POLÍTICA NACIONAL

CCT aprova emendas ao projeto de Orçamento

Publicados

em


A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) aprovou nesta quinta-feira (25) as emendas que deve apresentar ao Orçamento da União de 2021. As áreas contempladas são sistemas espaciais; pesquisa e desenvolvimento para inovação, tecnologias digitais e processo produtivo; manutenção de contrato de gestão com organizações sociais; e fomento à pesquisa e desenvolvimento.

Todos os anos, as comissões permanentes do Senado e da Câmara se reúnem para definir quais emendas vão apresentar ao projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA). Para isso, os parlamentares apresentam sugestões de destinação para determinadas áreas ou projetos e os relatores selecionam quais emendas serão apresentadas. Em 2021, cada comissão poderá apresentar quatro emendas de apropriação, que acrescentam despesas ao projeto, e quatro de remanejamento, que redistribuem recursos já previstos.

Na CCT, os senadores apresentaram 37 sugestões, todas de apropriação. O relator, senador Izalci Lucas (PSDB-DF), afirmou que o critério para escolher as quatro emendas que serão apresentadas pela comissão foi o número de senadores que sugeriram aquela destinação.

— Podemos afirmar que todas as indicações exibem inegável mérito. Contudo, dada a restrição quantitativa, os critérios de seleção consistiram em selecionar as programações orçamentárias com maior número de indicações de parlamentares. Em todos os casos as ações estão alinhadas às prioridades das políticas públicas a cargo dos órgãos afins às competências desta Comissão — explicou.

A manutenção de contrato de gestão com organizações sociais recebeu 16 indicações e o valor total proposto pela emenda será de R$ 10 milhões. Com nove indicações, o fomento a projetos, programas e redes de pesquisa e desenvolvimento, ficará com R$ 10 milhões. O fomento à pesquisa e desenvolvimento voltados à inovação, a tecnologias digitais e ao processo produtivo recebeu 11 indicações e a emenda apresentada será de R$ 7 milhões. Já a implantação do Programa Estratégico de Sistemas Espaciais, sugerida por quatro senadores, fica com R$ 5 milhões.

Atraso

Com pandemia de covid 19, a apreciação da peça orçamentária sofreu atraso. O texto, que deveria ter sido aprovado até dezembro de 2020, deve ser votado no dia 24 de março. O prazo para que todas as comissões apresentem suas emendas termina no dia 1° de março.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Senado vai debater uso do herbicida paraquat

Publicados

em


O uso do herbicida Paraquat, que chegou a ser suspenso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), será tema de audiência pública no Senado. O debate foi solicitado pelo senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) por meio de requerimento (RQS 1.306/2021). A data da audiência ainda será definida. Ouça o áudio para mais informações.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana