SOLIDARIEDADE

Campanha em prol da Apae Cuiabá será lançada na próxima semana

Publicado

Uma campanha intitulada “Doar é um Ato de Amor, sou amigo da Apae Cuiabá” será lançada na próxima terça-feira (22.09) com o objetivo de angariar recursos para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) Cuiabá. 

Convidado pela instituição, a iniciativa é coordenada pelo jornalista e digital creator, Adilson de Moraes. Segundo ele, a ideia é reunir 25 influenciadores digitais na divulgação dessa campanha para venda de camisetas exclusivas da Apae.  

“No dia 22 faremos esse evento de lançamento para convidados, imprensa e os influenciadores digitais que vão participar de uma sessão de fotografia e gravação de conteúdo para divulgação da campanha. Neste dia, também teremos o lançamento da camiseta, com a arte exclusiva assinada pelo artista plástico mato-grossense, Adriano Figueiredo. E todo o recurso 100% arrecadado será revertido para a Apae Cuiabá”, explica Adilson de Moraes. 

O artista plástico Adriano Figueiredo criou uma arte exclusiva para as camisetas vendidas nesta campanha. Para ele, foi muito gratificante poder usar o seu trabalho e da sua arte para ajudar uma instituição como a Apae Cuiabá, que tem trabalho comprovado e uma história de serviços prestados. 

“Criei uma arte com um conteúdo simbólico e que tivesse uma afetividade com a nossa cidade. A ideia era falar de harmonia, intercessão, valorização, do diferente, da solidariedade. E tudo isso já tinha no símbolo da Apae, pois quando olhamos já pensamos em inclusão. Então criei uma conexão com os símbolos de Cuiabá, trazendo estes mais próximos da Apae. Isso para lembrar que a Apae é daqui, é nossa e temos que criar um pertencimento no sentido de ajudar porque essa instituição está precisando”, descreve o artista.  

A partir do dia 23 de setembro, as camisetas poderão ser adquiridas na sede da Apae Cuiabá e nas unidades da JR Pneus. O custo de cada camiseta será de R$ 50. Ressaltando ainda que toda a renda arrecadada será destinada à entidade.  

APAE CUIABÁ

A Apae Cuiabá é uma entidade filantrópica e no próximo mês completa 54 anos de existência, sendo a primeira Apae de Mato Grosso. Atualmente atende uma média de 120 pessoas com deficiência intelectual e múltipla nas diversas fases da vida, nas áreas da Assistência Social, Educação e Saúde.

Conforme a presidente da Apae Cuiabá, Silvia Artal, devido a pandemia, os atendimentos presenciais foram suspensos e as atividades estão sendo desenvolvidas de forma remota. “Estamos muito agradecidos com a generosidade de todos os envolvidos nesta campanha, em especial ao Adilson de Moraes. Parte dos nossos recursos financeiros para a manutenção da Apae conseguimos através da realização de eventos no decorrer do ano. Porém, devido a pandemia tivemos que cancelar praticamente todos”, afirma Artal. 

A instituição está localizada na Rua Major Gama, 600, Centro e o horário em que a instituição estará aberta ao público para a venda das camisetas será das 8h às 12h. Mais informações pelo número 3322-8853.

 

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Governo abre licitação para recuperar Trincheira Jurumirim

Publicado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), abriu processo licitatório para a contratação de empresa de engenharia para a restauração do pavimento e recuperação da estrutura de concreto da Trincheira Jurumirim, localizada na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá.

A construção da Trincheira Jurumirim, idealizada para Copa do Mundo de 2014, foi entregue e liberada para o tráfego naquele ano, apesar de a obra não estar totalmente concluída, com 97,8% dos serviços executados. Na época, faltavam serviços complementares de paisagismo, mas o contrato foi encerrado em razão de embaraços jurídicos e administrativos.

No entanto, foram diagnosticadas falhas no pavimento posteriormente à entrega da obra e a Sinfra teve que fazer um levantamento técnico dos problemas existentes ao longo da estrutura, de acordo com o secretário-adjunto de Obras Especiais da Sinfra, Isaac Nascimento Filho.

Com esse diagnóstico de engenharia pronto, a obra está sendo retomada para conclusão e entrega em definitivo ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).   O valor do orçamento estimado para a execução das melhorias em 1,32 quilômetro de extensão da trincheira, entre os bairros Jardim Leblon e Bosque da Saúde, é de R$ 14,2 milhões.

“As correções tratarão não só as patologias no pavimento ao longo de toda a trincheira, mas também as infiltrações e problemas com as juntas de dilatação na parte superior, ou seja, nas pistas marginais também. Assim que fizermos essas correções poderemos entregar a obra 100% para o DNIT”, esclareceu.

O secretário explicou ainda que todos os investimentos com as melhorias na trincheira serão custeados, neste primeiro momento, pelo Estado, para finalizar o quanto antes essa obra. Porém, o Estado vai buscar ressarcimento junto à construtora responsável, em razão de as melhorias serem necessárias devido à má execução do projeto.

Licitação

Conforme o edital de licitação, o processo será na modalidade concorrência pública, do tipo menor preço. A sessão pública de abertura das propostas será realizada no dia 1º de dezembro, às 9h, na sala de reuniões da própria Sinfra. A licitação também é transmitida em tempo real pelo canal do Youtube da Sinfra.

Tanto o projeto executivo, quanto demais documentações complementares, assim como o edital, encontram-se disponíveis no site da Sinfra para consulta. Eventuais esclarecimentos de dúvidas quanto ao edital poderão ser solicitados, preferencialmente, via e-mail [email protected], até cinco dias anteriores à sessão pública.

Outras melhorias

Além da trincheira Jurumirim, o Governo do Estado vai recuperar mais uma obra idealizada para a Copa do Mundo de 2014: a trincheira do Complexo Viário do Tijucal, em Cuiabá. Serão realizados serviços de restauração, com reparos pontuais no pavimento e a substituição de drenos das cortinas que apresentem algum tipo de comprometimento em sua eficiência.

Os serviços serão executados em um prazo de até 30 dias e todo o projeto de restauração será executado como parte do contrato firmado em 2012, na ordem de R$ 32 milhões. Desse modo, o Estado não terá custos adicionais com a execução das melhorias de infraestrutura.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana