TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Centro de Solução de Conflitos de Jaciara regulariza guarda por videoconferência

Publicados

em


O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Jaciara (a 144 km ao sul de Cuiabá) promoveu audiência por videoconferência para proceder à alteração de guarda das três filhas de um ex-casal, sendo que a mãe das menores reside atualmente no Paraguai.
 
A audiência ocorreu em 24 de março deste ano e foi conduzida pela conciliadora do Cejusc, Elizandra da Cruz. O pai das meninas, morador de Jaciara, ficou com a guarda das três menores. Ele se emocionou com a formalização da guarda e agradeceu ao Judiciário pela excelência no atendimento. A mãe das crianças, se manifestou sobre as facilidades da videoconferência. “Gostei muito dessa audiência, porque dá para fazer só no celular, não preciso sair de casa, pagar passagem para ir a outro país, fiz aqui de casa mesmo no Paraguai”, contou.
 
A juíza coordenadora do Cejusc de Jaciara, Laura Dorilêo Cândido, comentou a satisfação alcançada com os avanços tecnológicos implementados pelo Judiciário. “Fico feliz em saber que estamos contribuindo para a pacificação social, em especial aos procedimentos que envolvam crianças e adolescentes. Podemos ver que o Judiciário Mato-grossense está em constante evolução, principalmente com o intuito de criar ferramentas de qualidade que agilizam o atendimento aos jurisdicionados, garantindo, dessa forma, a entrega satisfatória da tutela jurisdicional”, aponta.
 
“A conciliação pode ser feita antes ou depois de ingressar com uma ação na Justiça. Procure o Cejusc mais próximo ou acesse o site do Nupemec e informe o interesse em marcar uma audiência de conciliação. É simples, prático, rápido, on-line e sem burocracia”, destaca a magistrada.
 
A gestora do Cejusc de Jaciara, Dionaire Vitor, lembra que está lotada na unidade desde a inauguração, em agosto de 2014. Diz que nunca imaginou fazer audiência por videoconferência, já que da época da máquina de datilografia. “Fico feliz em ajudar a todos que procuram o Cejusc, ainda mais agora na era digital”, comentou.
 
A gestora destaca que além de regularizar a guarda dos filhos, por meio da audiência de conciliação podem ser resolvidos conflitos como: pensão alimentícia; divórcio; partilha de bens; acidentes de trânsito; dívidas em bancos; danos materiais e morais; questões que envolvam comércio, relação de consumo, vizinhança e outras que dizem respeito aos interesses disponíveis ou indisponíveis transacionáveis.
 
 
Descrição das imagens: Imagem 1 – Foto pousada retangular da juíza Laura Dorilêo Cândido. Ela sorri para a câmera, tem cabelos pretos longos, traja uma toga preta e torçal branco e usa um brinco dourado com pérolas. Ao fundo uma parede de cor neutra.
 
Alcione dos Anjos
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
 
 

Comentários Facebook
Propaganda

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Portal da Ouvidoria do Judiciário oferece novas funcionalidades de atendimento à população

Publicados

em

O hotsite da Ouvidoria do Poder Judiciário de Mato Grosso está com novidades. O canal de comunicação direta entre o cidadão e Judiciário Estadual apresenta duas novas funcionalidades em seu Portal: o Serviço de Atendimento a Pessoas Surdas e o Balcão Virtual.
 
As novas opções de comunicação asseguram agilidade, pelo atendimento on-line no Balcão Virtual, e garantem inclusão e acessibilidade às pessoas com deficiência auditiva, que podem solicitar o atendimento pela Língua Brasileira de Sinais (Libras).
 
As duas funcionalidades atendem a Resolução 432 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de 2021, e o Provimento TJMT n. 6/2022, Regimento Interno da Ouvidoria do Poder Judiciário de Mato Grosso, que dispõem sobre o funcionamento da Ouvidoria, a acessibilidade aos usuários do órgão e a priorização do atendimento pelo Balcão Virtual.
 
Serviço de Atendimento a Pessoas Surdas – Espaço destinado à inclusão de pessoas surdas. Ao escolher a opção, o usuário deve selecionar o setor ao qual deseja atendimento por Libras e marcar a data e horário do serviço.
 
Balcão Virtual – No canal de comunicação on-line da Ouvidoria é possível ser atendido e conferir o horário de funcionamento da ferramenta: de segunda a sexta feira, das 12h às 19h. Ao entrar na opção Balcão Virtual, o usuário também confere a sua posição de espera na fila e a quantidade de pessoas que estão aguardando atendimento, além do número de protocolo da solicitação.
 
Ouvidoria – É o órgão responsável por gerenciar e acompanhar o Serviço de Informação ao Cidadão (SIC), assegurando-lhe o direito fundamental insculpido na Lei n.12.527, de 18 de novembro de 2011 (Lei de Acesso à Informação). Tem como objetivo orientar, informar e colaborar no aprimoramento das atividades desenvolvidas pelo Judiciário de Mato Grosso e para isso analisa e responde individualmente as manifestações recebidas pelos canais de atendimento.
 
 
Marco Cappelletti
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana