esportes

Caio Alexandre relembra vitória sobre o Sport e prega luta extrema no confronto em casa

Publicados

em


O próximo adversário do Botafogo no Campeonato Brasileiro será o Sport, sexta-feira, às 20h, no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela rodada 34. No primeiro turno, no Recife, o Glorioso venceu por 2 a 1 atuando com um a menos por quase todo o segundo tempo e precisará do mesmo espírito de luta para triunfar e se manter vivo na luta que trava pela permanência na elite. Autor de um dos gols da partida, Caio Alexandre destacou a extrema importância dessa partida para todos no clube.

“Teremos uma batalha pela frente contra o primeiro adversário fora da zona de rebaixamento e que também luta pela vida dele. Tive a felicidade de marcar no Recife e um gol com a camisa do Botafogo é diferente, mas agora é uma nova situação. Sabemos que nossa margem de erro é quase zero e que a concentração vai ter que estar lá em cima. Nosso dever é suar sangue lá dentro de campo e o que posso garantir é que não vai faltar empenho da minha parte e dos meus companheiros”, disse Caio Alexandre.

Em seu primeiro ano como profissional, Caio Alexandre atuou em 31 dos 33 jogos que o Botafogo fez no Campeonato Brasileiro e marcou quatro gols. Apenas no início de sua caminhada, o jogador valorizou a oportunidade de vestir a camisa do Botafogo e espera crescer com as experiências vivas na difícil temporada para dar a volta por cima com o clube.

“Vestir a camisa do Botafogo é uma grande responsabilidade, um clube gigante que atravessa um momento difícil. Venho da base e a gente cria uma identificação, lembra da caminhada até aqui. Eu sou grato pelas oportunidades que tenho tido neste ano, fruto de muito trabalho e da confiança de todos. Nossa situação é delicada, cada jogo é uma decisão e temos que lutar de pé enquanto podemos reverter esse cenário”, encerrou Caio Alexandre.

Foto: Vitor Silva/Botafogo

Comentários Facebook
Propaganda

esportes

Pirani vibra com ‘sonho realizado’ e quer Santos vivo no Paulista: “Vamos lutar até o fim”

Publicados

em


Com a goleada por 5 a 0 sobre o The Strongest na última terça-feira (4), na Vila Belmiro, pela 3ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores, o Santos FC voltou a vencer após cinco jogos de jejum na temporada. E o resultado diante dos bolivianos contou com a ótima colaboração da Gabriel Pirani.

O meia, de apenas 19 anos, foi o autor da assistência para Marinho abrir o placar antes do primeiro minuto e também anotou o segundo tento do Peixe na goleada. Empolgado com a boa apresentação no torneio continental, o camisa 20 vibrou com o sonho realizado.

“Foi um momento especial demais. Não só meu, mas também de toda a minha família. É uma luta diária que a gente tem para chegar no objetivo. Marcar um gol com essa camisa numa Libertadores é um sonho realizado. Tudo isso é fruto de muito trabalho. Agora é trabalhar mais ainda para que novos sonhos se realizem”, afirmou Pirani.

Com a esperança reavivada na Conmebol Libertadores, o Santos FC agora muda seu foco no Campeonato Paulista. O Alvinegro Praiano encara o Palmeiras nesta quinta-feira (6), às 21h, no Allianz Parque, pela 11ª rodada, e precisa da vitória para seguir sonhando com a classificação para as quartas de final do torneio.

Antes disso, porém, os santistas precisam dar uma ‘secada’ no Guarani. Na segunda colocação do grupo D, com 14 pontos, a equipe de Campinas faz clássico com a Ponte nesta quarta (5), às 21h, no Moisés Lucarelli. Caso consiga a vitória diante da Macaca, o Bugre consegue a vaga e elimina matematicamente o Santos FC do Paulistão.

“Vamos secar um pouco o Guarani contra a Ponte, sim. Mas temos que fazer a nossa parte também contra o Palmeiras. Vamos lutar até o fim e dar o máximo para vencer o clássico também. Sabemos que a situação no Paulista é difícil, mas vamos seguir lutando”, concluiu Pirani.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana