Cáceres

Conselho Municipal implanta atendimento às vítimas por aplicativo de mensagens

Publicado

 

.

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Cáceres (a 225km de Cuiabá) acaba de lançar um novo canal para atendimento preliminar às vítimas de violência doméstica e familiar na cidade, em parceria com a Polícia Militar. Trata-se do número (65) 99981-5578, disponível para mensagens via WhatsApp. A nova ferramenta atende a uma reivindicação do Ministério Público do Estado de Mato Grosso e da Delegacia da Mulher do município. 

Além do atendimento e acolhimento das vítimas, o WhatsApp poderá ser utilizado para denúncias de violência contra a mulher, 24 horas por dia. A plataforma digital ganha uma importância ainda maior durante a pandemia do Novo Coronavírus. Isso porque no período de confinamento, com agressores e vítimas sob o mesmo teto em tempo integral, a busca por outros canais de denúncia tende a diminuir, uma vez que a vítima não consegue pedir ajuda reservadamente.     

Outras cidades – Conforme a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), algumas Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher também criaram canais para denúncias e atendimento psicológico pelo serviço de WhatsApp, em função do período de isolamento social. Em Cuiabá, o número disponibilizado para mensagens é (65) 99973-4796, e em Várzea Grande é o (65) 98408-7445.    

Dados – Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) divulgado em junho deste ano aponta redução dos registros de crimes nas Delegacias de Polícia e crescimento das denúncias telefônicas no país, nos meses de março e abril de 2020, comparados ao mesmo período do ano passado. Em Mato Grosso, nesse período o número de registros de lesão corporal dolosa caiu 16,7%, enquanto o número de feminicídios aumentou 150%. Os dados da pesquisa podem ser conferidos aqui.    

 

Comentários Facebook
publicidade

caceres

Estado mais que dobra o número de leitos de UTI no Hospital Regional de Cáceres

Publicado

Durante a entrega dos 30 novos leitos referenciados para o tratamento da Covid-19 no Hospital Regional de Cáceres, o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, destacou que o número de leitos de Terapia Intensiva mais do que dobrou na unidade hospitalar, que antes contava com seis leitos de UTI e agora passa a operar com 16 vagas.

“Com esses 10 novos leitos de UTI, nós mais que dobramos a capacidade que existia no Hospital Regional. Essa iniciativa se soma a todo o esforço do Governo do Estado para preencher os vazios assistenciais em leitos de Terapia Intensiva. Nós pretendemos incrementar a rede, para que não tenhamos mais que sofrer com a falta de UTI neste Estado”, disse o secretário durante coletiva de imprensa.

O incremento de leitos é feito em estrutura perene, que permite o funcionamento definitivo das novas 10 vagas de Terapia Intensiva e 20 de enfermaria. A estrutura ampliada equivale a 22% do número total de leitos anteriormente disponibilizados pela unidade, que atende a 22 municípios da região de Cáceres.

Com a ampliação, a unidade passa a contar com 30 leitos clínicos e 10 de UTI exclusivos para pacientes com coronavírus. O incremento também resulta na inclusão de 114 novos profissionais à equipe do hospital.

Foram investidos aproximadamente R$ 5,5 milhões na ampliação, que possibilitou o acréscimo de 1.200 m² à estrutura do Hospital Regional. A unidade é referência em atendimento hospitalar para os municípios das regiões oeste e sudoeste de Mato Grosso, que juntas compõem uma população aproximada de 400 mil habitantes.

Mesmo após a pandemia, os leitos poderão a ser usados para as diversas especialidades atendidas pelo hospital, tais como trauma, urgência e emergência, neurocirurgia, neurologia clínica, pediatria, oncologia clínica e cirúrgica, Unidade de Terapia Intensiva adulto e pediátrica, ambulatório de especialidades e de oncologia.

“Já são cerca de 1.300 leitos [entre UTIs e enfermarias] para o atendimento de demandas da Covid-19 em Mato Grosso. Além dessas ampliações, todos os hospitais do Governo do Estado serão modernizados pela atual gestão. Essas obras vão avançar paulatinamente pelas nossas unidades, como já acontece no Hospital Regional de Rondonópolis, Sinop e Sorriso”, concluiu Gilberto Figueiredo.

Ampliações em todo Estado

Além dos 10 leitos de UTI inaugurados na unidade regional de Cáceres, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) já ampliou outros 139 leitos de Terapia Intensiva na rede hospitalar do Estado.

Foram 70 novos leitos no Hospital Estadual Santa Casa, 30 no Hospital Metropolitano, 29 no Hospital Regional de Sinop e 10 no Hospital Regional de Rondonópolis. Todas ampliações da rede estadual foram feitas em estruturas que podem ser definitivas.

Atualmente, a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso conta com mais de 400 leitos ativos de UTI e 889 de enfermaria, exclusivos para o tratamento de pacientes com a Covid-19.

.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana