TECNOLOGIA

Celulares podem acionar horário de verão no domingo: saiba como configurar o seu

Publicado


source
Horário de verão foi cancelado no Brasil em 2020
Reprodução

Horário de verão foi cancelado no Brasil em 2020

A última vez em que o Brasil teve horário de verão ocorreu há 2 anos, em 2018. Do ano passado para cá, o presidente Jair Bolsonaro não adotou no país a prática de adiantar o relógio, alegando que não gerava mais economia para o governo.

Em 2020, a data que estava estipulada para o horário de verão é 1º de novembro, no próximo domingo .

O Banco de Dados Global da IANA (Autoridade para Atribuição de Números de Internet), utilizado em smartphones para garantir que eles estejam sempre com o horário certo no dispostivo pode ser impactado com tantas mudanças nos últimos anos.

Existe uma possibilidade de que usuários que tenham celulares com versões anteriores ao Android 10 sejam afetados no próximo domingo(1), pois o celular pode automaticamente atualizar o horário, adiantando o relógio em uma hora, como se o horário de verão ainda estivesse valendo.

Contudo, para evitar problemas, siga esse passo-a-passo :

  1. Entre no menu Configurações e procure o item chamado “Sistema”, depois, escolha “Data e Hora” ou algo similar (em alguns aparelhos talvez não seja necessário passar pelo menu “Sistema”).
  2. Desative as opções “Data e hora automáticas” e “Fuso horário automático”.


Comentários Facebook
publicidade

TECNOLOGIA

PS5 quase triplica de preço no mercado cinza do Brasil

Publicado


source

Tecnoblog

PS5
Divulgação

PS5 é vendido a preços altos no mercado cinza

O PS5 pode ser encontrado por até R$ 11 mil, atualmente, no Brasil. Acontece que o console esgotou em todos os revendedores oficiais e uma nova leva de unidades é prometida apenas para o final de dezembro. Enquanto isso, o “mercado cinza” oferece videogames a pronta entrega, mas com custo bem mais elevado.

O Tecnoblog fez um levantamento em sites como Mercado Livre e OLX e encontrou alguns anúncios com valores bem mais altos do que os praticados pela Sony , que variam entre R$ 4.199 e R$ 4.599, dependendo do modelo.

Em um dos anúncios, o vendedor oferece o PS5 a pronta entrega por R$ 10.900, mas promete vender por R$ 9 mil se o comprador pagar à vista, em dinheiro. Anúncios similares cobram uma faixa de preço sempre acima de R$ 9 mil pelo videogame .

O mesmo acontece em um famoso mercado popular no Rio de Janeiro, conforme apuração por telefone. Alguns vendedores prometem conseguir o PS5 por valores similares, chegando a até R$ 12 mil. Tudo com a mesma justificativa: falta de estoque da Sony fez crescer a demanda para quem perdeu a pré-venda, que foi iniciada por aqui ainda em setembro.

Os Xbox Series X e Series S também são encontrados no mercado cinza, mas com valores mais próximos dos oficiais do oferecido pela Microsoft e por revendedores oficiais.

No Brasil e no mundo

O fenômeno, porém, não é exclusivo do Brasil . De acordo com o site Business Insider, isso também tem ocorrido no Reino Unido , mas de maneira um pouco mais “organizada”.

O site alega que um único grupo se organizou para comprar milhares de unidades do PS5 e revender a preços mais elevados, após o lançamento. Mais de três mil consoles foram obtidos com este intuito na região.

No eBay é possível encontrar os novos consoles da Sony vendidos por £ 990, o que equivale a mais de R$ 7 mil, em conversão direta.

O PS5 voltou a ficar disponível para venda em alguns sites brasileiros, como a Amazon , mas voltou a esgotar. Não se sabe quando o anúncio voltará ao ar de maneira oficial.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana