POLÍCIA

Autor de estupro de vulnerável tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em

(Imagem meramente ilustrativa)

Um homem com mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta segunda-feira (24.10), em ação da equipe da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente (Deddica).

O suspeito de 34 anos teve o mandado de prisão decretado pela 14ª Vara Criminal de Cuiabá com base em investigações da Deddica por estupro de vulnerável ocorrido em 2014.

As investigações iniciaram após a mãe de duas vítimas relatar que deixava os filhos na casa de uma amiga (que também tinha um filho), no bairro Pedra 90, enquanto as duas iam trabalhar. O marido da vítima ficava em casa com as crianças e aproveitava a ausência das mães para molestá-las, mostrando as suas partes íntimas.

Durante as investigações, foi descoberto que o suspeito já tinha agido da mesma forma com outras crianças. Diante dos fatos, o inquérito foi concluído com o pedido de prisão preventiva do suspeito que foi deferido pela Justiça.

Os policiais da Deddica localizaram o foragido da Justiça, na manhã desta quinta-feira (25), no local de trabalho do suspeito, em uma oficina mecânica no bairro Pedra 90. Ele foi conduzido à Deddica para as providências de praxe e posteriormente encaminhado para audiência de custódia, ficando a disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Projeto Papo De Homem Para Homem desenvolvido pela Polícia Civil é apresentado em Água Boa

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, participa nesta segunda-feira (06.12), da campanha “Laço Branco: Homens pelo fim da violência contra as mulheres”, promovida em Água Boa (730 km a leste de Cuiabá), para o público masculino.

A campanha de cunho social é uma ação idealizada pelo Conselho de Direitos da Mulher, e vem sendo desenvolvida em parceria com a Prefeitura Municipal de Água Boa e Secretaria Municipal de Assistência Social.

Inserida na programação, a Coordenadoria de Polícia Comunitária apresentou a palestra do projeto “Papo De Homem Para Homem”, ministrada pelo policial civil Nilton Cesar Cardoso.

No período da manhã a apresentação foi realizada para servidores públicos municipais, profissionais da segurança pública, conselheiros tutelares e funcionários do Centro de Referências Especializada em Assistência Social (CREAs).

Na parte da tarde, a palestra acontece em empresas do Vale do Araguaia para os funcionários e colaboradores do sexo masculino, e também na Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva.

Durante o encontro a secretária de Assistência Social de Água Boa, Juliana Kolankiewicz, falou da avaliação positiva da palestra, bem como da importância dessas parcerias que visam proporcionar o bem-estar e melhor qualidade de vida da comunidade.

“Essa integração entre os órgãos de segurança com a Prefeitura, Conselho de Direitos da Mulher e a Assistência Social, é essencial para que se possam alcançar números maiores de pessoas, e oferecer atendimento de qualidade a essas mulheres que sofrem vários tipos de violência”, disse Juliana Kolankiewicz.

A presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny Melo de Carvalho, também destacou a magnitude da palestra ministrada pela Polícia Civil, com o tema: Papo De Homem Para Homem, que traz como mensagem a conscientização para o fim da violência contra a mulher.

Em seguida o investigador de polícia, Nilton Cesar Cardoso, explicou que instituição através da Coordenadoria de Polícia Comunitária, é sensível ao assunto abordado e busca diariamente desenvolver ações objetivando o enfrentamento à violência doméstica e familiar.

“O projeto Papo De Homem Para Homem, tem o intuito de conscientizar e mitigar a ignorância sobre a Lei Maria da Penha e sensibilizar o público masculino. Nossa missão é transmitir essas mensagens da melhor forma possível”, concluiu Nilton Cesar Cardoso.

Estiveram presente no evento o prefeito de Água Boa, Mariano Kolankiewczi, o delegado regional, Valmom Pereira da Silva, o comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, Coronel Gyancarlos Paglynieri Cabelho, a presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, dra. Laís Resende, a secretária Municipal de Assistência Social, Juliana Rosa de Souza Kolankiewicz, e a presidente do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, Dheynny de Melo Carvalho.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana