Saúde

Cientistas descobrem proteína que pode proteger contra câncer e diabetes; veja

Publicados

em


source
Cientistas descobrem proteína que protege contra câncer, diabetes e outras doenças
Kaique Lima

Cientistas descobrem proteína que protege contra câncer, diabetes e outras doenças

Um grupo de cientistas do Instituto Biomolecular de Ciências (FIU) está investigando uma proteína que, supostamente, protege contra uma série de doenças, incluindo câncer e diabetes. Os médicos esperavam que essa proteína fosse uma espécie de supressor em tumores, mas, ela acabou sendo promissora no tratamento de mais algumas doenças, como o fígado gorduroso. 

Em testes de laboratório, o Inositol Polifosfato-4-Fosfatase Tipo II B, ou INPP4B, protegeu camundongos obesos de patologias como a doença hepática gordurosa, diabetes tipo 2 e neoplasia de próstata. Segundo estimativas, a obesidade é um dos maiores fatores de risco para o surgimento dessas doenças.

“Podemos controlar nossa dieta, podemos sair e nos exercitar, mas existem certos fatores que não podemos controlar, como etnia, nossa idade e nossos genes”, declarou o pesquisador em câncer da Universidade Duke, nos Estados Unidos, Manqi Zhang. “Portanto, acho importante estudar isso para que possamos encontrar maneiras de controlar essas doenças no futuro”. 

Muito além do esperado

A pesquisa da FIU com a INPP4B vem pelo menos desde 2017, sendo que inicialmente o foco era apenas o tratamento do câncer de próstata. Na época, os pesquisadores acreditavam que essa proteína poderia ser a chave para frear o crescimento de tumores prostáticos. 

No entanto, Zhang acabou notando que alguns camundongos que não tinham a INPP4B eram mais gordos que os demais, mesmo quando tinham uma dieta equilibrada. Após serem expostos a uma dieta mais gordurosa, esses camundongos ganharam ainda mais peso e desenvolveram fígados gordurosos, diabetes tipo 2 e câncer de próstata. 

Você viu?

“Tudo sobre este estudo me surpreendeu”, disse Zhang. “Quando a pesquisa começou, ela mudou rapidamente de direção e fizemos muito progresso nisso”. Agora, os pesquisadores farão mais investimentos para determinar se o INPP4B pode ou não ser direcionado para tratamentos dessas doenças e também do câncer de mama. 

Com informações do  Medical Xpress

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Capitais realizam mutirão para garantir segunda dose da vacina contra Covid-19

Publicados

em


source
Capitais realizam mutirão para garantir segunda dose da vacina contra Covid-19
Reprodução: ACidade ON

Capitais realizam mutirão para garantir segunda dose da vacina contra Covid-19

Diversas capitais realizaram neste sábado mutirões para acelerar a vacinação contra a Covid-19 e garantir a segunda dose da vacina da CoronaVac.

Em Salvador, foi dia de aplicar a segunda dose, que já estava atrasada para 63 mil pessoas, segundo o jornal Hoje. A expectativa da prefeitura é conseguir regularizar a situação com a chegada, na sexta-feira, de um carregamento com 40 mil doses da CoronaVac, que se juntou às 25 mil que estavam armazenadas.

Em Fortaleza, 35 mil pessoas agendaram a imunização com AstraZeneca e Pfizer para este sábado, incluindo profissionais de saúde que não atuam na linha de frente e pessoas acima dos 18 anos com comorbidades. Um novo carregamento de CoronaVac chegou hoje à capital cearense e as doses devem começar a ser aplicadas amanhã.

Na capital gaúcha, pessoas fizeram fila para tomar a segunda dose da vacina, atrasada para 70 mil pessoas. De acordo com o jornal Hoje, 30 minutos antes da abertura de um drive thru em Porto Alegre, 350 carros já aguardavam em fila.

Você viu?

Em Goiânia, a prefeitura convocou quem tem mais de 62 anos para tomar a segunda dose da CoronaVac em um dos 43 postos abertos. Pessoas com mais de 18 anos e comorbidades também puderam ser vacinadas.

No Distrito Federal, um dos postos vai realizar atendimento noturno neste sábado e domingo, além dos 17 postos com horários regulares. Na Praça dos Cristais, no Setor Militar Urbano, a vacinação contra Covid-19 vai ser feita das 18h às 23h, segundo o G1.

Em outras capitais, como São Paulo e Curitiba, houve mutirão para vacinação contra a gripe.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana