BRASIL E MUNDO

Biden iniciará retirada de tropas do Afeganistão em 1º de maio

Publicados

em


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quarta-feira (14) que começará a retirar tropas do Afeganistão em 1º de maio para encerrar a guerra mais longa de seu país, rejeitando os apelos para que as forças norte-americanas permaneçam para garantir uma resolução pacífica para o conflito interno afegão.

Em um discurso na Casa Branca, Biden estabeleceu a meta de retirar todos os 2.500 soldados no Afeganistão até 11 de setembro. Ao sair de cena sem uma vitória clara, os EUA se abrem a críticas de que uma retirada representa uma confissão de fracasso de fato para a estratégia militar norte-americana.

“Isto nunca foi concebido como uma empreitada multigeracional. Fomos atacados. Fomos à guerra com objetivos claros. Atingimos estes objetivos”, disse Biden, observando que o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, foi morto por forças dos EUA em 2011 e dizendo que a organização foi “degradada” no Afeganistão. “E é hora de encerrar a guerra sem fim”.

O dia 11 de setembro será uma data altamente simbólica, marcando exatamente 20 anos dos ataques da Al Qaeda nos EUA que levaram o então presidente George W. Bush a iniciar o conflito.

Biden contemplava uma retirada em 1º de maio determinada por seu antecessor republicano, Donald Trump, mas disse que a retirada final começará neste dia e terminará em 11 de setembro.

“Sou agora o quarto presidente americano a presidir uma presença de tropas americanas no Afeganistão. Dois republicanos. Dois democratas. Não passarei esta responsabilidade a um quinto.”

Uma coalizão de tropas lideradas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão deixará o país em coordenação com um plano de retirada dos Estados Unidos até 11 de setembro, disse o principal diplomata de Washington nesta quarta-feira, antes do anúncio formal do fim de duas décadas de combates.

Cerca de 7 mil militares, principalmente de países da Otan que não os EUA, mas também de Austrália, da  Nova Zelândia e da Geórgia, superam as tropas norte-americanas de 2.500 efetivos no Afeganistão, mas ainda dependem de apoio aéreo, planejamento e liderança dos EUA para sua missão de treinamento.

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, disse em Bruxelas que é hora de os aliados da Otan cumprirem o mantra segundo o qual foram ao Afeganistão juntos e partirão juntos.

“Estou aqui para trabalhar estreitamente com nossos aliados, com o secretário-geral [da Otan], com base no princípio que estabelecemos desde o início: chegar juntos, nos adaptar juntos e sair juntos”, disse Blinken em um pronunciamento televisionado na sede da Otan.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Caso Lázaro: Polícia recebe mil denúncias e pede que não sejam feitos trotes

Publicados

em


source
Projeções de disfarces de Lázaro Barbosa de Sousa, feitas pela Polícia Civil do DF
Divulgação/PCDF

Projeções de disfarces de Lázaro Barbosa de Sousa, feitas pela Polícia Civil do DF

A megaoperação que já dura 13 dias em Goiás conta com apoio da população para localizar e prender o fugitivo Lázaro Barbosa Sousa , autor de uma chacina no último dia 9. Enquanto algumas denúncias são úteis para as buscas, a maior parte das ligações para o setor que está em funcionamento há aproximadamente 24h é composta por trotes e conversas irrelevantes , conforme revelou nesta segunda-feira, dia 21, a Secretaria de Segurança Pública do estado. O disque denúncia contabilizou cerca de mil chamados . O número disponibilizado para receber informações sobre a localização de Lázaro é (061) 9 9839-5284.

Apesar dos trotes, a força-tarefa manifestou gratidão pelas doações entregues aos agentes por setores público e privado desde o início da ação, e em especial pelo apoio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

Você viu?

No 13º dia de buscas, a secretaria informou por meio de nota que foram realizadas incursões com apoio de cães para checagem de informações de possíveis locais por onde Lázaro passou. O cerco se fechou ainda mais. Também estão sendo utilizados 40 rádios comunicadores cedidos pelo Exército.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana