turismo

Com piora da pandemia, Salvador fechará praias e clubes

Publicados

em


source
Salvador terá novas restrições por conta do avanço da pandemia
Thinkstock

Salvador terá novas restrições por conta do avanço da pandemia

A prefeitura de Salvador anunciou nesta segunda-feira (22) o fechamento de todas as praias da capital, além de quadras, campos e clubes sociais. A medida se dá em função do aumento expressivo de casos de covid-19 na capital baiana e passa a valer a partir de terça-feira (23), com o fechamento de quadras e clubes e desligamento da iluminação pública nesses locais. No caso das praias e clubes sociais, o fechamento começa na quarta-feira (24).

“Estamos desativando toda a terceira fase da retomada com o objetivo de reduzir a disseminação do coronavírus. Precisamos continuar utilizando máscaras, evitando aglomerações e tomando todos os cuidados com a pandemia. Por isso, estamos suspendendo, a partir de amanhã (23), a utilização de todos campos e quadras em nossa cidade. Além disso, a partir de quarta-feira (24), não poderemos mais ir às praias nem aos clubes sociais”, postou o prefeito Bruno Reis em suas redes sociais.

Segundo o prefeito, praticamente 100% das unidades de terapia intensiva (UTIs) da cidade estão ocupadas. O governo da Bahia também já havia determinado a ampliação do toque de recolher no estado, que agora começa às 20h e vai até às 5h do dia seguinte. A medida entrou em vigor nesta segunda-feira, reduzindo também o atendimento presencial em bares e restaurantes, que será até 18h, o horário do transporte metropolitano (até 20h30) e o delivery de alimentos, que só poderá ser feito até 23h.

Paraíba

Na Paraíba, a prefeitura de João Pessoa e o governo estadual também anunciaram novas restrições para conter o avanço da pandemia. Uma delas é o fechamento do acesso à orla das praias. Eventos esportivos, religiosos, cinemas, teatros e shows também ficam suspensos nos próximos 15 dias. As aulas presenciais na rede pública estadual também foram adiadas. As medidas constarão em novo decreto estadual que deverá ser publicado nesta terça-feira (23).    

“A Paraíba teve uma piora considerável na décima nona avaliação do Plano Novo Normal. Saltamos de 22 para 138 municípios em bandeira laranja e de 0 para 6 em bandeira vermelha. Isso exige uma ação efetiva para salvar vidas e evitar o colapso do nosso sistema de saúde”, postou o governador João Azevêdo em sua redes sociais, no fim de semana.

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Propaganda

turismo

Especialista explica o que fazer com milhas que estão perto da validade

Publicados

em


source
Você pode trocar por produtos e até aumentar a validade
Freepik/reprodução

Você pode trocar por produtos e até aumentar a validade

Guardar milhas  é ótimo quando se está planejando uma viagem, mas a pandemia da Covid-19 mudou os planos de todos os viajantes e as milhas podem perder a validade. Para evitar esse problema, o iG Turismo conversou com Norton Reveno, especialista em milhas e cartões de crédito,  para entender quais são as possibilidades disponíveis para usaá-las sem precisar viajar. 


Antes de mais nada, é preciso entender quanto tempo as milhas valem. Algumas são eternas, como aquelas que você ganha ao pagar por planos de milhagem mensais, mas a maioria tem validade. “A média de validade é de dois anos, mas pode variar, é claro. Em geral, milhas de bônus vindas de promoções têm validades menores”, explica Norton. 

Ele alerta que, para saber se estão perto de expirar, o viajante use aplicativos que reúnem e analisam as milhas. “Você pode utilizar aplicativos de gerenciamento de milhas como AwardWallet e Oktoplus ou então simplesmente olhar nos sites que você tem milhas cadastradas e procurar pelas opções de ‘pontos a vencer'”, diz. 

Você viu?

Como usar as milhas sem viajar?

Se acha que pontos de banco e milhas são diferentes, está enganado! Muitos planos de milhas também oferecem serviços em lojas e outros locais para usá-las sem precisar viajar. “Nesse caso, a melhor opção é a troca por benefícios. Toda companhia aérea ou programa de fidelidade tem dentro do seu site opções de troca”.

Norton indica trocar por produtos. “No caso da Smiles, olhe no shopping Smiles, que tem diversos objetos, produtos e vouchers. Já na Azul, procure pelo Shopping Tudo Azul”, indica. Para os usuários de Latam Pass, o indicado é ver os parceiros, que são sites de lojas e outros serviços que utilizam milhas para dar descontos. 

Se não quiser usar, pode vender

Uma boa opção, caso esteja com receio das milhas expirarem, é vendê-las. “A ideia é realizar a venda pelo menos três a quatro meses antes das milhas expirarem, senão melhor você mesmo usar em trocas por produtos no site. Não considero tão vantajoso do que viajar, mas se não pretende sair de casa, saiba que é melhor do que deixar validar. Milhas expiradas é igual a dinheiro rasgado”, aponta.

Se não quer nada disso, é possível aumentar a validade?

Segundo Norton, você pode transferir pontos de bancos para programas de milha e vice-versa. “Depois de transferidos os pontos para milhas de companhias aéreas, elas passam a ter nova validade atribuída pela companhia aérea. Em alguns casos como transferência de pontos entre contas, é possível aumentar a validade das milhas”, aponta. 

Contudo, o próprio especialista afirma que esta não é uma opção muito vantajosa, pois o dono dos pontos precisa pagar um valor pelas transferências. “Há exceções, claro. No início da pandemia, estava sendo possível solicitar prorrogação da validade das milhas sem dificuldades. Agora, com a retomada do mercado doméstico de aviação, está um pouco mais difícil conseguir isso”, pontua.

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana