cultura

Cine Teatro Cuiabá exibe documentário sobre o poeta Antônio Sodré nesta terça-feira (10)

Publicados

em

Antônio Sodré, ou Sodrezinho, autoproclamado o “poeta da transmutação”, será homenageado no documentário Cuiabaratotal (MT, 2021, 30’), dirigido por Lidiane Barros e Protásio de Morais, atração presencial nessa terça-feira (10.05), às 19h30, no Cine Teatro Cuiabá. A sessão integra o projeto Encontros com Cinema e a agenda de comemorações dos 80 anos da abertura do Cine Teatro Cuiabá (inaugurado em 23 de maio de 1942).

A partir das 19h, os multiartistas André Balbino e Eduardo Ferreira, amigos e parceiros criativos de Antônio Sodré, apresentam performance poético-musical no foyer do Cine Teatro, antes da exibição do filme. Classificação indicativa livre e entrada gratuita. A partir das 19h30 é permitido estacionar em frente ao Cine Teatro Cuiabá.

“Antônio Sodré escrevia aforismos, crítica política, teorias e críticas literárias, problematizava a pintura, filosofava, escrevia poesias e se agigantava quando subia ao palco. E Cuiabaratotal mostra um pouco de tudo isso que é Sodré”, adianta Lidiane Barros.

Cuiabaratotal

No documentário, amigos e parceiros de Antônio Sodré relembram vivências com o poeta e comentam sua trajetória, que passeava com desenvoltura entre poesia e música, tendo suas principais canções gravadas pelas bandas Biniditus e Caximir. Os diretores do filme, Lidiane Barros e Protásio de Morais tiveram a chance de conviver com Sodrezinho, eram amigos.

Com base em entrevistas com a família e amigos de longa data, construíram um documentário que realça o poder da palavra de Sodré, que foi essência para poesias e músicas. Também exaltam a contribuição de Sodré à literatura mato-grossense e à formação de leitores à frente da famosa banca de livros que ocupou espaços no Instituto de Linguagens da Universidade Federal de Mato Grosso.

O documentário tem edição de Rosano Mauro Jr (que divide direção de fotografia com Protásio de Morais) e motion design de Marcelo Sant’Ana. Participam do filme artistas e pesquisadores como Amauri Lobo, Eduardo Ferreira, Anna Amélia Marimon, Mari Gemma de la Cruz, Luiz Renato, Maria Sodré, Marisa Camargo, André Balbino, José Sodré, Maurília Valderez, Neyres Taveira e Ramon Carlini.

Além do documentário, Cuiabaratotal é título do livro lançado pela editora Carlini & Caniato, editado por Ramon Carlini e organizado por Luiz Renato Souza Pinto, escritor e amigo de Sodré, com colaboração da filósofa Maurília Valderez. No documentário, Luiz Renato narra o processo imersivo a que se lançou para a pesquisa do livro.

“Depois do falecimento de Sodrezinho, dois de seus sobrinhos me chamaram para produzir um livro com os poemas dele. Aceitei de imediato e me mudei para o Pedregal. Morei por onze meses a duas quadras da casa dele. Ia lá diariamente. Foi quando me deparei com o extenso acervo do poeta, algo em torno de setenta cadernos de poemas e reflexões. Comecei a estudá-los e senti a necessidade de ajuda de mais alguém nessa empreitada. Convidei a professora Maurília Valderez e hoje esse livro é uma realidade”, assinala Luiz Renato.

Livro e documentário são resultado de projeto contemplado no Edital Mestres da Cultura da Lei Aldir Blanc em Mato Grosso (Secel/Governo de MT/Governo Federal). O download do livro pode ser realizado de forma gratuita pelo site da Tantatinta.

Serviço

Exibição do documentário “Cuiabaratotal” e performance poético-musical dos multiartistas André Balbino & Eduardo Ferreira.

Data: Terça-feira (10.05), a partir das 19h

Local: Cine Teatro Cuiabá (a partir das 19h30 é permitido estacionar em frente ao Cine Teatro Cuiabá).

Entrada gratuita

Mais informações: (65) 2129-3848

Com informações da assessoria

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

cultura

Longa-metragem ‘De repente, Miss!’, inicia filmagens em Fortaleza

Publicados

em

Com direção de Hsu Chien e roteiro de Dani Valente, a comédia pretende levar reflexão sobre a vida moderna e laços familiares.

“De Repente, Miss!”  uma coprodução da Sony Pictures International Productions, Pé Na Estrada e Amálgama Entretenimento, inicia filmagens em Fortaleza. A comédia é uma codistribuição da Elo Company e da Sony Pictures.

O filme, dirigido por Hsu Chien, acompanha Mônica (Fabiana Karla), que abandonou uma promissora carreira na publicidade para criar seus filhos e agora, prestes a completar 40 anos, não está nada feliz. Dúvidas sobre as escolhas que fez ao longo da vida a atingem, assim como o distanciamento de sua filha adolescente, Luiza (Giulia Benite), uma influenciadora digital em ascensão. Para comemorar o aniversário da esposa, Marcus (João Baldasserini), leva a família para uma viagem no famoso Beach Star Resort, no Nordeste do Brasil. Mônica entra em pânico com a ideia, mas topa o desafio. Lá, ela fará de tudo para reconquistar a admiração de sua filha, até participar do concurso Miss Beach Star.

“De repente, Miss!”, que tem previsão de estreia em 2023, tem roteiro de Dani Valente, atriz de sucessos como “Zorra”, “Os Homens São de Marte… E É Pra Lá Que Eu Vou”, e responsável por roteiros de “A Sogra Quase Perfeita” (2020) e de “Desjuntados” (2021), série de comédia do Amazon Prime Vídeo com produção da FJ Productions.

Além de Fabiana Karla, Giulia Benite e João Baldasserini, o filme conta com Danielle Winits, Nany People, Polly Marinho, Gianlucca Mauad, Roney Villela e Naruna Costa, em seu elenco. O filme conta com o apoio e patrocínio de Beach Park e LATAM.

 Sinopse:

Mônica abandonou uma promissora carreira na publicidade para criar seus filhos, Luíza e Leo. Agora, prestes a completar 40 anos, ela não está nada feliz. Tem dúvidas sobre suas escolhas de vida e lamenta não mais despertar a admiração de sua filha adolescente, uma influenciadora digital em ascensão. Para comemorar a data, Marcus, seu amoroso marido, organiza uma viagem em família ao famoso Beach Star Resort, no Nordeste do Brasil. Mônica, pra quem a vida anda cinza, entra em pânico com a ideia de quebrar sua rotina e ir pra um lugar ‘cheio de gente feliz, cores vibrantes e corpos expostos’. Mas acaba cedendo. Afinal, pode ser uma oportunidade para fortalecer os laços familiares. Logo na chegada, Mônica conhece Flávia, ex-modelo, ex-atriz, vítima da aparência e atualmente detentora da coroa do concurso de beleza do resort. Luíza e Flávia se ligam instantaneamente, para frustração ainda maior de Mônica. Mais do que nunca, reconquistar a amizade e a admiração da filha será uma missão e para completá-la Mônica enfrentará o que for preciso… até mesmo disputar o concurso Miss Beach Star.

Ficha Técnica:

Produtores: Beto Rodrigues, Carolina Vianna, Fernando Muniz

Roteiro: Dani Valente

Diretor: Hsu Chien

Supervisão artística: Cris D’Amato

Diretora de Fotografia: Silvia Gangemi

Diretor de Arte: Zé Luca

Diretor Musical e Trilha Original: Plínio Profeta

Pós-Produção: Mistika

Produção: Amálgama Entretenimento, Pé na Estrada Filmes e Sony Pictures

Distribuição: Elo Company e Sony Pictures

Patrocinadores: Beach Park e LATAM.

 Sobre o Diretor

Entrando em seu 100º projeto, Hsu Chien atua como Diretor, Diretor Assistente e Produtor Executivo em filmes e séries. Entre seus mais recentes trabalhos estão: – Desapega! – 2022 – Sara, Lia e Léia – 2022 – Me Tira da Mira – 2021 – Quem Vai Ficar com Mário – 2021 – Eduardo e Mônica – 2020 – A Dona da Banca (TV) – Ninguém Entra, Ninguém Sai – 2017 – Pé na Cova – 2015-2016 (TV)

 Sony Pictures

A Sony Pictures Entertainment (SPE) é uma subsidiária da japonesa Sony Corporation. As operações globais da SPE abrangem produção, aquisição e distribuição de filmes em cinema, home entertainment, televisão e mídias digitais; uma rede global de canais; operação de estúdio, desenvolvimento de novos produtos audiovisuais, serviços e tecnologias. Tudo isto representa a distribuição de entretenimento em mais de 140 países.

Com presença marcante no mercado nacional, a Sony Pictures distribuiu e/ou co-produziu no Brasil, 22 dos 25 filmes nacionais lançados na década de 90, momento da retomada. Em 2018, através do investimento em inúmeras produções, apostando em novos talentos e diferentes gêneros ao longo dos últimos anos, a Sony chega à marca de mais de 60 filmes nacionais distribuídos e/ou coproduzidos, entre eles: “Deus é Brasileiro”, “O Auto da Compadecida”, “Carandiru”, “Cazuza”, “2 Filhos de Francisco”, “Meu Nome Não é Johnny”, “Chico Xavier”, “Xingu”, “Tainá”, “Confissões de Adolescente” e “Um Tio Quase Perfeito”.

Sony Pictures International Productions

A Sony Pictures International Productions, liderada por Shebnem Askin e Michael Rifkin, é o braço de co-produção local da Sony Pictures, que lança mais de 30 filmes anualmente em 12 territórios pelo mundo.

Pé Na Estrada Filmes

Fundada em 2015, a PÉ NA ESTRADA FILMES  é a  produtora que inaugura no Nordeste o  braço de  atuação dos  experientes produtores José Fernando Muniz  e Luis Alberto Rodrigues.

Visando desenvolver projetos audiovisuais  ligados aos Estados desta Região, a PÉ NA ESTRADA  busca viabilizar  uma maior diversidade de sotaques e paisagens  no Audiovisual brasileiro.

Amálgama Entretenimento

Amálgama Entretenimento é uma produtora dedicada a dar vida a projetos de TV e filmes independentes de ponta, conectando-os a estúdios, exibidores, distribuidores, financiadores e coprodutores de todo o mundo.

A empresa foi fundada em 2017 por Carolina Vianna, uma executiva brasileira e sediada em Los Angeles com mais de 25 anos de experiência em canais de TV paga (HBO Brasil, Sony Pictures TV, MTV Networks Latin America) e serviços de streaming (Terra Networks Latin América e Netflix.

Os projetos da Amálgama e de sua empresa-irmã Team Up Entertainment, baseada em Los Angeles, já chegaram ao Instagram, Star Channel / Star + da Disney Co., Amazon Prime Video, Netflix, Warnermedia e Sony Pictures. A empresa também participou de longas-metragens independentes.

 Elo Company

Fundada em 2005 pelos sócios Flavia Feffer, Ruben Feffer e Sabrina Nudeliman Wagon, a Elo Company desenvolve, produz e distribui conteúdo de qualidade com histórias únicas e poderosas.

Com atuação no mercado audiovisual, nacional e internacional, desde sua criação, a ELO COMPANY dedicou-se à comercialização de mais de 500 filmes e séries brasileiras do cinema ao video on demand, incluindo conteúdos de alto potencial de bilheteria a filmes de grande premiação e distribuição global.

Como produtora, atua na curadoria de projetos, até o desenvolvimento e produção de conteúdos audiovisuais de forma independente e em conjunto com players do mercado.

A ELO COMPANY tem entre seus principais objetivos criar, produzir e divulgar as narrativas brasileiras em múltiplas plataformas e países, valorizando também a diversidade na frente e atrás das telas com projetos inovadores como o Selo ELAS, que ajuda a fomentar longas com direção feminina.

Em 2022/ 2023 a empresa tem mais de 100 títulos em seu line up, incluindo mais de 15 produções com filmagens confirmadas de enorme potencial comercial.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana