esportes

Bragantino vence lanterna Goiás e escapa da zona de rebaixamento

Publicado


O Bragantino venceu o Goiás por 2 a 0 neste sábado (24) no estádio Nabi Abi Chedid, na cidade de Bragança Paulista (SP), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o Esmeraldino em situação cada vez mais complicada. Na lanterna, os goianos somam apenas 11 pontos. Já os paulistas saíram da zona de rebaixamento. Com 19 pontos, aparecem na 15ª posição.

A partida começou movimentada. Com menos de 1 minuto, o atacante Rafael Moura arriscou, e a bola passou muito próximo da baliza do goleiro Cleiton. Aos 3, foi a vez de os donos da casa responderem em chute de longa distância do atacante Claudinho. Na sequência, o ritmo do jogo caiu. Apesar de o Massa Bruta buscar o gol, não conseguia transformar o domínio em chances que levassem perigo. Até que nos acréscimos, aos 46, o atacante Ytalo abriu o placar após falha da zaga esmeraldina.

Na segunda etapa, a equipe de Bragança Paulista se manteve melhor. Aos 8 minutos, Claudinho arriscou de fora da área, forçando grande defesa do goleiro Tadeu. Em seguida, os goianos quase marcaram em um chute do atacante Fernandão, aos 19. Entretanto, aos 37, Claudinho ampliou para o Bragantino. O atacante limpou a marcação na entrada da grande área e acertou um belo chute. Bragantino 2, Goiás 0.

O resultado poderia ter sido ainda pior para o Goiás, aos 47, Pintado fez pênalti em Claudinho. O meio-campista Thonny Anderson cobrou, no canto esquerdo, e o goleiro Tadeu defendeu.

Na próxima rodada, o Goiás receberá o Vasco no estádio da Serrinha, na capital Goiânia (GO). A partida está marcada para o dia 1º de novembro às 20h30 (horário de Brasília). Já o Bragantino visitará o Grêmio em Porto Alegre (RS). O confronto será realizado no dia do feriado de Finados, 2 de novembro, às 20h.

Confira aqui a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
publicidade

esportes

Desfalcado na zaga, Bahia volta a ter defesa mais vazada do Brasileirão

Publicado


A derrota por 4 a 0 para o Bragantino para o Bragantino, na última sexta-feira, fez o Bahia chegar a 34 gols sofridos no Brasileirão e retomar o posto de defesa mais vazada, agora ao lado do Goiás, lanterna da competição. Vale lembrar que a 22ª rodada ainda está em andamento e muitas equipes têm jogos a menos.

Antes da chegada de Mano Menezes, o Bahia tinha disputado oito jogos no Brasileirão, com 14 gols sofridos e média de 1,72 por partida. Em apenas um jogo não sofreu gols e vinha de amargas derrotas, entre elas um 5 a 3 para o Flamengo, em Pituaçu.

Com o treinador, no Brasileirão, o Tricolor fez 14 partidas e sofreu 20 gols, o que significa média de 1,42 por jogo. Destas partidas, ficou sem ser vazado em duas delas.

Para piorar a situação, Mano tem convivido com desfalques e poucos zagueiros à disposição. Juninho, Anderson Martins, Lucas Fonseca e Ernando são os quatro zagueiros do elenco profissional utilizados. Lucas, porém, está machucado e Ernando em fase final de recuperação de lesão. O segundo, inclusive, pode pintar no jogo desta terça, contra o Unión Santa Fé, pela Copa Sul-Americana.

E, no seu próximo compromisso, o treinador vai precisar ter uma defesa afinada já que, na Sul-Americana, há o critério de gol qualificado. A partida contra o Unión Santa Fe está marcada para esta terça-feira, às 19h15, na Arena Fonte Nova.

 

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana