Cuiabá

CCJR analisa oito projetos durante reunião ordinária

Publicado


.

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal de Cuiabá se reuniu ordinariamente na manhã desta quarta-feira (23), para deliberar sobre os pareceres aos processos legislativos que constavam em pauta.

Dentre eles, a Mensagem do Executivo Nº 046/2020 que dispõe sobre as razões do veto total ao projeto de lei de autoria do vereador Ricardo Saad (PSDB), que trata da obrigatoriedade da afixação de cartazes informativos sobre o dever legal de comunicação às autoridades competentes de casos de estupro e assédio sexual. O veto recebeu parecer contrário da comissão.

Sob a relatoria do vereador Wilson Kero Kero (Podemos), recebeu parecer favorável, o processo nº 330/2020 de autoria do vereador Chico 2000 (PL) que dispõe sobre a nomenclatura da Associação de Moradores do Bairro Parque Residencial, passando a denominar “Centro Comunitário Sócio-Cultural de Múltiplo Uso Almirindo da Silva”.

Receberam parecer contrário pela sua aprovação, o processo nº 037/2020 que dispõe sobre a aplicação do valor remanescente do duodécimo exclusivamente na saúde municipal, de autoria do vereador Adilson Levante (PSB) o processo nº 043/2020 que dispõe sobre a dispensa do pagamento do serviço funerário municipal aos usuários que comprovem a doação de órgãos do parente ou familiar da pessoa sepultada e o processo nº 219/2020 que estabelece critério de isenção na cobrança nos estacionamentos próximos de hospitais públicos e privados na Capital.

Sob a relatoria do vereador Lilo Pinheiro (PDT), receberam pareceres favoráveis os processos nº 337/2020 que institui o Dia Municipal do Vendedor de Comida de Rua, de autoria do vereador Dilemário Alencar (Podemos) e nº 348/2020 que concede Título de Cidadania Cuiabana ao Tenente Coronel PM/MT Cesar Augusto de Camargo Roverei, de autoria do vereador Clebinho Borges (PSD).

Já o processo nº 245/2020 de autoria do vereador Mário Nadaf (PV), que dispõe sobre a exigência para testagem periódica na rede pública e privada para detecção da Covid-19, recebeu parecer contrário pela sua aprovação.

Os pareceres da CCJR serão submetidos à apreciação e votação dos parlamentares nas próximas sessões plenárias da Casa de Leis.

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Associação que ajuda vítimas de AVC participa da Tribuna Livre

Publicado


O presidente da Associação Acidente Vascular Cerebral Cuiabá&nbsp(AAVCC), Orlando Oliveira participou na manhã desta quinta-feira (29) da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Cuiabá, a convite do vereador, Sargento Joelson.

Na oportunidade, ele falou da luta em manter a associação que vive de doação voluntária e que só em atendimento de pessoas acometidas pelo acidente vascular cerebral, hoje, passa de 500 fazendo fisioterapia.

Entre esses voluntários focados no atendimento para recuperação física e emocional de cada acidentado estão: fisioterapeuta, psicólogo, educador físico, assistente social e comunidade.

Segundo o presidente da associação, o senhor Orlando de Oliveira, que sofreu AVC, e hoje é sequelado, o apoio profissional pós acidente cerebral é fundamental para que as vítimas voltem a ter melhor convívio com a sociedade.

Orlando criou a associação com objetivo de oferecer suporte às pessoas que não tem condições de arcar com os custos de um tratamento pós-acidentes cerebrais. Ele lembra que as pessoas que buscam a AAVCC são carentes e de bairros distantes, mas são que sempre conseguem ser atendidas.


O que é o AVC?

O AVC é a interrupção do fluxo de sangue no cérebro, causando a morte de células na região, podendo ser hemorrágico ou isquêmico. O primeiro é caracterizado pelo rompimento do vaso sanguíneo (veia ou artéria), e geralmente se trata de casos mais graves. Já no isquêmico, encontrado em 87% dos casos, ocorre o entupimento total ou parcial do fluxo de sangue no vaso.

Marcella Magalhães / Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana