BRASIL E MUNDO

Caminhoneiros protestam contra aumento de combustíveis na BR-101

Publicados

em


source
Veículos que passam pelo local são obrigados a parar no acostamento
Reprodução/Twitter

Veículos que passam pelo local são obrigados a parar no acostamento


Caminhoneiros iniciaram uma manifestação , na noite desta segunda-feira, na Rodovia Niterói-Manilha, a BR-101, na altura de Itaboraí, Região Metropolitana do Rio, para protestar contra o aumento dos preços dos combustíveis , em especial do diesel . Os motoristas estão parados no sentido Magé. Imagens veiculadas nas redes sociais mostram que uma fila de caminhões se formou na via.



Usuários do Twitter relataram que os veículos que passam pelo local são obrigados a parar no acostamento. “Manilha parando…Querem porque querem greve! Caminhões encostando e sendo impedidos de prosseguirem!”, disse uma usuária. “Caminhoneiros parando em Manilha no acostamento. Greve novamente”, comentou outro. Por volta das 20h15, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o 35º BPM (Itaboraí) foram acionadas para o local. 


Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Publicados

em


source
 DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia
Reprodução/redes sociais

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Uma mulher foi presa neste sábado (17) em Brasília pela Polícia Militar do  Distrito Federal após agredir a mãe e a irmã em Planaltina. Após a prisão, a agressora sacou a arma de um policial civil, dentro da delegacia onde foi conduzida, e realizou disparos para o alto. As informações são do jornal Correio Braziliense .

De acordo com oficiais, o motivo da revolta foi a assinatura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A mulher discutiu com policiais ao se negar a assinar o documento. Após a negativa, os agentes a cercaram para conduzi-la a prisão.

Neste momento, a mulher tomou a arma de um policial e realizou o disparo para o alto. Segundo informações da polícia, a trava do coldre apresentou uma falha que permitiu o saque da arma pela detida.


Após o ocorrido, a situação foi controlada por um grupo de policiais. A acusada se rendeu , entregou a arma e deitou-se no chão. Ninguém ficou ferido.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana