POLÍTICA MT

Assembleia arrecada lenços e apoia ações da MTmamma durante Outubro Rosa

Publicados

em


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Secretaria de Comunicação da Assembleia (Secom/ALMT) promove pelo sexto ano consecutivo a campanha “Doe um lenço e faça alguém feliz”, com objetivo de atender mulheres em tratamento do câncer. 

A queda de cabelos, assim como enjoo e fadiga, está entre os efeitos comumente vividos por pacientes que passam por quimioterapia. Por isso, nesse processo, muitas mulheres enfrentam problemas de autoestima. Dentro desse contexto, o Parlamento estadual trabalha em parceria com o Hospital de Câncer para arrecadar lenços que serão doados a mulheres que perderam os cabelos no enfrentamento a um tumor. 

O público externo e servidores da Casa podem deixar sua contribuição em um dos três pontos de coleta na sede do Legislativo estadual. O primeiro está no saguão da Assembleia, o segundo na entrada dos servidores e o último na portaria de Secom. As doações serão recebidas do dia 6 a 20 de outubro, como uma ação da campanha Outubro Rosa. Para mais informações, basta ligar para (65) 3313 6680/6310.

O Parlamento também trabalha para chamar a atenção da população e alertar para a importância da prevenção e diagnóstico precoce de câncer de mama por meio da Assembleia Social, que mais uma vez apoia as ações realizadas pela MTmamma, Associação de Trabalhadores Voluntários contra o Câncer de Mama em Mato Grosso. 

“Há anos que a Assembleia Social apoia a causa da MTmamma com tudo que está ao nosso alcance. É uma parceria já consolidada desde que a unidade se chamava Sala da Mulher e a gente pretende fortalecer essa parceria por muito tempo”, afirma a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira. Ela lembra ainda que foram feitas outras campanhas em prol da associação, como o Bazar Social, cujas vendas resultaram em mais de R$ 36 mil. 

“O encerramento da campanha será no dia 30 de outubro, em Arenápolis, com um grande evento de conscientização e de fortalecimento da autoestima das mulheres”, completa Daniella Paula Oliveira.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA MT

Comissão de Meio Ambiente ouve coordenador de comitê ambiental do Tribunal de Contas

Publicados

em


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais recebeu, na tarde desta terça-feira (7), o secretário-geral de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT), Roberto Carlos Figueiredo, que apresentou ações do Comitê Interno de Gestão Ambiental (Ciga), do qual é coordenador na corte estadual.

O convidado destacou a atuação feita pelo Ciga em sete municípios e também as observações encaminhadas para os órgãos competentes após análise do comitê. Entre os apontamentos elaborados pelo Tribunal de Contas está o chamamento dos chefes de executivo e legislativo municipais para contribuírem no enfrentamento às queimadas florestais por meio da disponibilização de maquinário pesado e operador para a abertura de aceiros, com reembolso do combustível gasto por parte do governo estadual. 

As observações também continham a necessidade de urgente realização de campanhas voltadas à conscientização da população para a não utilização da técnica de queima de expansão (fogo contra fogo). “O tribunal esteve presente lá naquele momento e constatou algumas observações do que precisava ser feito de imediato”, explica Roberto Carlos Figueiredo. “Nós viemos aqui na Assembleia também defender que o plano do governo para 2022 tem de ser feito ouvindo o pantaneiro”, completou.

O titular da Secretaria de Assessoria Parlamentar do TCE, Carlos Brito, argumentou que o trabalho de acompanhamento de investimentos e diálogo com diferentes poderes permite que seja feita um planejamento mais efetivo de gestão ambiental no estado.

No encontro, o presidente da Comissão de Meio Ambiente, deputado Carlos Avallone (PSDB), mostrou satisfação com as ações tomadas pelo governo do estado e pelo TCE para evitar impactos maiores causados pelos incêndios no Pantanal. “Sem dúvidas, o Ciga já influenciou o trabalho este ano. Em 2021, houve uma união impressionante da comunidade e poder público, investimento de 63 milhões do estado no combate ao fogo, compra de equipamentos, treinamentos. O resultado foi uma diminuição de 85% neste ano em relação ao ano passado nos incêndios”, ressaltou o parlamentar. 

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Além de outros representantes do TCE/MT, também participou da reunião o deputado Gilberto Cattani (PSL).

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana