POLÍTICA MT

Comissão de Fiscalização discute metas físicas de secretarias do governo em audiência pública

Publicado


Audiência pública em maneira remonta foi presidida pelo deputado Carlos Avallone

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO) discutiu em audiência pública, na manhã desta quinta-feira (15), as metas físicas referentes ao 1º semestre de 2020 das pastas de educação, segurança pública e planejamento do estado. A reunião, feita de maneira remota, foi presidida pelo deputado estadual Carlos Avallone (PSDB).

A secretária de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, deu ênfase para as ações tomadas pela pasta durante a pandemia do novo coronavírus. No início de abril, a secretaria elaborou materiais digitais para orientar a comunidade após a suspensão das aulas presenciais. No mesmo mês, a pasta começou a entrega de cestas básicas para os alunos de famílias cadastradas no programa Bolsa Família.

Também nessa época, a Seduc implementou o ensino a distância por meio de plataforma on-line e distribuição de apostilas impressas. De acordo com a secretária, mais de 80% dos estudantes foram atendidos. Em maio, foram gravadas videoaulas em parceria com a Assembleia Legislativa e, em junho, começou a ser traçado um plano estratégico para retomada das aulas presenciais.

De acordo com Marioneide Kliemaschewsk, no primeiro semestre deste ano a secretaria conseguiu implementar 70% da Diretriz Base Comum Curricular e do Documento de Referência nas escolas.

Já o gestor da Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), Alex Costa, ressaltou a diminuição da criminalidade do estado no número de homicídios, latrocínios e furtos de veículos. “Esses dados são fundamentais para que a população se sinta mais segura”, defendeu. Ele ainda apresentou o desempenho da pasta em diferentes metas, como na manutenção das unidades de Polícia Militar e Politec, cujas metas foram atingidas e argumentou que a pandemia prejudicou algumas ações como capacitações.

O titular do Planejamento, Basílio Santos, destacou os resultados do governo na área da segurança e citou a taxa de 94% de inquéritos concluídos com autoria definida. “É muito importante essa audiência pública porque o governo precisa aplicar o dinheiro corretamente e podemos mostrar que estamos no caminho certo”, afirmou. Ainda foram apresentadas as metas para o turismo, também prejudicadas por conta da Covid-19.

Para o deputado Carlos Avallone, a audiência foi importante para acompanhamento das ações do governo. “A Assembleia não é só para fazer leis, mas também para acompanhar e fiscalizar o governo para podermos orientar e corrigir rumos”, argumentou. “Fico feliz em ver que o Legislativo está fazendo seu papel”, reforçou o procurador de contas William Brito, que também acompanhou a discussão.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Deputado Claudinei visita obras da nova DERRFVA

Publicado


Foto: SAMANTHA DOS ANJOS / Assessoria de Gabinete

As obras da nova Delegacia Especializada de Repressão a Roubo e Furto de Veículos (DERRFVA), em Cuiabá, estão com o processo construtivo em fase de finalização. O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), nesta quarta-feira (2), conheceu as novas instalações que vai atender cerca de 60 servidores da unidade, sendo apresentado pelo delegado regional Wagner Bassi Júnior e o delegado de polícia titular, Gustavo Garcia Francisco.

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) firmou parceria com a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC), por meio de um Termo de Cooperação, que garantiu a construção da delegacia que apresentava uma estrutura precária para os policiais civis como, também, para o devido atendimento à população. De acordo com Gustavo Francisco, o governo estadual investiu cerca de R$ 1 milhão na obra e R$ 250 mil para a aquisição de mobílias.

Estrutura – A estrutura possui área construída de aproximadamente 1.000 metros quadrados com áreas de mobilização e acessibilidade para o público, salas para investigadores, escrivães, delegados e estagiários, três cartórios, banheiros, quatro celas distribuídas para adultos e adolescentes – feminino e masculino -, depósito, área para vistoria veicular, cozinha e espaço de descanso para os policiais civis.

“Tem uma parte que foi criada que é nova, estamos criando uma sala multiuso, onde a gente pode convidar alguns palestrantes para estarem sempre qualificando nossa equipe. Será um grande diferencial para nós, até para fazer videoconferência e outros acontecimentos internos”, informa o delegado titular.

Segundo ele, o projeto da PJC é permitir que a instituição ofereça um atendimento humanizado e rápido à população. “Do momento que a pessoa faz o boletim de ocorrências para registros, sai do registro já encaminha para o setor responsável. Tem os cartórios que já conseguem rodar a investigação mais rápido”, explica.

Projetos – Francisco adiantou para Claudinei que a unidade busca realizar a captação de novos recursos financeiros, pois há a necessidade de concretizar três importantes projetos para atender a delegacia – a construção de um muro com extensão de 100 metros, no valor de cerca de R$ 150 mil; a realização da fachada com a marca da instituição e investimentos na parte tecnológica, para atender o núcleo de inteligência da Polícia Civil, no valor de R$ 80 mil.

Já ciente das demandas a serem apresentadas pelo delegado titular, o deputado convidou o presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Mato Grosso (Feconseg), Danillo Moraes, para, junto ao Ministério Público Estadual (MPE) e Poder Judiciário, verificar a possibilidade de contar com recursos oriundos de Termos de Ajustamento de Condutas (TACs) para contribuir na concretização dos projetos almejados pela instituição.

As obras da DERRFVA tiveram início em março, com previsão de inauguração até o final deste ano, sob responsabilidade da coordenadoria de Obras e Engenharia do Detran. Essa instituição tem atuação na região metropolitana de Cuiabá.

 

 

 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana