POLÍCIA

Autor de crimes em Comodoro responderá por homicídio qualificado e tentativa de homicídio

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 50 anos foi preso e autuado em flagrante em Comodoro (644 a noroeste de Cuiabá) por um homicídio qualificado consumado e uma tentativa de homicídio qualificado, ambos cometidos nesta terça-feira (27), na área central da cidade.

O autor do crime estava de passagem pela cidade, onde fazia vendas ambulantes. Horas antes de cometer o homicídio que vitimou Clóvis Rita de Alencar Mendes, 57 anos, ele agrediu com um soco uma pessoa na porta de um banco. A vítima, que é deficiente física, procurou a delegacia e registrou o ocorrido informando que estava vendendo meias na porta da agência bancária de Comodoro, quando houve uma discussão com o suspeito, que a agrediu com socos no rosto e ainda tentou esfaquear a vítima, que conseguiu se desvencilhar usando uma cadeira. 

Com base nas informações, os policiais civis iniciaram as buscas pelo suspeito, quando então foram informados de que uma pessoa havia sido esfaqueada, próximo a um ponto de táxi da cidade pelo mesmo autor da ocorrência anterior.

Conforme a apuração, depois de cometer o primeiro crime e sabendo que estava sendo procurado pela polícia, o suspeito tentou fugir e procurou um taxista, com quem teve uma discussão. Clóvis Mendes presenciou a discussão e tentou intervir e acabou sendo golpeado fatalmente pelo suspeito, vindo a óbito no local.

Em ação integrada, a Polícia Civil e a Polícia Militar prenderam o suspeito logo depois. Os policiais se dirigiram ao hotel onde ele estava hospedado e ao chegar ao local foram avisados que o suspeito tinha fugido em direção a um lava jato e conseguiram avista-lo na rua, quando verbalizaram para ele largasse a faca que carregava. Conforme os policiais relataram, com muito custo o suspeito deixou a faca e então foi imobilizado e encaminhado à delegacia.

Conforme o delegado Ricardo Marques Sarto, o autor dos crimes responderá por homicídio qualificado consumado e tentativa de homicídio qualificado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Diretores recebem projeto de nova delegacia de polícia de Ribeirão Cascalheira

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Diretores da Polícia Civil receberam na semana passada o projeto executivo da nova Delegacia de Ribeirão Cascalheira. O projeto foi apresentado na sede da diretoria geral em Cuiabá pela prefeita de Ribeirão Cascalheira, Luzia Brandão e pelo delegado do município, Sergio Luís Henrique de Almeida.

Durante a reunião com o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende e com a diretora de Execução Estratégica, Daniela Silveira Maidel, foi conversado sobre as condições do prédio onde a delegacia está atualmente instalada que não atende as necessidades da unidade.

Além das ocorrências da cidade, a Delegacia de Ribeirão Cascalheira atende o expediente de outros dois municípios, Bom Jesus do Araguaia e Serra Nova Dourada.

Mesmo diante das dificuldades estruturais enfrentadas, a prefeita Luzia Brandão, destacou a eficiência do trabalho da Polícia Civil na cidade e demonstrou o interesse da Prefeitura, Ministério Público, Conselho de Segurança, junto a sociedade civil organizada na construção de uma nova sede da Delegacia de Ribeirão Cascalheira.

Foi apresentado aos diretores, o projeto executivo da nova unidade junto a proposta de construção do prédio para posterior doação à Polícia Civil. O projeto prevê uma unidade de aproximadamente 300 m³ com estrutura adequada e em conformidade com as necessidades de uma delegacia de polícia.

O projeto será analisado pela Diretoria de Execução Estratégica (DEE) e após a aprovação de todos itens será dado início às obras. Após a construção da parte física do prédio, a Polícia Civil ficará responsável pela informatização da unidade e instalação de rede lógica.

Novas reuniões para tratar da construção da nova sede devem ser realizadas nos próximos dias e a equipe da DEE deve ir até o município para conhecer o terreno e outras questões relacionadas à nova unidade.

“Estamos ganhando um presente, uma vez que não havia previsão orçamentária para a construção dessa unidade. Nosso trabalho agora é participar dessa mobilização que a prefeitura de Ribeirão Cascalheira está fazendo junto a sociedade civil organizada para que em breve o município esteja instalado em uma unidade com melhores condições de trabalho”, disse a diretora da DEE, Daniela Maidel.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana