Saúde

Cidade do Rio mantém proibição de eventos e funcionamento de boates

Publicados

em


O município do Rio de Janeiro decidiu prorrogar, até 31 de maio deste ano, as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19. Segundo o decreto publicado hoje (20) no Diário Oficial do Município, continua proibido o funcionamento de boates, danceterias e salões de dança.

Também estão proibidos eventos, como festas e rodas de samba, em áreas públicas ou particulares e a entrada de veículos de fretamento (com exceção dos serviços regulares para empresas ou hotéis) no município.

As academias de ginástica e centros de treinamento podem manter suas aulas coletivas desde que cada pessoa tenha um espaço de quatro metros quadrados, ou seja, que esteja dois metros distante de outra pessoa.

Em bares e restaurantes, a distância entre as mesas é também de dois metros. Música ao vivo só está permitida até as 23h.

Estabelecimentos dentro de shopping centers e centros comerciais devem ter ocupação máxima de 40% em locais fechados e de 60% em locais abertos. Isso vale também para espaços culturais e de lazer, como museus, parques de diversão e cinemas.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Butantan lança laboratório móvel para sequenciar variantes em SP

Publicados

em


O Instituto Butantan lançou, nesta quarta-feira (4), o projeto de laboratório itinerante Lab Móvel, que tem o objetivo de acelerar o processo de testagem dos casos suspeitos de covid-19 e o sequenciamento das variantes do vírus SARS-CoV-2 que circulam no estado.

Segundo o Butantan, com as análises realizadas neste laboratório móvel, será possível obter o resultado em até 24 horas e, então, começar o sequenciamento, que pode durar de três a seis dias. Atualmente todo o processo, entre a testagem e o sequenciamento de variantes, leva de 10 a 12 dias, informou o instituto.

O primeiro destino, nesta sexta-feira (6), será Aparecida do Norte, no interior paulista, onde o veículo deve permanecer inicialmente por uma semana, com previsão de realizar o diagnóstico de cerca de 500 amostras. “O projeto começa agora, mas não tem data para acabar. O objetivo é sermos mais ágeis e assertivos para entender quais regiões precisam de mais atenção”, disse a diretora do Centro de Desenvolvimento Científico do Butantan, Sandra Coccuzzo.

Além disso, os moradores das cidades que receberão o laboratório itinerante poderão acompanhar de perto os trabalhos dos pesquisadores do Butantan, já que a estrutura do veículo tem uma parte de vidro pela qual é possível observar os procedimentos executados pelos cientistas. Com isso, será possível também aproximar a população da ciência.

Com mais de 12 metros (m) comprimento e quase 3 m de altura, o veículo dispõe de três sequenciadores genéticos, centrífuga, seladora, geladeira e freezer para armazenamento de amostras, entre outros. O investimento total foi de R$ 3 milhões.

O Butantan informou que os municípios que manifestarem interesse em receber o Lab Móvel se responsabilizarão pela coleta de amostras nas unidades básicas de saúde (UBSs) e pelo encaminhamento destas ao veículo itinerante.

No Lab Móvel, os especialistas farão o diagnóstico e separarão as amostras positivas para iniciar o sequenciamento e identificar as variantes. “O sequenciamento é necessário porque os vírus sofrem mutações, ou seja, alterações em seus códigos genéticos, gerando variantes”, explicou o instituto.

O Butantan coordena a Rede de Alertas das Variantes do SARS-CoV-2 e recebe dados dos demais parceiros da rede: Hemocentro de Ribeirão Preto/FMRP-USP, FZEA-USP/Pirassununga, Centro de Genômica Funcional Esalq-USP/Piracicaba, Faculdade de Ciências Agronômicas Unesp/Botucatu, Famerp São José do Rio Preto e Mendelics.

Assista na TV Brasil:

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana