Tangará da Serra

Bombeiros controlam incêndio e suspeito é preso em flagrante em Tangará

Publicado

Foto: Ivonete Furlan | Facebook

Nesta sexta-feira (11.09), por volta das 21h, o Corpo de Bombeiros Militar em Tangará da Serra (3ª CIBM) controlou os incêndios que atingiram cerca de 105 hectares de pastagens e área de reserva no entorno da cidade. Segundo informações de populares, o incêndio teve origem criminosa. Um homem de cerca de 40 foi detido após populares o identificaram para a equipe da 3ª CIBM.

Tangará da Serra MT 11/09/20Deus proteja a todos nósSituação muito complicada pra todos nós😞🔥🌇🔥🚒👩🏽‍🚒👩🏼‍🚒#nãoasqueimadas#diganaoasqueimadas#naoaqueimadas

Posted by Remilson Santos on Friday, September 11, 2020

Vídeo de Romilson Santos (RS imagens)

Ele ateou fogo próximo à Prefeitura Municipal e no bairro Jardim Monte Carlo, colocando em risco casas, clubes e prédios da região e causando grandes preocupações por parte dos moradores, tendo em vista que os dois incêndios foram iniciados em pontos distantes cerca de 1.500 metros um do outro.

A equipe foi acionada para atender esta ocorrência por volta das 15h30. Ao todo foram empregados 16 militares, três viaturas da 3ª CIBM, sendo uma Auto Bomba Tanque, uma Auto Rápido, e Unidade de Resgate, além de dois caminhões pipa do Samae, três da Sinfra e um de terceiros, além de uma aeronave de propriedade particular, bem como dezenas de voluntários.

Policiais civis do Instituto Médico Legal (IML), que fica próximo ao local do incêndio, deram apoio na prisão do suspeito, já que, diante das circunstâncias, a equipe da 3ª CIBM teve que dar seguimento ao combate. Feito a solicitação de apoio dos policiais, eles acionaram a PM, que o conduziu até a delegacia para, após a guarnição de bombeiros controlar o incêndio, ser realizado o flagrante.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

tangara da serra

Governo retoma parceria e reinicia obra de pavimentação na região do Médio-Norte de Mato Grosso

Publicado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), retomou as obras de pavimentação da MT-339, em Tangará da Serra, região Médio-Norte de Mato Grosso. O asfaltamento foi reiniciado em razão da recuperação de um termo de colaboração firmado junto à Associação de Produtores Rurais da MT-480/MT-339, por meio do Programa de Parcerias Socais, no ano de 2014.

Está em andamento a pavimentação de um trecho de 17 quilômetros da MT-339, que vai permitir a interligação da sede da cidade de Tangará da Serra em direção ao Assentamento Antônio Conselheiro, no município. Por meio da parceria estão sendo investidos R$ 19 milhões no andamento da obra.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a pavimentação é uma continuidade dos três quilômetros, a partir do entroncamento com a MT-358, já executados em gestões anteriores. E a retomada desse asfaltamento, para conclusão dos primeiros 20 quilômetros da rodovia, atende a uma determinação do governador Mauro Mendes.

Obra é continuada dos três quilômetros executados em anos anteriores

Para o secretário-executivo da Associação dos Produtores Rurais da MT-480/MT-339, Edilson Sampaio, a retomada da obra é  fruto de um olhar diferenciado que a atual administração do governo do Estado tem para com a região, além de ser o cumprimento de um compromisso firmado pelo governador Mauro Mendes na época de sua campanha eleitoral.

“É um convênio antigo, de 2014. Infelizmente no governo anterior esse processo ficou parado e, depois de muitas promessas, finalizou o mandato e isso não aconteceu.  Hoje nós temos um governo diferente, que pensa diferente e que olhou para a região Médio-Norte com um olhar diferenciado. Assim, resgatamos esse convênio em parceria  com a associação e estamos retomando a etapa deste ano de 17 quilômetros da MT-339”, disse.

Ainda segundo Edilson, a rodovia atende a uma grande indústria de calcário, de Chapadão do Rio Verde e Chapadão dos Parecis, além de permitir o acesso ao Assentamento Antônio Conselheiro, que possui mais de 1,5 mil famílias.  “É uma obra sonhada, desejada por todos os moradores e os produtores, e que liga a região Oeste até  Tangará da Serra no Médio Norte, que é um pólo consolidado de saúde, educação e prestação de serviços. E essa rodovia tem um cunho comercial muito grande nesse sentido”, garantiu.

Edilson também destacou a importância das parcerias sociais com as associações para a execução de mais obras de pavimentação em diversas rodovias em todas as regiões de Mato Grosso.  “Obrigado ao nosso vice-governador Otaviano Pivetta, que tem os olhos voltados para essa forma de fazer estrada, na parceria com associações e tem sido nosso grande baluarte nesse sentido”, afirmou.

Pavimentação vai facilitar escoamento do calcário da região

Outras melhorias em Tangará da Serra 

Além da pavimentação da MT-339, o Governo do Estado executa, também junto à Associação dos Produtores da Rodovia MT-480/ MT-339, a restauração e recuperação ambiental de 53,3 quilômetros da MT-480, no trecho que liga Tangará da Serra ao Distrito de Deciolândia.

Outra obra em andamento é a restauração do asfalto da MT-358, no trecho entre Tangará da Serra a Itanorte, totalizando 96 quilômetros, executada pelo Governo do Estado. Também é realizado o serviço de manutenção das rodovias MTs 358, 246, 343, 358 e 339, no trecho entre Tangará da Serra até a Ponte Rio Paraguai, em Barra do Bugres. Nestes locais são realizados serviços de tapa-buraco, roçada e limpeza.

“De forma muito especial, quero agradecer o secretário Marcelo de Oliveira pelo empenho. E também todos que ajudaram. Não adianta dizer que obras dessa envergadura são feitos de um homem ou de dois, mas é um feito de uma conjuntura de pessoas que, preocupadas com a região, têm trabalhado e feito acontecer”, encerrou Edilson Sampaio.

Por meio da parceria estão sendo investidos R$ 19 milhões no andamento da obra

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana