da vacina e sua possível comercialização.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
publicidade

Saúde

Rio de Janeiro planeja distribuir vacinas a todos os municípios hoje

Publicado


O governo do estado do Rio de Janeiro pretende distribuir ainda hoje (19) doses da vacina CoronaVac a todos os 92 municípios fluminenses. O trabalho começou às 6h da manhã, e, por volta de 11h, 68 cidades já tinham recebido as doses.

Para garantir a chegada do imunizante em todo o estado, o transporte é feito por vans, caminhões e helicópteros da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros. Segundo balanço do governo do estado, 33 cidades receberam as doses por terra e 35 via transporte aéreo.

O estado do Rio de Janeiro recebeu ontem (18) 487.520 doses vindas do Instituto Butantan, em São Paulo, responsável pela produção do imunizante do laboratório Sinovac no Brasil. Como o esquema de vacinação prevê duas doses por pessoa, essa primeira remessa deve imunizar cerca de 232 mil pessoas, segundo previsão do governo estadual. 

As primeiras pessoas imunizadas no Rio de Janeiro foram a técnica de enfermagem Dulcinea da Silva Lopes, 59 anos, que trabalha no Hospital Ronaldo Gazola, e a idosa Teresinha da Conceição, 80 anos, moradora do Abrigo Cristo Redentor. Ambas receberam as doses em uma cerimônia aos pés do Cristo Redentor, no fim da tarde de ontem (18).

Com a primeira remessa de vacinas, o estado pretende vacinar 34% dos trabalhadores da saúde, o que equivale a cerca de 220.495 pessoas. Também serão vacinadas 10.892 pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência, 783 pessoas com deficiência que vivem em abrigos e 351 indígenas aldeados.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana