POLÍTICA MT

Claudinei avalia importância de deputados somarem para nomeação de aprovados em concursos públicos de MT

Publicado

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, recebeu na tarde de quarta-feira (2) o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) para alinhar o andamento das possíveis nomeações dos aprovados em concursos públicos na área de segurança pública de Mato Grosso. O encontro ocorreu no Palácio Paiaguás e contou com a presença do secretário-adjunto Carlos Brito.

Como presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Claudinei pontuou no encontro sobre a falta de efetivo nas instituições de segurança pública dos polos regionais pertencentes à Região Integrada de Segurança Pública (Risp). “Um exemplo que citei foi o caso de Nova Mutum por contar com apenas um policial penal na unidade prisional e tendo apoio de outros servidores de Cuiabá e Tangará da Serra. Também, visitamos Rondonópolis, Primavera do Leste e Barra do Garças para levantarmos as principais demandas das instituições”, explica o parlamentar.

Nomeação 

“Tem processos internos no governo estadual que tramitam entre as secretarias da Casa Civil, Segurança Pública e Adjunta do Sistema Penitenciário. Eles avaliam a questão dos possíveis impactos financeiros e orçamentos, tanto que tem até um estudo bem elaborado para nomeação de até 500 policiais penais. Após a reunião, não tivemos nenhuma novidade positiva, mas eles continuam os estudos para possíveis nomeações e atendimento quanto às questões judiciais como a suspensão de contratos temporários do [sistema] socioeducativo, entre outras questões”, esclareceu Claudinei.

Comissão da AL

 A Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Casa de Leis é composta pelo vice-presidente Silvio Fávero (PSL) e os membros titulares Ulysses Moraes (PSL), Thiago Silva (MDB) e Elizeu Nascimento (DC). Nesta luta pela nomeação dos aprovados concursos públicos, Claudinei reconhece a importância do reforço de outros parlamentares para concretizar essa situação.

“Nós estamos nessa luta desde o ano passado. Os colegas parlamentares Silvio Fávero e Thiago Silva, que integram a Comissão e são base do governo de Mato Grosso, estão somando também para convocação dos aprovados. Eles vêm apresentando indicações e requerimentos e isso é importante. Que possamos garantir a nomeação dos aprovados e, claro, proporcionando o fortalecimento das instituições de segurança pública em todo estado de Mato Grosso”, enfatiza o deputado. 

Agenda – A reunião que ocorreria no dia 26 de julho, entre a Comissão de Segurança Pública e o secretário Mauro Carvalho, foi reagendada e confirmada para o dia 15 de setembro, às 8h, sendo que as principais pautas abordadas estarão relacionadas sobre a convocação dos aprovados de concursos públicos, como, também, o repasse financeiro das emendas parlamentares propostas pelos deputados estaduais da ALMT.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA MT

Ulysses Moraes pede conclusão de reforma em escola de Primavera do Leste

Publicado


Foto: Fernanda Trindade

Na última terça-feira (27), o deputado Ulysses Moraes realizou uma fiscalização na Escola Estadual Sebastião Patrício, em Primavera do Leste. O parlamentar já destinou mais de R$ 1 milhão das suas emendas parlamentares para conclusão da obra, porém o governador Mauro Mendes ainda não efetivou o pagamento. Vale destacar que o local está com reforma paralisada desde 2014.

“Mais uma emenda que Mauro Mendes não paga e mais uma obra parada em Mato Grosso. Isso é uma vergonha. Até quando vai continuar assim? Quando essa obra será concluída para a população? Precisamos de respostas e soluções. Uma escola como essa já deveria estar recebendo os alunos”, disse Moraes.

A reforma, orçada inicialmente em mais de R$ 1,2 milhão e com previsão de entrega em quatro meses, encontra-se abandonada e os alunos estão estudando em um prédio alugado pelo governo. E, de acordo com Geo Obras, o local foi projetado para ter salas de aula, biblioteca, ampliação da cozinha, refeitório e quadra poliesportiva.

“A obra parou para reformar e não foi retomada. Até agora nada de conclusão e não tem nenhuma justificativa, um fica jogando a responsabilidade para outro. A estrutura da escola é grande, tem quadra, só precisamos que essa situação se resolva para que os alunos voltem a estudar”, destaca o parlamentar.

A obra seria de grande importância para município. Cerca de 400 alunos deveriam estar estudando na escola. Por isso, Ulysses Moraes afirma que irá continuar cobrando por uma conclusão. “A câmara de vereadores é do lado da escola, quero ver se eles também se mobilizam para cobrar por uma solução”, finalizou o deputado.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana