economia

Congresso da Argentina aprova imposto sobre riquezas para combater pandemia

Publicados

em


source

Brasil Econômico

argentina
Gino Matos

Congresso da Argentina aprova imposto sobre riquezas para combater pandemia

O Congresso argentin o converteu, neste sábado (5), em lei um imposto extraordinário aplicado às grandes fortunas, com o objetivo de financiar a luta contra a Covid-19 e aprovar subsídios à pobreza e créditos a pequenas e médias empresas. 

A estimativa é que a nova lei atinja até 12 mil pessoas que deverão pagar uma taxa única. A Argentina está entrando em seu terceiro ano de recessão, com alta inflação e um forte aumento da pobreza. Com isso, o objetivo é arrecar para a fragilizada economia do país. 

O projeto foi aprovado no Senado por 42 votos a 26. A nova lei estipula um imposto único de pelo menos 2% a ser cobrado de pessoas com ativos que passem de 200 milhões de pesos argentinos (2,45 milhões de dólares), o que o governo espera que leve a uma arrecadação de cerca de 3,7 bilhões de dólares.

Os recursos do imposto serão utilizados para a compra de equipamentos e insumos para combater a Covid-19, financiar a assistência de pequenas e médias empresas, apoiar bairros pobres e ajudar a desenvolver o setor doméstico de gás natural.

Comentários Facebook
Propaganda

economia

Setor energético terá investimentos de R$ 3 trilhões até 2030, diz ministro

Publicados

em


source
Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro

Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro

O setor energético brasileiro terá investimentos de R$ 3 trilhões até 2030, diz o ministro de Minas e Energia , Bento Albuquerque, entrevistado deste domingo (18) no programa Brasil em Pauta, da TV Brasil . Na entrevista, o ministro fala sobre a diversidade da matriz energética no Brasil, a produção de petróleo e gás, a mineração e a capitalização da Eletrobras, entre outros assuntos.

“O maior investimento realizado no país tem sido no setor de energia, seja no setor de petróleo, gás e biocombustíveis, seja no setor elétrico. São investimentos bilionários – nos próximos dez anos, devemos ter investimentos da ordem de R$ 3 trilhões, e isso tem ocorrido ano a ano”, afirma o ministro. “Investimentos estão sendo feitos de centenas de bilhões de reais nos últimos dois anos, e teremos aí mais outros R$ 2,5 trilhões até 2030.”

Você viu?

De acordo com Bento Albuquerque, esses investimentos ocorrem porque o Brasil tem atratividade, diversidade de fontes de energia e segurança jurídica e regulatória. “Isso é extremamente importante para atrair investimentos privados.”

Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030, diz ministro

Leia a matéria completa no site do 1Bilhão

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana