POLÍCIA

Carga de 155 toneladas de fertilizante desviado é apreendida em fazenda de Ipiranga do Norte

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso apreendeu 155 toneladas de fertilizantes sem comprovação de origem e nota fiscal em uma fazenda em Ipiranga do Norte (420 km ao norte de Cuiabá).

O fertilizante foi localizado após a Delegacia de Sorriso ser comunicada por uma vítima que teria contratado o transporte de 50 toneladas no produto que saiu do porto de Miritituba, no Pará, e deveria ser descarregado em Lucas do Rio Verde. Contudo, a carga não chegou ao destino final e em contato com o dono do caminhão, a vítima recebeu a informação de que o fertilizante foi descarregado em uma fazenda no município de Ipiranga do Norte.

Após o registro da ocorrência, o Núcleo de Roubos e Furtos da Delegacia de Sorriso seguiu até a fazenda informada e constatou que em um galpão os policiais encontraram 155 toneladas de cloreto de potássio, produto utilizado como adubo na fertilização do solo.

Ao ser questionado sobre a procedência do produto, o proprietário que estava no local informou que todos os fertilizantes eram adquiridos de uma empresa específica do Pará. Porém, ao comparar o produto encontrado no galpão com outra carga que estava chegando naquele momento na fazenda, os policiais notaram que se tratavam de fertilizantes de empresas diferentes. E para o material que já estava depositado no galpão (156 toneladas) não foi apresentada nota fiscal.

A nota da carga vinda do estado do Pará teria que ter sido trocada no posto fiscal da divisa de Mato Grosso, que fica em Guarantã do Norte, mas esse procedimento não foi realizado.

O delegado de Sorriso, José Getúlio Daniel, explica que a investigação está em andamento para identificar todos os envolvidos no esquema criminoso, pois há indícios de que outras cargas tenham sido desviadas para a região.

O motorista da carreta que transportou os fertilizantes foi encaminhado para depoimento na delegacia de Sorriso.

O proprietário da fazenda se apresentou espontaneamente e responderá pelo crime de receptação.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Policiais civis de Confresa apreendem carvão vegetal sem licença ambiental

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Municipal de Confresa (1.260 km a nordeste de Cuiabá) apreenderam nesta quarta-feira (14) dezenas de sacos de carvão vegetal, que estavam sendo descarregados em um supermercado da cidade.

Os policiais abordaram a pessoa que fazia a descarga dos 86 sacos de carvão e questionaram  a nota fiscal do produto. O responsável, de 45 anos, alegou aos investigadores que não tinha documento e nem licença ambiental para exploração de produto de origem vegetal.

Os sacos de carvão foram apreendidos e o responsável encaminhado à Delegacia de Confresa, onde foi autuado por crime contra a flora, conforme artigo 46 da Lei Ambiental, que é vender, expor à venda, transportar ou guardar madeira, lenha, carvão ou outros produtos de origem vegetal, sem licença.

Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que será encaminhado ao Juizado Especial.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana