POLÍCIA

Autor de homicídio cruel é preso pela Polícia Civil em Vila Bela

Publicados

em

O autor de um bárbaro homicídio ocorrido no município de Apiacás (1.010 km ao norte de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (10.08). O suspeito identificado em investigações da Delegacia de Apiacás teve a ordem judicial cumprida por policiais da Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá), onde foi localizado.

O crime que vitimou, Romário Rocha, de 26 anos ocorreu na madrugada de 13 junho, após uma festa regada a bebida alcoólica e com aglomeração de pessoas realizada no local conhecido como “Retão”, na linha 2 de Apiacás.

Na ocasião, a vítima foi cruelmente assassinada com golpes de facão na região da nuca, sendo quase degolada pelo suspeito. De acordo com as investigações, o crime foi motivado pelo fato do suspeito tentar furtar a motocicleta de Romário enquanto ele dormia. No momento dos fatos, a vítima acordou e repreendeu o suspeito, sendo morta em seguida morta por ele.

Durante diligências para esclarecer o homicídio, os policiais civis encontraram no local do crime uma sandália, a qual foi reconhecida pela equipe como sendo do suspeito, uma vez que ele estava usando o mesmo calçado de dias antes, durante uma abordagem rotineira.

Nas oitivas de testemunhas que estavam na festa, foi confirmado que o jovem estava no local e seria o autor do homicídio. Depois de cometer o crime, o investigado fugiu da cidade.

Diante dos elementos apurados durante as investigações, na conclusão do inquérito policial, o delegado de Apiacás, Antenor Junior Pimentel Marcondes, representou pelo pedido de prisão preventiva do suspeito, deferido pelo Poder Judiciário.

A prisão do suspeito foi cumprida nesta terça-feira (10), no município pela equipe de investigadores da Delegacia de Vila bela da Santíssima Trindade. Os policiais já realizavam o monitoramento do suspeito por envolvimento em furtos de eletroeletrônicos em uma loja da cidade

Com informações do mandado de prisão em aberto pelo homicídio em Apiacás, a equipe montou vigilância e efetuou a prisão do suspeito em uma residência. Ele foi conduzido até a Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade e posteriormente levado para Centro de Detenção Provisória de Pontes e Lacerda ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Polícia Civil prende dois envolvidos em tentativa de latrocínio contra casal no distrito da Guia

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois homens envolvidos no crime de tentativa de latrocínio cometido contra um casal em uma residência no distrito da Guia em Cuiabá tiveram os mandados de prisão temporária cumpridos pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (26.01), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

Os suspeitos de 18 e 19 anos foram identificados como autores da tentativa de roubo seguido de morte, ocorrida na madrugada de 02 de outubro, quando equipes policiais foram acionadas por vizinhos das vítimas que relataram ter ouvidos disparos de arma de fogo, vindos da residência do casal.

No local, os policiais encontraram o portão da casa fechado e as vítimas alvejadas por disparo de arma de fogo, caídas dentro da piscina. As vítimas foram socorridas e conseguiram sobreviver aos ferimentos.

Ainda no local dos fatos, a equipe da Derf Cuiabá deu início as diligências para identificar e prender os autores do crime. Com base nas apurações, foi possível identificar dois envolvidos no crime, um deles que teria invadido a residência e efetuado os disparos e o segundo que teria dado apoio à fuga utilizando uma motocicleta.

Com base nos levantamentos, o delegado responsável pelas investigações, Henrique Trevizan, representou pela prisão temporária dos suspeitos que foram deferidas pela Oitava Vara Criminal de Cuiabá. As ordens judiciais foram cumpridas nesta quarta-feira (26) pelos policiais da Derf, sendo os suspeitos localizados no distrito da Guia. 

As investigações seguem em andamento para total esclarecimentos dos fatos e conclusão do inquérito, podendo a prisão dos suspeitos ser convertida de temporária para preventiva.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana