ENTRETENIMENTO

Copa do Mundo: Anitta chega ao topo com “Envolver” por união do Brasil

Publicados

em


source
Anitta chega ao topo com Envolver
Divulgação/Marco Ovando

Anitta chega ao topo com Envolver


“A Taça do Mundo é nossa! Com brasileiro não há quem possa…”. Nesta sexta-feira (24), “Envolver”, da cantora Anitta, atingiu a primeira colocação na lista de músicas mais ouvidas do mundo no Spotify. O fenômeno marca um recorde para a artista e para o Brasil, já que nenhuma produção nacional havia chegado no topo do ranking da plataforma. Para além do fenômeno na indústria musical global, a “Girl from Rio” criou outro movimento surpreendente: a união de brasileiros em torno do sucesso do hit cantando em espanhol.

Levando o “Poderosa”, apelido criado no início da carreira, ao pé da letra, Anitta fez o país entrar num verdadeiro clima de Copa do Mundo. O acontecimento celebra um recorde inédito para a artista, que, anteriormente, havia alcançado a 18º colocação com o hit “Vai Malandra”.

Como ficar em segundo lugar não satisfez a nação brasileira, os internautas patriotas declararam uma verdadeira guerra contra qualquer outra música que estivesse à frente de ”Envolver”. Na quinta-feira (24), somente  “Heat Waves”, de Glass Animals, estava à frente da brasileira. O argentino Paulo Londra até tentou criar um clássico entre Brasil e Argentina, mas perdeu. “Plan A”, do rapper concorrente de Anitta, debutou na segunda posição e não foi páreo para “Envolver” e a comoção geral dos brasileiros, que uniu um esquadrão de fãs e artistas de diversas áreas.

Em apenas 24h, foram mais de 6,3 milhões de plays. O Brasil foi responsável por 4,1 milhões de plays no último dia, “Envolver”, agora, é a faixa com maior volume de streaming em 24h. “Estou muito feliz e extremamente grata a todos os meus fãs e pessoas que ouviram e ouvem ‘Envolver’. É maravilhoso alcançar um resultado desse tamanho sendo uma mulher brasileira e latina”, celebrou Anitta.


Lançada em novembro, “Envolver” hitou em março de 2022. Como?

A faixa de Anitta foi lançada no dia 11 de novembro de 2021, mas o efeito viral em “Envolver” começou no início de março deste ano, através de um desafio viral de coreografia no TikTok. Dados obtidos pelo iG Gente mostram que a plataforma recebeu 5 milhões de curtidas em mais de 910 mil postagens da coreografia batizada de “El paso de Anitta”. Até a noite de quinta-feira (24) o viral contou com 95 milhões de visualizações no TikTok.

Com o crescimento espontâneo no TikTok, Anitta passou a contar com o apoio dos fãs nas redes sociais para impulsionar a escalada global. Os Anitters tiveram papel fundamental e os fandons viraram torcidas organizadas. Nas redes sociais, eles levaram a cantora durante todo o mês aos assuntos mais comentados a cada atualização do ranking. Em parceria com a Central de Fãs da cantora, os anitters organizaram mutirões, estratégia de divulgação e até uma “streaming party” na véspera da sexta-feira para não deixar “Plan A” barrar “Envolver”.


Tudo isso pensando nas regras de contabilização de reproduções do Spotify. O iG Gente conversou com um especialista da área que explicou a forma de contabilizar streams na plataforma digital. A música precisa ser executada por mais de 30 segundos e de maneira que não caia em “spam” como atitude de robô. Ou seja: você pode ouvir repetidamente, mas o ideal é que seja em uma playlist curta, para que o ato não seja considerado automático.

Leia Também

Playlists editoriais foram fundamentais

As playlists editoriais do Spotify, feitas com curadoria da própria plataforma, foram fundamentais na escalada de “Envolver” para o topo global. A música de Anitta entrou em diversas listas da plataforma pelo mundo. 

Leia Também

Números de
Arquivo/iG Gente

Números de “Envolver”


Leia Também

Leia Também

“Hot Hits Brasil”, “Top Brasil”, “Hits da Internet”, “Verão Forever”, “Hits de Internet”, “Éxitos Perú”, “PEGAO”, “La Casa del Perreo”, “Just Hits”, “Pop Rising”, “Fiesta! Fiesta”, “Hits Urbanos”, “Baila Reggaeton”, “Mansión Reggaetón” e outras playlists editoriais pelo mundo representaram 29% dos streams de “Envolver” nos últimos 28 dias, segundo dados obtidos pelo iG Gente. As playlists geradas por algoritmo do Spotify têm 14% dos streams, eenquanto as playlits de ouvintes somaram 30%.

Números de
Arquivo/iG Gente

Números de “Envolver”


Aula de Marketing

É inegável o poder de Anitta no marketing. A cantora sempre apostou em diversas frente, além da música, para impulsionar a carreira. Mas, apesar dos direcionamentos, a poderosa foi surpreendida pela explosão de “Envolver” quando já trabalhava “Boys Don’t Cry” no início de 2022. Para Kleuder Lima, CEO da Alimus Media, Anitta soube ter munição para chegar ao topo.

“Embora Anitta já trabalhasse sua faixa mais recente ‘Boys Dont Cry’, que provavelmente já fazia parte da estratégia como um todo, para acertar o alvo, precisa-se de munição e ela disparou simultaneamente. Acho que foi fundamental o chamado à ação junto à sua audiência. Envolveu os fãs num desafio de colocar o BRASIL EM PRIMEIRO LUGAR, convidando todos, inclusive outras personalidades, celebridades e influencers a reagirem à música dançando o trecho da coreografia: El Paso de Anitta. O envolvimento de grandes celebridades e influencers neste ‘desafio’ fez a diferença para Envolver Viralizar. Com uma pitada de polêmica em torno da coreografia que movimenta o twitter, tem-se a junção perfeita”, avalia.

Kleuder aponta que não dá para ignorar o poder das redes sociais para transformar uma música em hit global. “A influência das redes sociais no mercado musical hoje é enorme, tornando quase impossível alavancar carreiras, nomes e obras musicais sem usar as mesmas. As plataformas hoje, não são somente ponto de contato e socialização, são máquinas condicionadoras de comportamento. Por isso, geram tendências e criam comportamentos”, opina.

“Com o advento e sucesso dos vídeos curtos, em plataformas que entregam o conteúdo para toda a audiência, sem limitar o alcance (como o TikTok primeiro, depois copiado por todas as outras como YouTube e instagram) a maior tendência do momento é estrategicamente já planejar a coreografia milimetricamente alinhada com refrão e entregar para os fãs que ‘memetizam’ isso alavancando exponencialmente o alcance e exposição da faixa e do artista”, completa.

Celebridades na corrida pelo #1

Que a Anitta é muito influente entre os famosos no Brasil, não é novidade. Mas, desta vez, as celebridades vestiram o manto para lutar pela cantora. As redes sociais viraram o Maracanã lotado em dia de jogo da Seleção Brasileira na hora do hino nacional. 


Juliette, atual campeã do ‘Big Brother Brasil’ e amiga pessoal de Anitta, utilizou o perfil do Twitter, que já conta com mais de 5 milhões de seguidores, para pedir que as pessoas ouvissem ‘Envolver’.  “Minha genteeeeeeeeee, simbora bater o #1 , né?! Quero todo mundo dando stream nessa gostosa!”, escreveu a paraibana.

Casimiro, o rei do stream brasileiro, também entrou na briga, o produtor de conteúdo Casimiro Miguel afirmou para sua legião de fãs que estava na briga pelo ouro brasileiro. “Hoje eu já ouvi a música da Anitta 4 vezes e tenho certeza que essas visualizações serão cruciais para a chegada dela ao top 1 global”, escreveu o comentarista. “Quando eu lançar minha música se a Anitta não fizer campanha para mim vou ficar p*to d+”, completou.

Bruna Marquezine pediu a união de gays e mulheres para levar Anitta ao topo e foi atendida. A atriz até sugeriu para cantora um desfile em um carro do Corpo de Bombeiros nas principais capitais do Brasil para celebrar o marco.

E agora, Anitters?

Após conquistar o topo, chegou a hora de permanecer na liderança global durante o fim de semana. Os anitters, brasileiros e admiradores do trabalho de Anitta precisam continuar “tacando stream na lenda” para que “Envolver” siga como a principal música do mundo no Spotify. A gente deixa aqui o single para vocês, hein?


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Klara Castanho agradece apoio de famosos: ‘Obrigada por esse cuidado’

Publicados

em

source
Klara Castanho fez um desabafo sobre o estupro que sofreu
Reprodução/Instagram

Klara Castanho fez um desabafo sobre o estupro que sofreu


Klara Castanho, de 21 anos, se manifestou pela primeira vez desde a publicação na noite de ontem (25) de uma carta aberta em que revelou ter sido vítima de violência sexual, engravidado e colocado a criança para adoção. Na manhã deste domingo, a atriz agradeceu a algumas manifestações de apoio que recebeu.

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

“Te amo com todo meu coração”, comentou Klara em post da escritora Thalita Rebouças. As duas trabalharam juntas em três filmes. Em publicação nesta manhã de domingo, a escritora destacou: “Klarinha é mais que amiga. Depois de três filmes juntas ela virou minha filha do coração. E esse post é só pra dizer o quanto eu te amo e que eu tô com você, Klara. Segurando sua mão. Hoje e sempre”.


Klara também respondeu publicação da atriz Tais Araújo: “Eu amo você, e não é dessa vida. Obrigada, Tais.”

“Se o Brasil fosse um país sério, as pessoas envolvidas nessa tripla violência estariam presas agora! Meia dúzia de Klarinha Castanho entre os que mandam no Brasil e a gente era outro país. Todo meu amor pra você e todas as mulheres do mundo”, postou a atriz e comediante Dadá Coelho. Klara respondeu: “Te amo, Dada. Te amo.”

Em post do ator Bruno Mazzeo, que interpretou seu pai nos cinemas, Klara agradeceu: “Obrigada por esse cuidado tão grande. Obrigada!”

A atriz também comentou post de Carol Castro, com quem trabalhou em três novelas. “Carol, meu amor. Obrigada por estar e sempre ter estado aqui. Te amo. Só te amo mil vezes”, disse Klara.

+ Saiba mais no canal do  iG Gente no Telegram !

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana