apiacas

Bombeiros realizam prisão de homem e detenção de menores em flagrante por crime ambiental

Publicados

em

A equipe da base descentralizada Bombeiro Militar de Apiacás (mil quilômetros de Cuiabá), realizou uma prisão em flagrante na tarde de domingo (27.09).

Três pessoas, sendo um adulto e dois adolescentes, estavam praticando ato de queimada ilegal na chácara Santo Antônio. O crime foi flagrado durante ronda ostensiva, após os agentes avistarem grande volume de fumaça. Ao chegar no local, a guarnição flagrou ato de queimada ilegal em pastagem.

Imediatamente foi dada voz de prisão aos mesmos e, não havendo resistência, os infratores aguardaram no local sob vigilância de um militar da guarnição de Combate a Incêndios Florestais (GCIF), que já havia solicitado apoio da Polícia Militar, enquanto era realizado o combate do fogo.

Com eles foi encontrado duas garrafas com combustível e tochas artesanais. Os itens foram encaminhados juntamente para materialidade do crime praticado. O fogo consumiu 20% da área até ser extinto pela GCIF.

O Corpo de Bombeiros Militar alerta que o não cumprimento do artigo 54 da Lei Federal n° 9.605, que diz “Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora”, pode resultar em reclusão de até quatro anos, além de multa.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

apiacas

Metamat apoia a criação da cooperativa de garimpeiros em Apiacás

Publicados

em

Presidente da Metamat, Juliano Jorge, durante audiência pública

A Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat) auxilia municípios que possuem garimpos a legalizarem a atividade. Em Apiacás (972 quilômetros de Cuiabá), a Companhia participou de uma audiência pública que discutiu o futuro da extração de ouro no município, e a criação da cooperativa de garimpeiros. A agenda ocorreu no dia 12 de dezembro, na Câmara Municipal de Vereadores de Apiacás.

“Vamos oferecer apoio técnico para que a nova cooperativa possa tornar o garimpo legal, fomentar a atividade que tem muito potencial de criação de empregos e renda na região e que impacta diretamente no desenvolvimento econômico do município”, explica o presidente da Metamat, Juliano Jorge.

Ele ressalta ainda que este trabalho tem sido feito em diversos municípios, como a criação de cooperativas em Paranaíta e Aripuanã, em Nova Bandeirantes para auxiliar na criação da reserva garimpeira de Novo Astro, e em Alta Floresta, para a criação da reserva de Zé Vermelho e Pista do Cabeça.

Morador de Apiacás desde 1983, o prefeito eleito Julio Cesar dos Santos, viu de perto o garimpo se consolidando como atividade forte da região, e afirma, que é muito difícil para as famílias atuarem na ilegalidade. Ele ressalta a importância do suporte da Metamat para que a atividade garimpeira possa ser legalizada, e com isso, melhorar a vida dos trabalhadores do setor, gerar mais impostos, e promover a compensação ambiental da atividade.

“Aqui a região sempre foi movida por garimpo, por mais que tenhamos uma boa renda com madeira, agropecuária, mais da metade da economia local gira em torno da extração de ouro. Por isso foi muito importante essa audiência, o pessoal realmente abraçou a ideia, e já saímos de lá com uma diretoria da cooperativa montada”, comemora.

Ele acredita que com a legalização da atividade, a cidade de pouco mais de 9 mil habitantes terá as portas abertas para que empresas se instalem e invistam no município, ocasionando mais oportunidades para a população.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana