economia

Associação que convocou greve dos caminhoneiros se retira do movimento

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Caminhoneiros se manifestaram na rodovia Castelo Branco na segunda-feira
Reprodução/CNN

Caminhoneiros se manifestaram na rodovia Castelo Branco na segunda-feira

A Associação Nacional de Transporte do Brasil ( ANTB ), decidiu se retirar da greve dos caminhoneirosque teve início na segunda-feira (1). A associação foi uma das que convocou o movimento, que não ganhou a força esperada.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, José Roberto Stringasci, presidente da ANTB, disse que a decisão foi tomada depois de uma pressão do governo para que a greve não crescesse. “Agora vamos nos reagrupar, reorganizar, para só então decidir. Vamos definir uma nova data e nova estratégia”, disse.

Para o presidente da ANTB, a ideia de que o movimento seria partidário pode ter contribuído para o seu enfraquecimento. “Não tinha bandeira de partido, não era contra o presidente Jair Bolsonaro. Mesmo assim, o governo mandou um aparato de guerra”, avaliou. Com a greve marcada, as Justiças de alguns estados, como São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro, proibiram o bloqueio de estradas.

Você viu?

As entidades que convocaram a greve, incluindo a ANTB, pediram para que os caminhoneiros não trabalhassem na segunda-feira. Isso, porém, não durou muito. Pressionados, motoristas voltaram à ativa já na parte da tarde do primeiro dia de greve, e o movimento não teve força.

A oposição à manifestação de insatisfação com o preço mínimo do frete e o alto preço do óleo diesel não partiu apenas do governo. Entidades que participaram da greve de 2018, como a Associação Brasileira dos Caminhoneiros ( Abcam ) e Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores ( Abrava ), não quiseram participar da greve desta vez.

Além disso, o agronegócio , que havia sido um forte aliado dos caminhoneiros em 2018, foi contra a paralisação neste momento. Grupos como a Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística e a Confederação Nacional do Transporte (CNT) também foram contrários à greve .

Comentários Facebook
Propaganda

economia

Auxílio emergencial: nascidos em maio recebem o benefício nesta quinta-feira

Publicados

em


source
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em maio
Paulo Admira

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em maio

Trabalhadores informais nascidos em maio começam a receber hoje (15) a nova rodada do auxílio emergencial . O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375 , dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos nesse mês.

Também hoje, a Caixa Econômica Federal depositará a revisão do auxílio emergencial para 236 mil novos beneficiários nascidos de janeiro a maio incluídos na nova rodada. Essas pessoas haviam sido excluídas por não se enquadrarem no público elegível, mas contestaram o benefício negado e conseguiram reaver o auxílio.

Os nascidos de junho a dezembro reincluídos no auxílio emergencial receberão conforme o calendário de pagamentos divulgado no fim de março. A relação dos incluídos na revisão do auxílio está disponível na página de consultas desenvolvida pela Dataprev, estatal responsável pelo cadastro dos beneficiários. Calendário de pagamentos das parcelas do auxílio emergencial

Você viu?

A primeira parcela será depositada nas contas poupança digitais e poderá ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada (acesse abaixo link do guia de perguntas e respostas).

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social. Calendário de pagamento das parcelas do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana