CIDADES

Comitê da Saúde de Colniza se reúne e flexiona atividades econômicas e toque de recolher

Publicado


.

Na manhã de sexta feira (26), em Colniza,o Comitê Municipal de Prevenção, Orientação e Enfrentamento ao Covid 19 se reuniu no espaço destinado a estacionamento da Prefeitura Municipal para alterar o decreto 0043/GP/2020. Ficou decidido depois de debatido pelos membros do referido conselho que todos os lanches e espetinhos poderão voltar a colocar cadeiras no seu entorno e atender até 22 horas no novo toque de recolher, porém o regime de álcool zero permanece sem alterações, e as normas da vigilância em saúde do município deverão ser respeitadas.

Estiveram presentes o chefe do departamento jurídico do município Advogado Aramadson Barbosa, a chefe de Gabinete Larissa, que conduziu a pauta da reunião suprindo a ausência do prefeito municipal Celso L. Garcia, o promotor Dr. Aldo Kauamura MP/MT, Policia Militar, CDL, secretario municipal de saúde José Vanderlei Nunes, e demais integrantes.

Entre outros assuntos da pauta foram debatidos a situação dos ônibus Intermunicipal e Interestadual o que não houve alterações, a questão das barreiras, a chegada de mais EPIs adquiridos através de compra pela secretaria municipal de saúde.

Ao final todos entenderam que fomos cautelosos ate agora e não custa nada manter as atenções em alerta, neste ponto em que o estado de Mato Grosso aproxima do pico da pandemia, o chefe da saúde no município convocou a todos para cada um fazer sua parte colaborando porque os dias de vitória estão próximos.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
publicidade

CIDADES

Todos os municípios de MT continuam apresentando risco baixo de contaminação da Covid-19

Publicado


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (03.12) o Boletim Informativo nº 270 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

Nesta edição do Boletim, os 141 municípios do Estado configuram na classificação de risco baixo de infecção pelo coronavírus, conforme mostra documento a partir da página 12.

Esse status já se mantém por 31 dias. Em 2 de novembro, Ribeirãozinho foi a última cidade classificada com risco “moderado”. Desde então, nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco muito alto, representado pela cor vermelha e que indica alerta máximo de contaminação, ou amarela, que indica alerta moderado.

O sistema de classificação que aponta o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades.

Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras, e os resultados são divulgados nos Boletins Informativos da SES.

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana