economia

Banco Central autoriza e Nubank agora é, oficialmente, dono da Easynvest

Publicados

em


source
Nubank agora é, oficialmente, dono da Easynvest
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Nubank agora é, oficialmente, dono da Easynvest

O Nubank recebeu autorização do Banco Central (BC) para concluir a operação de compra da corretora Easynvest . A fintech já havia adquirido a empresa, mas dependia da análise do órgão regulador para assegurar que a aquisição não iria interferir negativamente no mercado financeiro.

Com isso, o Nubank coloca de vez os dois pés no mercado de capitais, ampliando, assim, seu escopo de trabalho. Na prática, significa dizer que a instituição agora pode ofertar assessoria em investimentos e operações no mercado acionário.

Você viu?

A Easynvest é uma corretora digital com 1,5 milhão de clientes e R$ 26 bilhões de ativos sob custódia. A operação também teve aval positivo de outro órgão regulador: o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Para saber como a novidade deve mudar o Nubank e como serão os investimentos no app do banco digital, clique no post completo aqui , que apareceu primeiro em 1Bilhão Educação Financeira .


Comentários Facebook
Propaganda

economia

G7 apoia taxa mínima global para multinacionais e buscará acordo final em julho

Publicados

em


source
O presidente americano Joe Biden e o premier britânico Boris Johson entre outros líderes no encontro do G7
Foto: LEON NEAL / AFP

O presidente americano Joe Biden e o premier britânico Boris Johson entre outros líderes no encontro do G7

Em seu comunicado final, os líderes do G7 apoiaram a proposta dos ministros de Finanças do bloco de criar um imposto mínimo global de 15% para as multinacionais, em especial as gigantes de tecnologia americanas como Google, Facebook, Apple e Amazon, e prometeram aprofundar o debate sobre a medida.

“Precisamos de um sistema tributário que seja justo em todo o mundo. Apoiamos o compromisso histórico assumido pelo G7 em 5 de junho”, diz o comunicado.

“Vamos agora continuar a discussão para chegar a um consenso sobre um acordo global visando a uma solução equitativa na atribuição de (…) um ambicioso imposto mínimo de pelo menos 15% em uma base país a país, por meio do quadro de inclusão do G20 e da OCDE. E esperamos chegar a um acordo na reunião de julho do G20”, acrescentou. o bloco.

O próprio presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, demonstrou apoiar a medida.

— Empresas demais têm recorrido a paraísos fiscais — afirmou Biden à Reuters. — Um imposto mínimo vai nivelar a competição. Vou avançar nesse tema nos EUA.

Você viu?

Para o G7, os ministros de Finanças, na reunião preparatória, deram “um passo significativo para criar um sistema tributário mais justo para o século XXI”.

“Nossa colaboração criará um campo de jogo mais forte e nivelado, que ajudará a aumentar a receita tributária para apoiar os investimentos e acabar com a evasão fiscal”, afirmou a nota.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana