programe se

Banda Pedra Letícia traz irreverência e boa música para Cuiabá

Na bagagem, mais de 10 anos de estrada e hits como “Eu Não Toco Raul” e “Teorema de Carlão”. Tudo isso, é claro, somado à teatralidade, com um único objetivo: se divertir

Publicados

em


Divulgação

Pedra Letícia

 

A banda preza pelo estilo Sidney Magal, mas também é cheia de surpresas num repertório pra lá de irreverente. Tanto que, neste sábado (8.07), os goianos da Pedra Letícia aterrissam em Cuiabá para um show alucinante no Malcom Club.

 

Na bagagem, mais de 10 anos de estrada e hits como “Eu Não Toco Raul”, “Teorema de Carlão”, “Camioneta Zera” e “Como Que Ocê Pôde Abandoná Eu”. Tudo isso, é claro, somado à teatralidade, com um único objetivo: se divertir.

 

Ao misturar o universo do rock’n’roll com toques mutantes do brega, o grupo – formado por Fabiano Cambota (vocal e violão), Kuky Sanchez (baixo e backing vocal), Xico Mendes (guitarra e backing vocal) e Pedro Torres (bateria e backing vocal) – conquista o público por onde passa com suas letras inteligentes e arranjos empolgantes. Na internet, esse quadro não é diferente: prova disso são os mais de 40 milhões de acessos em seu canal no Youtube.

 

“A energia da banda é incontestável. De maneira bem autêntica, eles mantém a sua originalidade e irreverência ao apresentar uma visão bem-humorada – e sacana – de situações cotidianas. É uma honra poder contar com o show deles por aqui. Com certeza, a galera vai cantar em coro com eles – sejam “pedreiros”, como são chamados seus fãs, seja quem vier conhecê-los. Diversão é o que não irá faltar”, comenta Alexandre Matozo, um dos proprietários do Grupo Malcom.

 

Pensamento reiterado pelo produtor cultural da Container Produções Daniel Scaravelli, que destaca que a banda possui um público fiel em Mato Grosso. “Desde o primeiro show deles no Malcom, não foi diferente: casa lotada e apresentação lendária. Aliás, é tão contagiante que eles possuem refrões que te deixam cantando por dias. Neste sábado, o Club ainda contará com o DJ Danilo Soares. Já o Pub recebe os shows das bandas La Barca e Rota Vinil”, complementa.

 

Em Cuiabá, a Pedra Letícia estará acompanhada pelo grupo Imitáveis – famoso por suas releituras de clássicos da Jovem Guarda. Juntos, eles gravaram o disco “Rotina”. Aliás, seu videoclipe homônimo é uma homenagem ao cantor Reginaldo Rossi, muso do brega. A faixa homônima também faz parte do DVD “Rockomédia Acústica”, que comemora a trajetória musical do grupo goiano. No dia 8 de julho, o evento conta com a assinatura rock’n’roll do Malcom Pub e da Container Produções.

 

SERVIÇO

 

Os ingressos antecipados do segundo lote promocional – com unidades limitadas – podem ser adquiridos pelo valor de R$35 no caixa do Malcom ou pelo site Ingressos MT. Na data, a entrada pode ser adquirida por R$40. Vale ressaltar que ela concede o direito a circular pelos dois ambientes do Grupo Malcom. No entanto, aqueles que quiserem adquirir o ingresso apenas para o Pub podem comprar pelo valor de R$15.

 

O Malcom está localizado na Avenida Miguel Sutil, número 10.240 – Bairro Santa Rosa (Ao lado do Gran Odara Hotel). Mais informações pela fan page: www.facebook.com/malcompub.

Comentários Facebook
Propaganda

programe se

Espetáculo na Casa Cuiabana reúne música de concerto e dança afro

A entrada são 2kg de alimentos não perecíveis. O evento tem apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT).

Publicados

em

Por


Divulgação

Casa Cuiabana

 Casa Cuiabana – Cuiabá (MT)

O Instituto Boca Musical & Camerata Concerto e a Cia Teatro e Dança Aylouwa apresentam o Concerto Camerata Paisagem Brasileira e o espetáculo de dança afro Fragmento! o corpo que expressa o mundo negro, nesta quinta-feira (28), às 20h, na Casa Cuiabana. A entrada são 2kg de alimentos não perecíveis. O evento tem apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT). 

 

A Camerata se dedicará a compositores brasileiros, com obras que compreendem o período da metade do século XVIII à contemporaneidade. O repertório traz todo o amadurecimento do grupo no domínio da performance de diferentes poéticas e estéticas, da interpretação da tradicional Mourão de Guerra Peixe à liberdade estrutural das pequenas canções folclóricas de Ernest Mahle, além de homenagear o grande compositor Heitor Villa Lobos interpretando o prelúdio da Bachiana nº4 e o famoso tema “Trenzinho do caipira”.

 

Dirigida por Fernando Pereira, artista violinista com experiência internacional em projetos educacionais em música e performance artística na música de concerto, a Camerata de Concerto nasce enquanto produto educacional das ações em música na Boca Musical. Atualmente conta com 59 alunos e é uma alternativa cultural para a democratização do acesso à música erudita no Estado de Mato Grosso.

 

Boca Musical é uma das ações do Instituto Boca de Arte, organização sem fins lucrativos cujo foco concentra-se na criação de um espaço de culminância das múltiplas linguagens, valorizando a produção artística de Mato Grosso em suas experiências estéticas e conexões entre críticos e mercado.

 

Em dezembro, como parte do processo de formação e fomento do mercado musical, o Instituto Boca de Arte, por meio da Boca Musical, abrirá novos processos seletivos para vagas a jovens bolsistas que queiram se capacitar ao mercado da música de concerto.

 

Serviço

 

Camerada de Concerto – Paisagem Brasileira

Data: Quinta-feira (28/09), às 20h

Local: Casa Cuiabana – rua General Valle, 181, bairro Bandeirantes

Entrada: dois quilos de alimento

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana