TECNOLOGIA

Cadastros falsos para vacinação roubam dados das vítimas; saiba se proteger

Publicados

em


source
Vacinação contra covid-19 é usada como isca para golpes online
Rovena Rosa/Agência Brasil

Vacinação contra covid-19 é usada como isca para golpes online

Cibercriminosos têm se aproveitado dos cadastros oficiais para a vacinação contra a Covid-19 para criar sites falsos e roubar dados das vítimas. Em mensagens que circulam nas redes sociais, eles divulgam links para esses endereços.

A ameaça foi descoberta pela empresa de cibersegurança Kaspersky, que encontrou diversos sites que simulam um pré-cadastro para a vacinação. Neles, os internautas são impulsionados a preencherem seus dados , que são roubados.

“Sempre que há um tema crítico e que desperta atenção, o cibercrime rapidamente busca alternativas para tirar proveito deles. Vimos isso no começo da pandemia, quando houve uma corrida por máscaras e álcool-gel, e vemos o mesmo sendo feito no momento das vacinas”, comenta Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky.

Você viu?

Um dos sites encontrados pelos especialistas pedia para a vítima colocar um e-mail e uma senha . “Como muitas pessoas costumam utilizar a mesma senha para várias contas, os criminosos podem invadir uma série de outros serviços por meio desses dados”, diz Fabio.

Como se proteger

Para evitar cair em golpes como esses, a dica é não clicar em links recebidos pelas redes sociais ou mensageiros como o WhatsApp . Na dúvida, o melhor é acessar os canais oficiais da secretaria de saúde de seu estado ou município.

“Alguns estados, como São Paulo, criaram páginas de cadastro para a vacina, que no momento, estão sendo aplicadas apenas com profissionais da saúde e grupos de risco. Ainda assim, desconfie de qualquer endereço que seja enviado por meio de correntes em redes sociais. Por precaução, procure as páginas dos órgãos oficiais e se informe corretamente por lá”, completa Assolini.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Spotify mostra quão fã você é do seu artista preferido; veja como descobrir

Publicados

em


source
Spotify mostra de quem você é fã
Divulgação/Spotify

Spotify mostra de quem você é fã

O Spotify lançou um recurso nesta terça-feira (27) que mostra quão fã você é dos seus artistas favoritos. Na plataforma, os dados referentes à sua conta no aplicativo são usados para dar detalhes sobre sua relação com determinado artista.

Ao acessar o novo recurso, o Spotify mostra o artista que você mais ouve – só estão presentes os artistas mais ouvidos da plataforma. Ao arrastar para o lado, você consegue ver quando você ouviu aquele artista pela primeira vez, suas três músicas mais escutadas e quanto tempo você já passou ouvindo seu ídolo.

Ao final, o Spotify mostra uma porcentagem de quão fã você é daquela pessoa. Quanto menor a porcentagem, mais fã você é – por exemplo, se você tirar 1%, isso significa que você está entre os 1% de pessoas que mais ouvem aquele artista. Depois, dá para fazer o mesmo teste com dois outros artistas.

Nas redes sociais, alguns usuários disseram que não conseguem visualizar os resultados e recebem um aviso dizendo que “você ainda não alcançou o status de Today’s Top Fan (ainda)”. Isso acontece porque nem todos os artistas participam da novidade do Spotify (estão presentes, sobretudo, os internacionais) e, por isso, pode ser que você não seja fã de nenhum deles.

Para testar o novo recurso do Spotify, basta clicar  neste link e fazer login com a sua conta. Apesar de ser um link externo, a ferramenta foi construída pelo próprio Spotify e, portanto, é segura e oficial.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana