economia

CNI: atividade industrial mantém trajetória de recuperação

Publicado


.

Em julho, a atividade industrial continuou em trajetória de recuperação, passando a reverter parte da queda acumulada em março e abril, segundo dados dos Indicadores Industriais, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), apresentados nesta terça-feira (8). Faturamento real, horas trabalhadas na produção e Utilização da Capacidade Instalada (UCI) aumentaram pelo terceiro mês consecutivo.

Segundo o balanço, o faturamento real da indústria aumentou 7,4% em julho, considerando a série dessazonalizada, acumulando alta de 34,5% nos últimos três meses. Com, isso, o faturamento está 1,7% menor que o registrado em fevereiro de 2020, antes da pandemia. As horas trabalhadas na produção aumentaram 4,5% em julho, totalizando uma alta de 20,9% nos últimos três meses. Mesmo assim, o total de horas trabalhadas ainda está 7% abaixo do apurado em fevereiro. O índice de horas trabalhadas na produção encontra-se 7% abaixo do patamar de fevereiro. No acumulado do ano o indicador apresenta queda de 9% em relação a igual período do ano anterior. 

A Utilização da Capacidade Instalada aumentou 2,9 pontos percentuais em julho, um acumulado de 8,8 pontos percentuais nos últimos três meses, saindo de 66,6% para 75,4%. Esse percentual, no entanto, ainda é 3,4% menos do que o registrado em fevereiro, antes da pandemia.

Emprego industrial

No mês passado, o emprego industrial ficou próximo da estabilidade, ao registrar queda de 0,2%. Nos meses anteriores, o emprego havia recuado com mais força: queda de 0,4% em março, 2,1% em abril e 0,6% em maio. Desde fevereiro, o indicador acumula queda de 3,5%. Na comparação do acumulado de 2020 (até julho) com os primeiros sete meses de 2019 o emprego registra queda de 2,6%.

A massa salarial paga aos trabalhadores da indústria caiu 1,7% no mês na série dessazonalizada. A queda ocorre após crescimento de 9,4% em junho, que

havia sido influenciado, segundo a CNI, pelas condições excepcionais de término de alguns acordos de suspensão ou redução da jornada de trabalho e salário. A massa salarial acumulada em 2020 até julho é 6,1% inferior a igual período de 2019.

O rendimento real pago aos trabalhadores da indústria caiu 2,4% em julho, revertendo parcialmente o crescimento do mês anterior, que também tinha sido resultado do fim de parte dos acordos de suspensão e redução de jornada de trabalho e salário. No acumulado do ano de 2020 até julho, o rendimento médio real é 3,6% inferior em relação ao mesmo período de 2019.

Edição: Bruna Saniele

Comentários Facebook
publicidade

economia

TAP confirma data de retorno dos voos em Belém

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Calebe Murilo

TAP confirma data de retorno dos voos em Belém

A companhia aérea de bandeira portuguesa TAP comunicou hoje, 30, a data para o retorno de suas operações na capital paraense, conectando Belém (BEL) com a Europa, através de Lisboa (LIS).

Com isso, os voos da empresa voltarão acontecer no dia 18 de dezembro de 2020, com frequências nas segundas e sextas-feiras. O voo TAP 046 será operado pelo moderno Airbus A321neo LR e tem a decolagem prevista de Belém às 01:15, com a chegada em Lisboa acontecendo às 09:05.

No sentido contrário, o voo TAP 047 tem saída de Portugal programada para às 15:30, chegando a Belém no mesmo dia às 23:45. O jato A321neo tem capacidade para até 171 passageiros, sendo 16 em classe executiva e 155 em classe econômica.

Ademais, a frequência de duas operações semanais será mantida também durante o mês de janeiro do próximo ano, podendo ser alterada a medida que a demanda for maior nos períodos seguintes.

O post TAP confirma data de retorno dos voos em Belém apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana