ENTRETENIMENTO

Ator de “Prison Break” é diagnosticado com autismo

Publicados

em


source
Wentworth Miller
Divulgação

Wentworth Miller

Wentworth Miller, protagonista da série “Prision Break”, revelou que foi diagnosticado com autismo em 2020. “No isolamento, eu encontrei presentes inesperados. Neste outono completa um ano desde que recebi meu diagnóstico de autismo informal. Precedido por um auto diagnóstico. Seguido por um diagnóstico formal”, escreveu Miller, que tem 49 anos, em uma publicação no Instagram.

“Foi um processo longo e falho, que, na minha opinião, precisa ser atualizado. Sou um homem de meia-idade. Não uma criança de cinco anos. E eu reconheço que acesso a um diagnóstico é um privilégio que não agrada a muitos. Vamos dizer que foi um choque, mas não uma surpresa”, confessou.

Apesar disso, o ator não quis se posicionar como porta-voz para autistas. “Existe agora uma narrativa cultural familiar (da qual eu já participei) sobre ‘figura pública compartilha A, B e C publicamente, dedica plataforma para D, E e F’. Bom para eles. Sério. Mas não é necessariamente o que vai acontecer aqui”, pontuou.

“Eu não sei o suficiente sobre autismo (há muito para saber). Neste momento, meu trabalho parece evoluir meu entendimento. [Estou] Reexaminando cinco décadas de experiências vividas através de lentes. Vai levar tempo. Enquanto isso, não quero correr o risco de, de repente, ser uma voz alta e mal informada. A comunidade autista (isto eu sei) tem historicamente tido outras pessoas falando em seu lugar. Eu não quero trazer mais prejuízos. [Quero] Apenas erguer minha mão e dizer: ‘estou aqui. Sempre estive (sem perceber)'”, acrescentou.

“Se alguém estiver interessado em mergulhar em autismo e neurodiversidade, lhes indicarei vários indivíduos que compartilham conteúdo inspirador no Instagram e TikTok, lutando contra o estigma”, escreveu o ator.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Geisy Arruda diz que já pegou mais de 8 em casa de swing

Publicados

em


source
Geisy Arruda revelou que vai em casa de swing
Larisse Oliveira

Geisy Arruda revelou que vai em casa de swing

Geisy Arruda fez revelações picantes ao relatar ida a uma casa de swing, local dedicado à prática de troca de casais. A influenciadora explicou o funcionamento e deu detalhes das abordagens. “Dificilmente um homem vai sozinho. São casais que frequentam o lugar e, geralmente, é a mulher que negocia o envolvimento com outras pessoas”, disse.

“Não sou homem que fico contando, mas eu já peguei uns 8, 10 em uma casa de swing…mas não foi só dá. Peguei aqui, chupei ali”, abriu o jogo Geisy, que foi reconhecida uma vez e não gostou. “Saíram correndo atrás de mim no labirinto. Fiquei brava. O ambiente é bem escuro, mas me reconheceram e quando isso acontece, eu viro o centro do negócio e todo mundo quer me comer”, contou.

Durante a entrevistas ao PodCast 4talkcast comandado por Victor Sarro e Marina Mantega, ela também contou que, apesar de ter recebido propostas para transar por dinheiro, ela negou os convites. Geisy revelou que o prazer vem em primeiro lugar.

“Nunca fiz sexo por dinheiro, mas transava com um cara que tinha muito dinheiro e ele me dava uma ajuda para eu pagar meu cartão. Era meu sugar dady. Já me ofereceram para fazer programa em Angola e outros países, mas não topei. Se o sexo for em troca de dinheiro perde o conceito de prazer para mim”, declarou ela.

Ela também falou sobre a imagem que quer passar para as pessoas “A imagem que eu quero passar é a Geisy, que todo mundo conhece, aquela Geisy que foi hostilizada há 11 anos por causa de um vestido curto. Continuo usando roupas curtas, só que agora eu tenho quatro milhões de seguidores, eu monetizo muito. Eu ganho dinheiro com a internet, tenho três livros e tenho um podcast de contos narrados. A pessoa paga para ouvir os meus contos”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana