POLÍTICA MT

Comissão Especial de Zoneamento Socioeconômico Ecológico ouviu representante da Secretaria de Assistência Social

Publicados

em


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Comissão Especial de Zoneamento Socioeconômico Ecológico recebeu, na tarde desta quarta-feira (11), representante da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc/MT), Diego Tenório. Ele é membro titular da Comissão Estadual de Zoneamento Socioeconômico Ecológico, instituída pelo governo de Mato Grosso. 

Durante a reunião, Diego Tenório defendeu a importância de o projeto de zoneamento levar em conta as questões sociais do estado. O representante da Setasc mostrou preocupação com a situação de pequenos produtores rurais e da agricultura familiar. “Vemos em algumas regiões pessoas com seis hectares de terra dependendo de bolsa família. Produtores desesperados por não verem opção de vida que não seja a venda da propriedade”, disse. 

“Essas pessoas quando vão para cidade acabam virando clientes da assistência social”, frisou o representante da Setasc. Ele relatou aos membros da comissão especial que muitos pequenos produtores têm uma vida difícil, tendo de fazer grandes deslocamentos para ter acesso a serviços públicos básicos como educação e saúde. “Os produtores dizem ter muita dificuldade para conseguir convencer um filho a continuar o trabalho feito no campo. Esse filho também quer ter acesso à internet, às redes sociais, o que hoje ele não encontra”, contou Diego Tenório. 

“Há um grande dificuldade dessas pessoas em relação ao conhecimento de logística, para poderem escoar o que produzem e também falta fazer um mapeamento completo de onde estão esses pequenos produtores, como eles trabalham, como produzem”, completou o convidado. 

Perguntado pelo presidente da comissão especial, deputado Dr. Eugênio (PSB), sobre a avaliação que ele faz da minuta de zoneamento elaborado pela Secretaria de Planejamento (Seplan/MT), o representante da Secretaria de Assistência Social e Cidadania respondeu que considera o projeto “tímido” e que é preciso olhar mais para o social. 

O deputado Valmir Moretto (Republicanos) concordou com as colocações de Diego Tenório e disse estar trabalhando para sensibilizar o governador Mauro Mendes a dar mais assistência para a agricultura familiar. “Tenho cobrado do governo uma política de apoio mais ampla e o governador já está convencido da importância disso. Com muito pouco dinheiro, a gente consegue fazer muita gente feliz, com gestão compartilhada com os municípios e ajuda da Empaer”, garantiu o parlamentar. “Tivemos políticas para o desenvolvimento da soja, algodão, cana de açúcar, milho, agora é a hora da agricultura familiar”, argumentou. 

O deputado Dr. Eugênio também fez um apelo para que a Setasc não apoie a minuta de zoneamento apresentada pela Seplan. “Temos duas regiões que estão muito prejudicadas por essa proposta, que são o Vale do Araguaia e do Guaporé. Essas regiões estão sendo impedidas de se tecnificar”, afirmou o presidente da comissão especial. 

A próxima reunião da Comissão Especial de Zoneamento Socioeconômico Ecológico da Assembleia Legislativa estava prevista para o dia 25, mas foi desmarcada para favorecer a participação dos membros em audiência pública a ser realizada na Câmara dos Deputados, em Brasília, no dia 26. O tema a ser debatido é o zoneamento no estado de Mato Grosso.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA MT

Paulo Araújo apresenta indicações para Cuiabá, Porto Estrela e Gaúcha do Norte

Publicados

em


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Dando continuidade às ações em prol da população mato-grossense o deputado estadual Paulo Araújo (Progressistas) apresentou durante sessão plenária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) na quarta-feira (13) três indicações que culminarão em melhorias nas áreas de saúde, infraestrutura e esporte dos municípios de Cuiabá, Porto Estrela e Gaúcha do Norte.

O parlamentar indicou n° 6627/21 ao governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), com cópia ao secretário de Estado Saúde Gilberto Gomes de Figueiredo, acerca da necessidade de viabilizar a aquisição e destinação de equipamentos ambulatoriais e enfermaria para o Hospital Municipal de Gaúcha do Norte (distante 584 km de Cuiabá).

“A indicação que propusemos tem o objetivo atender a solicitação trazida pelo vereador de Gaúcha do Norte, Elço Domingos Alves, que explicou que os equipamentos são essências para garantir a possibilidade de socorro dos pacientes daquele município”, pontuou Araújo.

Também foi encaminhado para o governador, com cópia ao secretario de Estado de Cultura Esporte e Lazer, Alberto Machado, uma indicação de n° 6625/21 que propõe uma obra de construção do prédio da Biblioteca Municipal de Porto Estrela (distante 186 km de Cuiabá).

Uma última indicação n° 6931/21 apresentada e encaminhada ao prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), com cópia a secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Lazer de Cuiabá, Maria Rabello, Leite acerca da necessidade de aquisição de duas traves de futebol limpeza e reforma de campo de futebol do bairro residencial Milton Figueiredo.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana