mato grosso

Cadeia de Alta Floresta passa a contar com mais cinco policiais penais

Publicados

em


Cinco policiais penais que tomaram posse entre os meses de junho e julho concluíram o curso de formação inicial e já começarão a atuar na Cadeia Pública de Alta Floresta (800 km ao Norte de Cuiabá). A formatura ocorreu no final da tarde desta quinta-feira (26.08), na Escola Penitenciária, em Cuiabá, e certificou também dois servidores de outras unidades penais que participaram do curso.

Os servidores foram nomeados junto com mais três candidatos que faziam parte do cadastro de reserva do concurso do Edital 001/2016, em maio de 2021, em atendimento a uma decisão judicial. Mas, dos oito, apenas cinco tomaram posse e concluíram o curso de formação ministrado pela Coordenadoria de Ensino e Aperfeiçoamento do Servidor Penitenciário (CEASP).

Gustavo Givago Perini, de 25 anos de idade, é um deles. “A Cadeia de Alta Floresta precisava demais, até porque tivemos, lamentavelmente, a morte de três colegas de lá em um acidente de carro. O curso trouxe muitas instruções importantes, tanto na parte teórica quanto operacional, e tenho certeza que vamos somar com os demais policiais penais que já estão na unidade”.

Com início em 05 de julho deste ano, o curso teve duração de 480 horas e contou com a contribuição de 32 instrutores. Além dos eixos comum e operacional, os alunos passaram por um estágio na Penitenciária Central do Estado (PCE).

Uma servidora e um servidor que já atuavam no Sistema Penitenciário aproveitaram a abertura da turma para fazer a qualificação e agora estão aptos para atuar em atividades operacionais na Penitenciária Major PM Eldo Sá Corrêa – Mata Grande, em Rondonópolis, e no Complexo Penitenciário Ahmenon Lemon Dantas, em Várzea Grande.

Para o coordenador de Ensino e Aperfeiçoamento do Servidor Penitenciário, policial penal Jonathan Francisco Pereira, o curso de formação inicial é a concretização de um sonho. “Nossa categoria evoluiu muito e isso se deve, em parte, à capacitação dos policiais penais. A missão de transmitir conhecimento é levada a sério por todos os instrutores e esta turma também está de parabéns pela seriedade com que fez o curso”.

Reestruturação

O secretário adjunto de Administração Penitenciária da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Jean Gonçalves, disse aos formandos que o Sistema Penitenciário é um terreno muito fértil, e que o crescimento dentro da carreira depende de cada um. “Trabalhem com zelo, coragem e bravura, perseverem naquilo que vocês almejam, o aprendizado está apenas começando”.

Ele também ressaltou que a reorganização de pessoal faz parte do projeto de reestruturação do Sistema Penitenciário de Mato Grosso. “Além da criação de quatro mil vagas nas unidades penais, estamos fazendo um reordenamento de pessoal, pois com a instalação de trancas aéreas, necessitamos de menos servidores por cela e temos mais segurança na realização de procedimentos internos”.

Também participaram da solenidade o deputado estadual João Batista; o superintendente regional Leste do Sistema Penitenciário, João Borba; o superintendente regional Oeste do Sistema Penitenciário, Anderson Santana; o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso, Amauri das Neves; entre outras autoridades.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Mato Grosso registra 545.069 casos e 13.909 óbitos por Covid-19

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou, até a tarde desta sábado (23.10), 545.069 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.909 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 126 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 545.069 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.748 estão em isolamento domiciliar e 528.834 estão recuperados.

Devido à manutenção na base de dados do sistema oficial do Ministério da Saúde, não foi possível publicar o Ranking da Vacinação em Mato Grosso nesta semana. A perspectiva é de que o Ranking seja atualizado até a próxima terça-feira (26.10).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 76 internações em UTIs públicas e 37 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 27,64% para UTIs adulto e em 6% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (113.081), Várzea Grande (40.174), Rondonópolis (38.252), Sinop (26.279), Sorriso (18.392), Tangará da Serra (17.796), Lucas do Rio Verde (15.700), Primavera do Leste (14.784), Cáceres (11.932) e Alta Floresta (10.806).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (22.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.711.843 casos da Covid-19 no Brasil e 605.139 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.697.341 casos da Covid-19 no Brasil e 604.679 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta sábado (23.10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana