ENTRETENIMENTO

Atriz de “Totalmente Demais” conta que era assediada pela internet na infância

Publicado


source

Giovanna Rispoli estava no ar em “Malhação – Toda Forma de Amar” e voltou às telinhas como Jojo, na reprise de “Totalmente Demais” . A atriz estreou na televisão quando tinha apenas 11anos, em “Em Família”, e contou em entrevista à colunista Patrícia Kogut que sofria assédio  pela internet quando era mais nova.

Giovanna Rispoli
Reprodução/Instagram

Giovanna Rispoli atualmente e na época de “Totalmente Demais”


A atriz contou que já recebeu muito mais mensagens desse tipo, mas com o tempo elas foram diminuindo. “De tanto que bloqueei gente sem noção elas pararam de aparecer. Acho que já passou a fase de comentários horríveis. Quanto mais nova, pior . Há muitas pessoas maldosas. À medida em que fui crescendo, viram que sou realmente contra esse tipo de coisa e foram desaparecendo. Tenho um público agora que é mais da militância, então, está tranquilo”, contou Giovanna .

A global disse que sempre mostrou para os pais as mensagens criminosas que recebia e teve a ajuda da família para lidar com essas situações. ” A gente quase chegou a ir à polícia . Um cara estava me stalkeando nas redes, mandando mensagens meio assustadoras”, falou a artista e explicou que conversaram com um policial que os aconselhou a denunciar o caso se ele persistisse, mas o homem acabou sumindo.

Leia mais:  Paulo Gustavo entrega seu Instagram para Djamila Ribeiro discutir o racismo

Atualmente, Giovanna está passando a quarentena com a família no interior de São Paulo e, além de trabalhar como atriz, também estuda cinema no Rio de Janeiro. Além dos assédios que sofreu pela internet, a artista também relembrou como foi trabalhar em ” Totalmente Demais “. “Lembro sempre da relação familiar da personagem, das cenas com o Fabio Assunção e com a Guida Vianna. Depois entrou a Marina Ruy Barbosa no nosso núcleo. Foi uma novela ótima em vários aspectos”, contou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

Glória Maria relembra episódio de racismo: “Vivi desde sempre”

Publicado


source

No ” Globo Repórter ” de sexta-feira (05), o programa fez uma reedição de um debate histórico exibido pelo programa “Em Pauta”, da GloboNews, com jornalistas negros do grupo Globo, Heral Pereira, Maju Coitinho, Zileide Silva, Flávia Oliveira, Aline Midlej e Lilian Ribeiro, para falar sobre o racismo.

Leia também: Após ser acusada de racismo, Luisa Mell quer ajudar mãe de Miguel Otávio

Gloria Maria
Reprodução/Instagram

Glória Maria


Uma das principais jornalistas da Globo, Glória Maria não participou por estar se recuperando de um tratamento de saúde, mas fez questão de aparecer no programa diretamente da sua casa. “Eu não pude participar porque ainda estou me recuperando de um tratamento de saúde, um tratamento difícil, mas eu superei. E superei também porque de dificuldades, eu entendo desde sempre. Quem nasce orgulhosamente negro, sabe muito bem o que são obstáculos”, disse ela.

Assim como todos os colegas fizeram, Glória também relembrou um episódio de racismo marcando do qual foi vítima.

Leia mais:  Após briga com mãe de Neymar, Tiago Ramos leva 12 pontos no braço

Leia também: Preta Gil fala sobre intolerância religiosa em live com Teresa Cristina

“Racismo é uma coisa que eu conheço, que eu vivi, desde sempre. E a gente vai aprendendo a se defender da maneira que pode. Eu tenho orgulho de ter sido a primeira pessoa no Brasil a usar a Lei Afonso Arinos, que punia o racismo, não como crime, mas como contravenção. Eu fui barrada em um hotel por um gerente que disse que negro não podia entrar, chamei a polícia, e levei esse gerente do hotel aos tribunais. Ele foi expulso do Brasil, mas ele se livrou da acusação pagando uma multa ridícula. Porque o racismo, para muita gente, não vale nada, né? Só para quem sofre”, relembrou Glória Maria .

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana