mato grosso

Cadeia Pública de Vila Rica é ampliada com 24 novas vagas

Publicado


A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária, inaugurou, nesta sexta-feira (16.10), a nova ala da Cadeia Pública de Vila Rica. Ao todo, serão disponibilizadas mais 24 vagas para a região.

A ala conta com três novas celas e uma sala de aula para o estudo dos recuperandos da unidade. A obra contou com a parceria do Conselho da Comunidade local e do Poder Público Municipal.

Toda a mão de obra foi feita por reeducandos da unidade. A expectativa é que uma segunda etapa também seja entregue, chegando a mais de 50 novas vagas na unidade, que atende também a comarca de Santa Terezinha, Santa Cruz do Xingu e em algumas ocasiões, Porto Alegre do Norte.

Para o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, a inauguração faz parte de um projeto maior do Governo do Estado para a ampliação de vagas no Sistema Penitenciário. “Juntamente com os parceiros locais e a mão de obra dos reeducandos, conseguimos entregar esta importante ala, e assegurando todo o acompanhamento técnico do setor de Engenharia da Sesp-MT”.

Já para o diretor da unidade, Rivelino Pereira de Jesus, as parcerias foram de fundamental importância para a conclusão da ampliação. Na oportunidade, o gestor agradeceu ao Conselho da Comunidade, ao Executivo Municipal, ao Ministério Público e ao Poder Judiciário. “É importante ressaltar que, além das celas, construímos a sala de aula também, com o objetivo de estimular o ensino dos reeducandos, oferecer mais dignidade à pessoa presa e contribuir para a ressocialização”.

Até o momento, a Cadeia Pública de Vila Rica tinha capacidade para 62 reeducandos, agora ampliada para 86. Atualmente, a unidade abriga 60 pessoas privadas de liberdade.

Participaram da inauguração o comandante do 10º Comando Regional da Polícia Militar (PM-MT), tenente coronel PM Wellington Rodrigues, o superintendente da Regional Leste do Sistema Penitenciário, Anderson Sant’Ana da Costa, a presidente da Fundação Nova Chance (Funac), Dinalva Rodrigues, e representantes do Conselho da Comunidade.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

mato grosso

Todos os municípios de Mato Grosso apresentam risco baixo de contaminação da Covid-19

Publicado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (03.12) o Boletim Informativo nº 270 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso.

Nesta edição do Boletim, os 141 municípios do Estado configuram na classificação de risco baixo de infecção pelo coronavírus, conforme mostra documento a partir da página 12.

Esse status já se mantém por 31 dias. Em 2 de novembro, Ribeirãozinho foi a última cidade classificada com risco “moderado”. Desde então, nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco muito alto, representado pela cor vermelha e que indica alerta máximo de contaminação, ou amarela, que indica alerta moderado.

O sistema de classificação que aponta o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades.

Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras, e os resultados são divulgados nos Boletins Informativos da SES.

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana