CIDADES

Bombeiros realizam ação de desinfecção em calçadas de Castanheira

Publicado


.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Juína, formada pelos soldados bombeiros militares Carvalho, Lacerda e Freitas, esteve realizando mais um trabalho de desinfecção de ruas em Castanheira na noite do último sábado, 11.

Considerando-se a propagação do coronavírus, este trabalho tem sido realizado com frequência em muitas cidades do país. Em Castanheira já é a terceira vez, desde o início da pandemia. “Somos gratos a corporação de Juína, por sempre nos apoiar”, comentou Ivania Tigre, Secretaria de Saúde.

Neste processo, agentes equipados com máscaras de proteção efetuam a limpeza das calçadas, pulverizando uma solução à base de água sanitária.

A ação tem sido cobrada constantemente pela população quando se fala nas medidas de enfrentamento da pandemia, que tem avançado de forma preocupante no Estado nas últimas semanas.

A Secretaria de Saúde do município tem alertado constantemente sobre as medidas de segurança mais eficazes em relação ao vírus, entre elas, ficar em casa o máximo possível, uso de máscara facial no sair de casa e seguir meticulosamente as recomendações sobre higiene pessoal.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
publicidade

CIDADES

Agosto Dourado: inicia mês de incentivo ao aleitamento materno

Publicado


.

A amamentação traz benefícios que vão além dos aspectos nutricionais. É um momento único de ligação entre mãe e filho. Para conscientizar sobre a importância do aleitamento materno desde as primeiras horas de vida até os seis meses de idade, a Secretaria de Saúde promove o Agosto Dourado.  

Durante todo o ano, os profissionais da Secretaria de Saúde de Tapurah, nas suas áreas de atuação, estão incumbidos de incentivar a amamentação com a população em geral, esclarecendo sobre os benefícios da amamentação para a mãe e para o bebê, sendo que, para o bebê, os benefícios serão estendidos ao longo de toda a sua vida. 

“O trabalho é contínuo o ano todo, mas em especial no mês de Agosto, as ações são intensificadas, este ano devido a pandemia, serão feitas de forma online e orientações individuais, levando informação ligadas à gestação, aos cuidados com o bebê, troca de experiências”. Conta o Secretário de Saúde, Marco Felipe. 

Os profissionais das Unidades Básicas de Saúde do município estão à disposição das gestantes e das mamães e familiares para todo e qualquer esclarecimento ou auxílio para que a amamentação no peito seja ofertada com prioridade, pelo menos nos seis primeiros meses de vida dos bebês. 

“Sabemos que as primeiras semanas dos recém-nascidos são as mais difíceis, principalmente nos primeiros 15 dias, é uma fase de adaptação para ambos, mamãe e bebê. Aquelas mães que tem o desejo de amamentar, que sabem da importância do leite materno para o seu filho, nós damos suporte, nas Unidades de Saúde. São diversos profissionais capacitados, que podem ajudar a mãe a conseguir amamentar o seu filho no peito”, diz a enfermeira Elizabete Gawski. 

O sucesso da amamentação não depende somente das condições orgânicas e fisiológicas da mãe e do bebê. Depende principalmente do real desejo da mãe em amamentar, da persistência, dedicação e do apoio familiar, em especial do parceiro. Ainda que haja desejo e apoio familiar e que esteja tudo funcionando bem na mãe e no bebê, podem surgir algumas dificuldades que são pertinentes ao processo de amamentação. A informação sobre o processo de amamentação e sobre os inúmeros benefícios para mãe para o bebê são fundamentais para que a mãe e a família se fortaleçam na decisão de amamentar. 

A recomendação da Organização Mundial de Saúde é que o aleitamento materno seja exclusivo durante os seis primeiros meses de vida do bebê e que, após o sexto mês, com a introdução de outros alimentos, ainda seja mantida até os dois anos de idade ou mais. 

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana