POLÍTICA NACIONAL

Comissão debate crise no transporte púbico provocada pela pandemia; acompanhe

Publicados

em


Prefeitura de Manaus
Transporte - ônibus - Pandemia - Coronavírus - Covid-19 - transporte público - Fiscalização na higienização dos ônibus
Transporte público teve queda de 80% na demanda durante o primeiro ano da pandemia

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados realiza audiência pública na sexta-feira (18) para discutir as políticas de financiamento do transporte púbico.

A reunião será realizada no plenário 11, às 10 horas, e poderá ser acompanhada de forma interativa pelo e-Democracia.

Foram convidados para o debate:
– o vice-presidente de Mobilidade Urbana da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Felicio Ramuth;
– o presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Mobilidade Urbana, Paulo Guimarães;
– o presidente da Associação Nacional de Transporte Públicos (ANTP), Ailton Brasiliense;
– o presidente executivo da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbano, Otávio Vieira da Cunha Filho; e
– o vice-presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos, Antonio Carlos Sanches.

O deputado Rodrigo Coelho (PSB-SC), que pediu a audiência, lembra que com a pandemia da Covid-19 a queda da demanda de passageiros no sistema de transportes públicos atingiu 80%, enquanto que a readequação da oferta ocorreu em níveis muito menores.

Veto presidencial
“A Câmara dos Deputados e o Senado Federal tentaram resolver parte do
problema financeiro dos sistemas de transporte público, com a aprovação do Projeto de Lei 3364/20, que destinava recursos financeiros da União para Estados, Distrito Federal e Municípios, em caráter emergencial em razão do estado de calamidade pública”, disse. O projeto, no entanto, foi vetado pelo presidente da República por razões de ordem técnica e econômica.

Para Rodrigo Coelho, a comissão precisa debater o assunto, “para que possamos identificar possíveis soluções para esse grave problema, pois o transporte público coletivo é um direito do povo brasileiro e cabe ao parlamento brasileiro garantir o pleno exercício desse direito social previsto na nossa Carta Magna”.

Da Redação – RS

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Pacheco congratula Randolfe por título concedido pela França

Publicados

em


O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, comunicou nesta quarta-feira (4), em Plenário, que o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) recebeu o título de “Cavaleiro da Ordem Nacional da Legião de Honra” concedido pela França. A homenagem partiu do presidente da França, Emmanuel Macron.

— Trata-se da mais alta honraria daquele país, que foi concedida ao senador Randolfe Rodrigues em reconhecimento ao seu empenho em prol da cooperação transfronteiriça entre Amapá e Guiana Francesa, por sua atuação no combate à covid-19 no Brasil e por sua defesa do meio ambiente e do Acordo de Paris — disse Pacheco, ao dar os parabéns a Randolfe.

Há duas semanas, ao anunciar pelas redes sociais a homenagem recebida, Randolfe mencionou a condecoração “ao seu mandato” com a medalha Légion d’Honneur, criada pelo imperador Napoleão Bonaparte em 1802. Para ele, a honraria, na verdade, pertence ao povo.  

“Agradecemos o reconhecimento aos nossos esforços e trabalho, sempre pautados pela defesa dos interesses populares, a ética na política e o desenvolvimento sustentável com distribuição de riqueza para todos. Como nosso trabalho e empenho, essa honraria é do povo!”, agradeceu o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana