POLÍTICA NACIONAL

Bolsonaro tenta encontrar vice ideal para 2022; Tarcísio Freitas é favorito

Publicados

em

 

source
Tarcísio Freitas é o atual ministro da infraestrutura e favorito para ser vice da chapa de Bolsonaro em 2022
Tarcísio Freitas é o atual ministro da infraestrutura e favorito para ser vice da chapa de Bolsonaro em 2022 | Clauber Cleber Caetano/PR

O ministro da infraestrutura, Tarcísio Freitas , é o favorito para ser o vice de Jair Bolsonaro nas eleições de 2022 . Em conversa com aliados, Bolsonaro afirmou que não pode errar novamente na escolha de seu companheiro e os ideais do ministro conta a favor.

O atual vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB) , foi descartado, o que aumentou as desavenças entre ele e Bolsonaro . Na última semana, Mourão deixou de ser convidado para a reunião ministerial . A relação também foi prejudicada após vazamento de mensagens em que um assessor do vice teria articulado o impeachment do chefe do Palácio do Planalto .

Na visão de Bolsonaro, o candidato para compor sua chapa para reeleição não deve ter exercido mandato parlamentar ou ter influências políticas no Congresso Nacional. O requisito mínimo é motivado pelos mais de 60 pedidos de destituição de Bolsonaro no legislativo. Na visão do presidente, um companheiro sem apoio dos parlamentares pode travar o avanço do processo de impeachment.

A discrição e a confiança em Freitas também são fatores que enchem os olhos de Bolsonaro para colocá-lo na chapa nas próximas eleições. Nos bastidores do Planalto, Tarcísio Freitas é visto como bom ministro e um candidato que não irá interferir na imagem de Jair Bolsonaro, principalmente em entrevistas para a imprensa.

O medo de Bolsonaro é que o filme com Mourão seja repetido em caso de reeleição. Mesmo sendo última opção em 2018, o atual vice-presidente roubou a cena ao dar entrevistas para jornalistas na porta do Palácio do Jaburu, o que incomoda a comitiva do Planalto.

Troca de farpas

A troca de farpas entre Bolsonaro e Mourão ganhou novo capítulo na última sexta-feira (12). O vice afirmou, em entrevista, que Jair Bolsonaro “vai tomar pau” com ou sem auxílio emergencial . Semanas antes, Bolsonaro afirmou que se o vice quisesse indicar ministérios “se candidate em 2022”.

Com a exclusão mais evidente, Hamilton Mourão disse que faltava diálogo entre ele o presidente da república e sentia falta de sua participação no Governo Federal .

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

CPI da Pandemia

Publicados

em


A CPI aprovou pedido de acesso a todas as reuniões do Planalto sobre covid-19 desde o início da pandemia. Também foram aprovados pedidos de informação a oito ministérios, MP, Justiça Federal, TCU, Anvisa e Fiocruz.

Mais informações a seguir

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana