BRASIL E MUNDO

Contas de bolsonaristas no Twitter são suspensas por decisão de Moraes

Publicado


source
Alexandre de Moraes
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Alexandre de Moraes determinou a suspenção de algumas contas no Twitter

Por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, contas de diversos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foram suspensas do Twitter nesta sexta-feira (24). Entre as contas bloqueadas estão a do empresário Luciano Hang (Dono da Havan), da ativista Sara Winter e do blogueiro Allan dos Santos, do Terça Livre.

Em maio, vários bolsonaristas foram alvo de busca e apreensão autorizadas pelo ministro, por conta das investigações do inquérito das fake news, que apura a disseminação de notícias falsas e ataques aos ministros do STF. À época, Moraes determinou o bloqueio das contas dos investigados, mas a suspensão só foi concretizada nesta sexta (24).

Em nota, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

A seguir, você confere todas as contas que foram bloqueadas pela decisão:

ALLAN LOPES DOS SANTOS, BERNARDO PIRES KUSTER, EDSON PIRES SALOMÃO, EDUARDO FABRIS PORTELLA, ENZO LEONARDO SUZI MOMENTI, MARCELO STACHIN, MARCOS DOMINGUEZ BELLIZIA, RAFAEL MORENO, PAULO GONÇALVES BEZERRA, RODRIGO BARBOSA RIBEIRO, SARA FERNANDA GIROMINI, EDGARD GOMES CORONA, LUCIANO HANG, OTAVIO OSCAR FAKHOURY, REYNALDO BIANCHI JUNIOR e WINSTON RODRIGUES LIMA.

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Exilado, Evo Morales indica retorno à Bolívia no início de novembro

Publicado


source
Evo Morales, ex-presidente da Bolívia
R Martinez c./ABI

Evo Morales, ex-presidente da Bolívia

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou que pode retornar ao país já no dia 9 de novembro.  O socialista está exilado na Argentina desde dezembro.

“Há várias propostas. Os movimentos sociais estão debatendo e possivelmente meu retorno será no dia 9, de La Quiaca (Argentina) a Villazón (Bolívia)”, comentou Morales nesta terça-feira, durante um programa especial pelo 10º aniversário da morte do ex-presidente argentino Néstor Kirchner.

O retorno de Morales acontece após a vitória de seu candidato Luis Arce, nas eleições presidenciais. O ex-presidente tinha uma ordem de prisão preventiva na Bolívia , mas esta foi revogada ontem (26) pelo presidente do TDJ (Tribunal Departamental de Justiça) de La Paz, Jorge Quino.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana