economia

Banco Central adia terceira fase do Open Banking por necessidade de ajustes

Publicados

em


source
Terceira fase do Open Banking foi adiada em dois meses pelo BC por necessidade de ajustes
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Terceira fase do Open Banking foi adiada em dois meses pelo BC por necessidade de ajustes

O Banco Central (BC) anunciou nesta sexta-feira (27) que vai adiar a implementação da terceira fase do  Open Banking que estava marcada para a próxima segunda-feira, 30 de agosto. A nova data é de 29 de outubro e a fase 4 continua prevista para o dia 15 de dezembro.

Segundo a instituição informou em nota, a decisão de adiar precisou ser tomada por conta da necessidade de ajustes nas especificações técnicas, o que comprometeu os prazos de testes das instituições financeiras.

“O Banco Central reforça o seu compromisso para que o Open Banking alcance os seus objetivos, de forma segura e efetiva para os clientes das instituições participantes, permanecendo vigilante no processo de sua implementação”, disse a instituição em nota.

Essa terceira fase marca a junção entre o Open Banking e o Pix, com a figura do iniciador de pagamentos, a promessa é de facilitar os pagamentos por comércios eletrônicos e aplicativos.

Você viu?

Na prática, quando uma pessoa quiser usar o Pix para pagar por um pedido de comida em um aplicativo ou fazer uma compra pela internet, ela vai poder fazer toda a transação sem precisar abrir o aplicativo do seu banco.

Nesse caso, o iniciador de pagamento seria o próprio aplicativo de delivery ou a loja online que seriam autorizados a funcionar pelo Banco Central. Com isso, se desejar, o cliente pode fazer todo o processo de pagamento sem sair da tela da loja em que está comprando.

Atualmente, para fazer um pagamento por Pix, por exemplo, é necessário usar um QR Code ou copiar e colar a chave da loja, o que alonga o tempo de pagamento.

Comentários Facebook
Propaganda

economia

Mega-Sena sorteia R$ 26,5 milhões neste sábado; confira as dezenas

Publicados

em


source
Caixa Econômica Federal
Divulgação

Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal realizou neste sábado (23) o sorteio 2.422 da Mega-Sena com prêmio estimado em R$ 26,5 milhões. A Caixa deve divulgar os vencedores nas próximas horas. Em caso de nenhum acerto das seis dezenas, o prêmio irá acumular e se aproximar de R$ 30 milhões no próximo sorteio.

Confira os números sorteados:

02 – 07 – 10 – 20 – 30 – 46

Como participar do próximo sorteio?

O próximo concurso da Mega-Sena acontece na quarta (27), às 20h. É possível apostar até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa do país.

Também é possível apostar pela internet. O bilhete simples da Mega-Sena, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Como apostar online na Mega-Sena?

Para aqueles que apostarem pela internet, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa, o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, seja com uma única aposta ou mais de uma.  Veja aqui como apostar.

Leia Também

Leia Também

Para fazer uma aposta maior, com 7 números, dando uma maior chance de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Além disso, os bolões, disponíveis online, são outra opção viável.

Como funciona a Mega-Sena?

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e o vencedor pode receber milhões de reais se acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem pelo menos duas vezes por semana – geralmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, conhecidas como Quadra e Quina, respectivamente.

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha. Esse modelo consiste na escolha automática, realizada pelo sistema, das dezenas jogadas. Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, conhecida como Teimosinha.

Premiação da Mega-Sena

Os prêmios costumam iniciar em, aproximadamente, R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. Dessa forma, o valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor.

Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante. O prêmio total da Mega-Sena corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos terminados em zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana