cultura

Coro Experimental MT inicia temporada 2022 com a apresentação de A Tempo

O tempo é o tema central das canções que refletem a diversidade do CEMT

Publicados

em

Coro Experimental MT | Foto: Ana Carolina

A tempo, o Coro Experimental MT (CEMT) subirá ao palco do Teatro do Cerrado “Zulmira Canavarros” no próximo dia 19 (quinta-feira) para apresentar uma nova versão do seu espetáculo de estreia.

Criado em 2017 para participar de uma apresentação em homenagem aos 130 anos de Heitor Villa-Lobos, o CEMT já nasceu com o desejo de experimentar novas formas de fazer canto coral.  O espetáculo “A Tempo” estreou em outubro daquele ano, marcando a trajetória do Coro ao apresentar novos arranjos de clássicos como “Tempo perdido” (Renato Russo) e “Time after time”, sucesso da cantora Cindy Lauper.

Coro Experimental MT | Foto: Dizão Gonçalves

Nesses cinco anos, o CEMT – sempre sob a direção e regência de Jefferson Neves e Tuanny Godoi – passou por muitas mudanças, mas manteve sua essência e se consolidou como um coro independente. Novos coralistas chegaram, alguns deixaram o grupo e vários – como filhos pródigos – retornaram. Há também integrantes que permanecem desde 2017 como a cantora Vera Capilé, uma das maiores entusiastas do CEMT. A designer Nara Silva está morando na Bahia, porém permanece ligada ao coro elaborando a distância os programas e o material gráfico do CEMT.

Nesse clima de encontros e despedidas, nada mais natural do que oferecer ao público a oportunidade de matar as saudades de “A Tempo”, que volta renovado, mais leve, divertido e dinâmico, com novas canções e solos de integrantes do CEMT (inclusive do maestro e arranjador Jefferson Neves).

“Um dos principais motivos de refazermos este espetáculo é o repertório selecionado e a saudade de nosso primeiro show. ‘A Tempo’ tem uma importância especial em nossa história, pois foi através da realização deste show que tivemos a certeza de que poderíamos ser independentes e de que estávamos preparados para enfrentar qualquer desafio”, afirma Neves.

Segundo ele, o repertório de “A Tempo” emocionou muito o público que assistiu à primeira versão. “Isso também nos marcou porque até hoje recebemos muitos elogios sobre este show. Os cantores veteranos do CEMT compartilham desta saudade gostosa e têm agora a oportunidade de reviver as primeiras canções que interpretamos juntos”, diz Neves acrescenta que esta releitura de “A Tempo” dá a oportunidade de incluir canções que ficaram de fora do espetáculo de estreia e, de quebra, apresentar um roteiro original, desenvolvido por ele.

“Apresentar novamente ‘A Tempo’, principalmente após um longo período de pandemia em que estivemos impedidos de estar em contato com o público, é uma forma de celebrar. Afinal estamos completando cinco anos do CEMT, com a apresentação de shows temáticos e originais em que compartilhamos o prazer de estar no palco, interpretando as canções que nos tocam”, afirma.

“A Tempo” é uma oportunidade para recordar as primeiras experiências do CEMT e, ao mesmo tempo, compartilhar essas lembranças com os novos integrantes do coral e o público que sempre prestigia suas apresentações, na opinião de Tuanny Godoi.

Jefferson Neves frisa que o tempo é um tema universal e sempre atual, que permite várias reflexões, tendo sido explorado com maestria por poetas, escritores e compositores que serão lembrados no palco do Teatro do Cerrado “Zulmira Canavarros”. A lista é grande e contempla Mário Quintana, José Saramago, Lorenzo Falcão (integrante do naipe de baixos do CEMT), Lulu Santos, Tulipa Ruiz, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Eduardo Gudin, Paulinho Moska, Moisés Martins, Pescuma e Roberto Lucialdo, entre outros.

Os ensaios do CEMT acontecem no Palácio da Instrução graças à parceria com a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT)

Serviço

O que: Espetáculo “A Tempo”, com roteiro, direção musical e cênica de Jefferson Neves. Regência: Jefferson Neves e Tuanny Godoi.

Quando: 19 de maio de 2022 (quinta-feira), às 20h

Onde: Teatro do Cerrado “Zulmira Canavarros” (Assembleia Legislativa de Mato Grosso)

Quanto: Ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 + 1 kg de alimento não perecível (meia solidária). Venda de ingressos antecipados através do link https://www.sympla.com.br/show-a-tempo__1576781

Comentários Facebook
Propaganda

cultura

Longa-metragem ‘De repente, Miss!’, inicia filmagens em Fortaleza

Publicados

em

Com direção de Hsu Chien e roteiro de Dani Valente, a comédia pretende levar reflexão sobre a vida moderna e laços familiares.

“De Repente, Miss!”  uma coprodução da Sony Pictures International Productions, Pé Na Estrada e Amálgama Entretenimento, inicia filmagens em Fortaleza. A comédia é uma codistribuição da Elo Company e da Sony Pictures.

O filme, dirigido por Hsu Chien, acompanha Mônica (Fabiana Karla), que abandonou uma promissora carreira na publicidade para criar seus filhos e agora, prestes a completar 40 anos, não está nada feliz. Dúvidas sobre as escolhas que fez ao longo da vida a atingem, assim como o distanciamento de sua filha adolescente, Luiza (Giulia Benite), uma influenciadora digital em ascensão. Para comemorar o aniversário da esposa, Marcus (João Baldasserini), leva a família para uma viagem no famoso Beach Star Resort, no Nordeste do Brasil. Mônica entra em pânico com a ideia, mas topa o desafio. Lá, ela fará de tudo para reconquistar a admiração de sua filha, até participar do concurso Miss Beach Star.

“De repente, Miss!”, que tem previsão de estreia em 2023, tem roteiro de Dani Valente, atriz de sucessos como “Zorra”, “Os Homens São de Marte… E É Pra Lá Que Eu Vou”, e responsável por roteiros de “A Sogra Quase Perfeita” (2020) e de “Desjuntados” (2021), série de comédia do Amazon Prime Vídeo com produção da FJ Productions.

Além de Fabiana Karla, Giulia Benite e João Baldasserini, o filme conta com Danielle Winits, Nany People, Polly Marinho, Gianlucca Mauad, Roney Villela e Naruna Costa, em seu elenco. O filme conta com o apoio e patrocínio de Beach Park e LATAM.

 Sinopse:

Mônica abandonou uma promissora carreira na publicidade para criar seus filhos, Luíza e Leo. Agora, prestes a completar 40 anos, ela não está nada feliz. Tem dúvidas sobre suas escolhas de vida e lamenta não mais despertar a admiração de sua filha adolescente, uma influenciadora digital em ascensão. Para comemorar a data, Marcus, seu amoroso marido, organiza uma viagem em família ao famoso Beach Star Resort, no Nordeste do Brasil. Mônica, pra quem a vida anda cinza, entra em pânico com a ideia de quebrar sua rotina e ir pra um lugar ‘cheio de gente feliz, cores vibrantes e corpos expostos’. Mas acaba cedendo. Afinal, pode ser uma oportunidade para fortalecer os laços familiares. Logo na chegada, Mônica conhece Flávia, ex-modelo, ex-atriz, vítima da aparência e atualmente detentora da coroa do concurso de beleza do resort. Luíza e Flávia se ligam instantaneamente, para frustração ainda maior de Mônica. Mais do que nunca, reconquistar a amizade e a admiração da filha será uma missão e para completá-la Mônica enfrentará o que for preciso… até mesmo disputar o concurso Miss Beach Star.

Ficha Técnica:

Produtores: Beto Rodrigues, Carolina Vianna, Fernando Muniz

Roteiro: Dani Valente

Diretor: Hsu Chien

Supervisão artística: Cris D’Amato

Diretora de Fotografia: Silvia Gangemi

Diretor de Arte: Zé Luca

Diretor Musical e Trilha Original: Plínio Profeta

Pós-Produção: Mistika

Produção: Amálgama Entretenimento, Pé na Estrada Filmes e Sony Pictures

Distribuição: Elo Company e Sony Pictures

Patrocinadores: Beach Park e LATAM.

 Sobre o Diretor

Entrando em seu 100º projeto, Hsu Chien atua como Diretor, Diretor Assistente e Produtor Executivo em filmes e séries. Entre seus mais recentes trabalhos estão: – Desapega! – 2022 – Sara, Lia e Léia – 2022 – Me Tira da Mira – 2021 – Quem Vai Ficar com Mário – 2021 – Eduardo e Mônica – 2020 – A Dona da Banca (TV) – Ninguém Entra, Ninguém Sai – 2017 – Pé na Cova – 2015-2016 (TV)

 Sony Pictures

A Sony Pictures Entertainment (SPE) é uma subsidiária da japonesa Sony Corporation. As operações globais da SPE abrangem produção, aquisição e distribuição de filmes em cinema, home entertainment, televisão e mídias digitais; uma rede global de canais; operação de estúdio, desenvolvimento de novos produtos audiovisuais, serviços e tecnologias. Tudo isto representa a distribuição de entretenimento em mais de 140 países.

Com presença marcante no mercado nacional, a Sony Pictures distribuiu e/ou co-produziu no Brasil, 22 dos 25 filmes nacionais lançados na década de 90, momento da retomada. Em 2018, através do investimento em inúmeras produções, apostando em novos talentos e diferentes gêneros ao longo dos últimos anos, a Sony chega à marca de mais de 60 filmes nacionais distribuídos e/ou coproduzidos, entre eles: “Deus é Brasileiro”, “O Auto da Compadecida”, “Carandiru”, “Cazuza”, “2 Filhos de Francisco”, “Meu Nome Não é Johnny”, “Chico Xavier”, “Xingu”, “Tainá”, “Confissões de Adolescente” e “Um Tio Quase Perfeito”.

Sony Pictures International Productions

A Sony Pictures International Productions, liderada por Shebnem Askin e Michael Rifkin, é o braço de co-produção local da Sony Pictures, que lança mais de 30 filmes anualmente em 12 territórios pelo mundo.

Pé Na Estrada Filmes

Fundada em 2015, a PÉ NA ESTRADA FILMES  é a  produtora que inaugura no Nordeste o  braço de  atuação dos  experientes produtores José Fernando Muniz  e Luis Alberto Rodrigues.

Visando desenvolver projetos audiovisuais  ligados aos Estados desta Região, a PÉ NA ESTRADA  busca viabilizar  uma maior diversidade de sotaques e paisagens  no Audiovisual brasileiro.

Amálgama Entretenimento

Amálgama Entretenimento é uma produtora dedicada a dar vida a projetos de TV e filmes independentes de ponta, conectando-os a estúdios, exibidores, distribuidores, financiadores e coprodutores de todo o mundo.

A empresa foi fundada em 2017 por Carolina Vianna, uma executiva brasileira e sediada em Los Angeles com mais de 25 anos de experiência em canais de TV paga (HBO Brasil, Sony Pictures TV, MTV Networks Latin America) e serviços de streaming (Terra Networks Latin América e Netflix.

Os projetos da Amálgama e de sua empresa-irmã Team Up Entertainment, baseada em Los Angeles, já chegaram ao Instagram, Star Channel / Star + da Disney Co., Amazon Prime Video, Netflix, Warnermedia e Sony Pictures. A empresa também participou de longas-metragens independentes.

 Elo Company

Fundada em 2005 pelos sócios Flavia Feffer, Ruben Feffer e Sabrina Nudeliman Wagon, a Elo Company desenvolve, produz e distribui conteúdo de qualidade com histórias únicas e poderosas.

Com atuação no mercado audiovisual, nacional e internacional, desde sua criação, a ELO COMPANY dedicou-se à comercialização de mais de 500 filmes e séries brasileiras do cinema ao video on demand, incluindo conteúdos de alto potencial de bilheteria a filmes de grande premiação e distribuição global.

Como produtora, atua na curadoria de projetos, até o desenvolvimento e produção de conteúdos audiovisuais de forma independente e em conjunto com players do mercado.

A ELO COMPANY tem entre seus principais objetivos criar, produzir e divulgar as narrativas brasileiras em múltiplas plataformas e países, valorizando também a diversidade na frente e atrás das telas com projetos inovadores como o Selo ELAS, que ajuda a fomentar longas com direção feminina.

Em 2022/ 2023 a empresa tem mais de 100 títulos em seu line up, incluindo mais de 15 produções com filmagens confirmadas de enorme potencial comercial.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana