Rondonópolis

Comitê reúne nesta sexta para debater medidas com relação à Covid-19 em Rondonópolis

Publicados

em


O Comitê de Gestão de Crise, criado para determinar ações de controle e combate ao novo coronavírus em Rondonópolis, irá se reunir na manhã desta sexta-feira (9),  às 7h30, no Palácio da Cidadania. A pauta do encontro será  a edição ou não de um novo decreto com novas medidas pelo executivo municipal. 

 Vence nesta sexta-feira a vigência do  decreto editado no dia 31 de março  pelo município,  por determinação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ/MT). O referido decreto, que seguiu as definições estabelecidas no decreto do governo estadual, implantou a quarentena coletiva obrigatória de dez dias no município,  onde ficou liberado apenas o funcionamento dos serviços considerados essenciais descritos no decreto do governo federal.

 Antes da reunião do comitê, o prefeito José Carlos do Pátio reuniu-se no final da tarde desta quinta-feira (8) com representantes de entidades patronais e laborais para discutir alternativas para tentar flexibilizar algumas medidas. “Ouvi as entidades e agora vou discutir com a equipe técnica, o comitê de crise para tomar uma decisão sobre se mantemos como está o decreto atual ou se nós faremos um  novo decreto mais flexível”, comentou Pátio. “Estamos fazendo todo esforço possível para  salvar vidas e ao mesmo tempo buscar saídas para garantir o emprego e a renda das pessoas”

Comentários Facebook
Propaganda

Rondonópolis

Prefeitura assume cirurgias ortopédicas após paralisação do Governo do Estado

Publicados

em


Acabar com a angústia daqueles que têm alguma enfermidade no aparelho locomotor, como ossos, ligamentos, músculos e articulações do corpo, proporcionando-lhes o tratamento adequado foi uma causa que a Prefeitura de Rondonópolis abraçou desde o final de 2020.

“A iniciativa ocorreu a partir do desejo do prefeito José Carlos do Pátio. Então, em setembro do ano passado, firmamos uma parceria com o Hospital Otorrino de Cuiabá que, entre outros procedimentos, realiza cirurgias ortopédicas. Dessa forma, nosso Município passou a financiar as operações que eram feitas nesse hospital”, lembra a coordenadora da Central de Regulação de Rondonópolis, Márcia Gabriel.

Após estabelecido o contrato com o hospital, foram poucos meses para que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desse início ao projeto. “Em dezembro, a Central de Regulação começou a regular esses pacientes. Muitos deles, inclusive, aguardavam na fila há vários anos”, revela a coordenadora que emenda: “Anteriormente, essas cirurgias eram feitas no Hospital Regional e foram canceladas desde o início de 2020 por conta da pandemia. Isso gerou uma grande fila de espera e a atual gestão resolveu agir para amenizar o sofrimento dessas pessoas.

Desde então, 142 indivíduos foram encaminhados para os devidos atendimentos que indicariam a necessidade de acompanhamento médico ou mesmo intervenção cirúrgica. Cerca de 80 deles precisaram ser operados. Entre os procedimentos ofertados pela SMS estão retirada de material de síntese, reconstrução de ligamento e de perda óssea, cirurgias de joelho, do ombro e da síndrome do carpo, ressecção de cisto.

Todos aqueles que precisarem de uma consulta para investigação sobre problemas ortopédicos podem se dirigir à Central de Regulação que fica na Avenida Frei Servácio s/n, Bairro Santa Cruz (ao lado do SAE, onde era a antiga Farmácia de Manipulação), que funciona das 6h às 17 horas, ou entrar em contato pelo número 3422-0214, no Setor de Cirurgias Eletivas. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana