artigos

Avança Mato Grosso

Publicados

em

Por Neri Geller

Lançamos na última sexta-feira (06.05) em Alta Floresta o Movimento Avança Mato Grosso, com o propósito de debater com a sociedade mato-grossense uma agenda de desenvolvimento socioeconômico que contemple economia, meio ambiente, área social e, especialmente, as pessoas.

Durante o lançamento publicamos uma Carta de Princípios que deixa muito clara a  nossa visão de desenvolvimento: cuidar de gente e não apenas de coisas. E a hora é agora, no momento em que nosso estado completa 274 anos. Precisamos de uma nova visão de futuro. Vamos dar um salto, evoluindo nosso conceito de locomotiva do agronegócio brasileiro para referência em capital, desenvolvimento humano e qualidade de vida.

Cada um dos princípios representa eixos sobre os quais queremos a contribuição dos partidos políticos, das entidades de classe como Fiemt, Fecomércio, Famato, Aprosoja, FCDLs, clubes de serviço, OAB, entre outras, para definirmos, juntos, programas e metas concretas para que todos os nossos pré-candidatos, de governador a deputado estadual, se comprometam em suas futuras campanhas e mandatos.

E sou o primeiro a firmar tal compromisso, tanto no meu atual mandato de deputado federal, como na minha pré-campanha, e posteriormente na campanha de senador.

São esses os nossos princípios iniciais:

  1. Desenvolvimento Humano – Erradicação da Fome e da Miséria
  2. Geração de Empregos e Qualificação Profissional
  3. Integração Econômica entre as Regiões – Mato Grosso por Inteiro
  4. Descentralização da Saúde com Fortalecimentos de Pólos Regionais de Alta e Média Complexidade
  5. Fronteira Segura – Fechar a Porta na Cara do Crime Organizado para garantir mais segurança interna

Na medida que o debate for ocorrendo, outros princípios poderão ser incorporados. Mas, o mais importante, é todos entendermos que precisamos eliminar as desigualdades entre as pessoas e as regiões de Mato Grosso. Não precisamos mais conviver com a existência de ilhas de prosperidade em meio a regiões estagnadas. Queremos que o desenvolvimento chegue a todas as nossas regiões. E para todas as pessoas. Vamos acabar com essa distorção de “estado rico x povo pobre”.

Temos direito às mesmas oportunidades para nos desenvolvermos e prosperarmos. Nossa economia é um exemplo de dinamismo para o mundo. Vamos entrar agora num novo ciclo de progresso que vai representar uma nova revolução econômica para o estado, com a consolidação de uma malha ferroviária que vai integrar todo o Mato Grosso.

E é nessa hora que precisamos inserir de vez o desenvolvimento humano nas nossas prioridades, qualificando nossa mão de obra para ocupar os novos postos de trabalho que estão surgindo, executando programas de proteção e promoção social e apresentando soluções definitivas para setores como saúde, educação e segurança pública.

Importante esclarecer que o Movimento Avança Mato Grosso não é de esquerda nem de direita, não é de situação nem de oposição: é um movimento de convergência de todos aqueles que reconhecem os grandes avanços que já conquistamos e se comprometam a avançar ainda mais, incluindo definitivamente as pessoas no extraordinário desenvolvimento de Mato Grosso.

Sinto-me especialmente feliz e honrado por ter sido escolhido por essa aliança de quatros partidos, que deverá se ampliado brevemente, para liderar o Movimento Avança Mato Grosso.

Neri Geller é deputado federal e pré-candidato a senador pelo PP de Mato Grosso.

 

Comentários Facebook
Propaganda

artigos

Surto de Hepatite Infantil Aguda deixa países em alerta

Publicados

em

Por Mayara Meotti

Você provavelmente já ouviu falar do surto de hepatite infantil aguda de causa desconhecida, que está ocorrendo em pelo menos 25 países, inclusive no Brasil, e vem causando preocupação.

Vamos começar explicando que a hepatite é uma inflamação do fígado causada por uma variedade de vírus infecciosos e agentes não infecciosos, existindo 5 cepas principais do vírus referidas como tipos A, B, C, D e E e que podem levar a sérios problemas de saúde, podendo ser fatais em alguns casos.

Estes casos de hepatite aguda de causa ainda desconhecida, ocasionam uma inflamação do fígado de forma abrupta, com enzimas hepáticas acentuadamente elevadas. Conforme o Instituto Butantan, o adenovírus foi detectado em pelo menos 74 casos; sendo que em 18 casos, testes moleculares identificaram a presença do adenovírus F tipo 41 e em 20 foi identificada a presença do SARS-CoV-2. Além disso, em 19 houve uma co-infecção por SARS-CoV-2 e adenovírus.

Segundo a OMS, os vírus comuns que causam hepatite viral aguda (vírus da hepatite A, B, C, D e E) não foram detectados em nenhum desses casos. Viagens internacionais ou conexões em outros países não foram identificados como fatores da doença. Sua real causa ainda está sob investigação pela OMS.

Por isso é fundamental que as vacinas contra alguns tipos de hepatite estejam em dia. Assim é possível descartar os vírus que a pessoa está imune e pesquisar a verdadeira causa da hepatite aguda.

Dados da OMS mostram que cerca de 4,5 milhões de mortes prematuras poderiam ser evitadas em países de baixa e média renda até 2030 por meio de vacinação, testes de diagnóstico, medicamentos e campanhas educativas.

A estratégia global da OMS, endossada por todos os Estados Membros, visa reduzir as novas infecções por hepatite em 90% e as mortes em 65% entre 2016 e 2030.

Portanto pais e mães não deixem de completar o ciclo vacinal de seu filho, você estará preservando a vida dele e a de vocês e ajudando o país a exterminar tipos de doenças que só com a prevenção podem ser evitadas.

Mayara Meotti é enfermeira da Saúde Livre clínicas de vacinação

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana