esportes

Athletico PR rompe a sequência de vitórias do Internacional

Publicados

em


O Athletico quebrou a sequência de vitórias do Internacional, jogou melhor que o líder do Brasileirão, mas não conseguiu os três pontos. Mesmo dominando a partida no Caldeirão, o Rubro-Negro ficou no empate em 0 a 0.
Com o resultado, o Furacão fecha a 34ª rodada na décima posição, com 46 pontos. E na próxima quarta-feira (10), encara um confronto direto contra o Corinthians, fora de casa. A luta por uma vaga na CONMEBOL Libertadores continua!

O Jogo

O jogo de quinta (4) foi muito movimentado no primeiro tempo. O Athletico controlava o jogo e ameaçava a defesa colorada com muita movimentação. Uma boa finalização de Nikão, uma cabeçada de Carlos Eduardo, um chute de fora da área de Abner…

O gol parecia próximo e por muito pouco não saiu aos 18′. A zaga do Inter cortou um cruzamento de Nikão pela direita, mas a bola sobrou para Léo Cittadini. Ele chegou batendo de primeira, uma pancada na trave!

O adversário melhorou na partida, passou a chegar mais vezes ao ataque e também acertou a trave, em um chute de Rodinei. Mas o Athletico ainda era melhor e ainda criou mais uma boa chance, que terminou com Carlos Eduardo batendo cruzado, para fora.

A etapa final foi de um futebol mais truncado e de muita marcação. Mas o Athletico seguiu sendo mais incisivo. Carlos Eduardo, de cabeça, e Nikão, da entrada da área, pararam no goleiro Marcelo Lomba.

E as melhores oportunidades saíram já nos acréscimos. Vitinho recebeu pela esquerda e bateu forte, exigindo uma grande defesa de Lomba. Na cobrança do escanteio, Thiago Heleno cabeceou a bola no chão, mas ela subiu demais e saiu por cima do travessão. E Christian ainda fez o goleiro colorado trabalhar mais uma vez em um chute rasteiro.

Uma boa atuação rubro-negra e mais um ponto na classificação!

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

Comentários Facebook
Propaganda

esportes

América domina o Santos e vence fora de casa

Publicados

em


Na tarde deste sábado, o América conquistou mais uma bela vitória fora de casa. Diante do Santos-SP, o Coelhão foi superior durante os 90 minutos de jogo e venceu a equipe paulista por 2 a 0, com gols de Ademir e Alê. Com o resultado, o América dá um salto na tabela, passando a ser 9°, com 35 pontos.

O próximo desafio do time no Brasileirão será no sábado, às 22h, diante do Fortaleza-CE. A partida será disputada na Arena Independência.

O Jogo

O Coelhão criou a primeira chance de gol logo nos primeiros minutos de jogo, após falha do goleiro adversário João Paulo. Nos minutos seguintes, o Santos tentava trocar passes porém a linha defensiva da equipe americana estava sempre atenta. Nos acréscimos, quando tudo parecia apontar para um empate sem gols, Cavichiolli fez lançamento de seu gol para Ademir, e Jean Mota fez penalidade, sendo expulso. Na cobrança, o próprio camisa 10 converteu para abrir o placar.

O Coelhão voltou com tudo para a segunda etapa! E no primeiro minuto de jogo, após bom cruzamento de Juninho, o goleiro adversário saiu mal e a bola sobrou no pé de Alê, que só teve o trabalho de empurrar para as redes para marcar. Mesmo com a vantagem bem encaminhada no placar, o América não deixou de pressionar. O Santos investia nos chutes de fora da área mas a noite era do goleirão Matheus Cavichioli, responsável por belas defesas durante os 90 minutos de partida.

FICHA DO JOGO

Santos-SP 0×2 América

Motivo: Campeonato Brasileiro – Rodada 28
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Eduardo Goncalves da Cruz e Márcia Bezerra Lopes Caetano
Árbitro de vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Gols: Ademir e Alê (América)
Cartões amarelos: Marlon e Juninho (América)

Cartão vermelho: Jean Mota (Santos)

Santos-SP

João Paulo; Pará (Madson), Emiliano Velázquez, Danilo Boza e Felipe Jonatan; Camacho (Jean Mota), Sánchez (Marcos Guilherme) e Vinicius Zanocelo (Moraes); Marinho (Ângelo), Diego Tardelli e Lucas Braga.

Técnico: Fábio Carrile

América
Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Lucas Kal (Zé Ricardo), Ricardo Silva e Marlon (João Paulo); Juninho (Juninho Valoura) e Alê; Ademir, Felipe Azevedo (Zárate) e Rodolfo (Geovane).

Técnico: Marquinhos Santos

fonte: https://www.americamineiro.com.br/2021/10/23/america-domina-o-santos-e-vence-fora-de-casa/

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana