GERAL

Chapada dos Veadeiros reabre hoje para visitação pública

Publicado


.

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso de Goiás, reabre para a visitação pública, nesta terça-feira (18). A medida está prevista em portaria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), publicada no Diário Oficial da União dessa segunda-feira (17).

O parque estava fechado desde 22 de março de 2020, conforme portaria Portaria nº 227/2020, do ICMBio, diante da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A reabertura será de forma gradual e monitorada, mediante cumprimento dos protocolos de segurança sanitária.

As atividades de visitação pública poderão ser realizadas desde que observadas as várias medidas de prevenção, entre elas, o uso obrigatório de máscara de proteção facial; a disponibilização de álcool em gel 70% ou produto de higienização para as mãos; e fazer com frequência a limpeza e desinfecção dos ambientes, como: pisos, corrimãos, lixeiras, balcões, maçanetas, tomadas, torneiras e banheiros.

O documento diz ainda que, enquanto perdurarem as medidas restritivas em função da covid-19, será permitida, além dos funcionários da concessionária, a permanência de até 22 pessoas no Centro de Visitantes pelo período máximo de 15 minutos. A lotação dos veículos deverá ser reduzida em 50%  de sua capacidade de público.

Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros está localizado no nordeste do estado de Goiás, entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d’Aliança.

Segundo o ICMBio, o parque protege uma área de 240.611 hectares de cerrado de altitude, abriga espécies e formações vegetais únicas, centenas de nascentes e cursos d’água, rochas com mais de 1 bilhão de anos, além de paisagens de rara beleza, com feições que se alteram ao longo do ano.

A Chapada dos Veadeiros foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO, em 2001.

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
publicidade

GERAL

Japan House apresenta mostra sobre embalagens em São Paulo

Publicado


Na cultura nipônica, o termo tsutsumu significa embrulhar, empacotar. O  ideograma que o representa é uma criança no ventre da mãe: a ideia de que é preciso proteger aquilo que está dentro, acolher e proteger algo que é muito especial. E são esses “embrulhos”, aqui chamados de embalagens, que estarão em exposição na Japan House, na capital paulista, a partir do dia 19 de janeiro.

Designs Contemporâneos do JapãoDesigns Contemporâneos do Japão

Designs Contemporâneos do Japão/Raichō Cookie, por Japan House/Wagner Romano/Direitos reservados

As embalagens são muito apreciadas no Japão e ficam no mesmo patamar de importância do que há em seu conteúdo. No país oriental, uma embalagem de qualidade significa sinal de respeito a quem vai recebê-la. 

Na mostra serão apresentadas marcas de alimentos, bebidas e cosméticos em embalagens afetivas e divertidas e também aquelas com preocupação ecológica ou que são reutilizáveis. Os visitantes da mostra vão conhecer embalagens produzidas pela técnica milenar conhecida como Furoshiki – que utiliza tecidos quadrados para envolver, embalar e proteger os mais variados tipos de objetos por meio de amarrações -, até as mais complexas e tecnológicas, como um frasco de loção produzido com nível mais alto da indústria.

Designs Contemporâneos do JapãoDesigns Contemporâneos do Japão

Designs Contemporâneos do Japão/UMESHU THE AMBER, por Japan House/Wagner Romano/Direitos reservados

As embalagens expostas compõem uma seleção de itens premiados no Japan Package Design Awards – prêmio que celebra, desde 1985, designers que criam embalagens com foco nas premissas de criatividade, estética, usabilidade, valor e potencial mercadológico. 

Japan HouseJapan House

Japan House/Wagner Romano/Direitos reservados

“São objetos que dizem muito sobre a cultura japonesa, que chamam a atenção por sua estética e pela importância dada a cada detalhe, mas que também permitem um panorama geral do hábito de consumo no país atualmente”, disse Natasha Barzaghi Geenen, diretora cultural da Japan House São Paulo e curadora da mostra. 

A mostra Embalagens: Designs Contemporâneos do Japão fica em cartaz até o dia 14 de março. Para entrar na exposição, os ingressos devem ser agendados antes pelo site.  

Japan HouseJapan House

Japan House/Wagner Romano/Direitos reservados

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana