TECNOLOGIA

Bug no Windows 10 permite que HD seja corrompido só de olhar para a tela

Publicados

em


source
windows 10
Unsplash/Tadas Sar

Windows 10 tem bug que torna ataque hakcer fácil

Uma falha no mínimo peculiar existe no Windows 10 há pelo menos três anos. O bug foi reportado pelo pesquisador Jonas L, que percebeu que um comando malicioso pode ser disfarçado de qualquer ícone no sistema operacional, e é ativado simplesmente ao ser visualizado pelo usuário. Quando isso acontece, o código corrompe o HD ou SSD da máquina.

Depois que Jonas divulgou a falhaem seu perfil no Twitter, ela foi confirmada por Will Dormann, analista de vulnerabilidades do Centro de Coordenação CERT.

De acordo com o especialista, a falha é fácil de ser explorada como um ataque. Para isso, bastava que o criminoso crie um ícone e o envie em um arquivo ZIP. Ao extrair o documento, a vítima coloca a imagem na tela, o que é sufciente para iniciar o processo de corrupção da unidade de armazenamento do computador .

Você viu?

Ao portal The Verge, a Microsoft disse que vai corrigir o erro. “Estamos cientes desse problema e forneceremos uma atualização em uma compilação futura. O uso dessa técnica depende de engenharia social e, como sempre, incentivamos nossos clientes a praticar bons hábitos de computação online, incluindo tomar cuidado ao abrir arquivos desconhecidos ou aceitar transferências de arquivos”, afirmou um porta-voz da emprea.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Soneca lucrativa: lives com pessoas dormindo crescem na Twitch

Publicados

em


source
Twitch tem 'boom' de lives com pessoas dormindo
Unsplash/Caspar Camille Rubin

Twitch tem ‘boom’ de lives com pessoas dormindo

Um relatório produzido pelo portal Rainmaker.gg, em parceria com o StreamElements, mostrou que cresceu o número de lives em que as pessoas simplesmente se filmam dormindo. Ao todo, as transmissões alcançaram, no mês passado, mais de dois milhões de horas assistidas na Twitch .

A plataforma de livestreaming da Amazon não para de bater recordes de audiência e março foi o maior mês neste quesito, com mais de 2,6 bilhões de horas assistidas. É um aumento de 105% em relação ao ano anterior. Já o sucesso das sonecas ao vivo começou a ser notado há pouco tempo, quando alguns streamers atingiram picos repentinos de visualizações enquanto dormiam.

Mas será que é tão interessante assim assistir alguém cochilando? Analistas foram atrás da resposta e notaram que desde o início da internet os usuários sempre demonstraram um fascínio em saber tudo da vida da outra pessoa, até mesmo como ela dorme.

Você viu?

O streamer da Twitch que soube se aproveitar desse fascínio foi Ludwig Ahgren, que acumulou 1,5 milhão de horas assistidas enquanto dormia . Ludwig lançou um desafio em que adicionaria 100 segundos à live a cada novo assinante que ganhasse. A proposta bombou e a live permaneceu ininterruptamente no ar por 31 dias seguidos.

Com o sucesso conquistado, o americano decidiu mudar o desafio. Dessa vez, ao invés de adicionar 100 segundos à live, ele doará US$ 5 para a Humane Society of America ou para o Hospital de Pesquisa Infantil de St. Jude a cada inscrito que conseguir. Antes mesmo de chegar a 200 horas de streaming , Ludwig já tem 200 mil assinantes ativos, chegando perto do recorde de Tyler “Ninja” Blevin, que alcançou 269 mil antes de deixar a Twitch.

Matthew “Mizkif” Rinaudo é outro streamer da Twitch que ganhou notoriedade após filmar sua soneca. Durante uma live em março, o jovem decidiu reposicionar a câmera, arrastar uma roupa de cama para a sala e apagar as luzes. Os espectadores começaram a fazer doações para tocar músicas para acordá-lo. Em pouco mais de cinco horas, “Mizkif” arrecadou US$ 5,5 mil (cerca de R$ 31 mil). Em vez de usar o dinheiro para si, ele presenteou um seguidor com um Nintendo Switch .

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana